• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • The Chase, Elle Kennedy

    Bem-vinda de volta aos jogos de hóquei e às festas da Universidade Briar! No primeiro spin-off da série Amores Improváveis, conheça a apaixonante e misteriosa Summer, irmã de Dean.
    Todo mundo diz que os opostos se atraem. E deve ser verdade, porque não tem nada que explique minha atração por Colin Fitzgerald. Ele não faz meu tipo e, o pior de tudo, me acha superficial. Essa visão distorcida que ele tem de mim é o primeiro ponto contra. Também não ajuda que ele seja amigo do meu irmão.
    E que o cara que mora com ele tenha uma queda por mim.
    E que eu tenha acabado de me mudar para a casa deles.
    Mas isso não importa. Estou ocupada o bastante com uma faculdade nova, um professor que não larga do meu pé e um futuro incerto. Além do mais, Fitzy deixou bem claro que não quer nada comigo, embora tenhamos uma química de dar inveja a qualquer casal. Nunca fui de correr atrás de homem, e não vou começar agora. Então, se o meu roommate gato finalmente acordar e perceber o que está perdendo…
    Ele sabe onde me encontrar.
    The Chase - A Busca de Summer e Fitz
    Briar U #1
    Elle Kennedy
    Ano: 2019 
    Páginas: 300
    Idioma: português
    Editora: Paralela
    " Posso tacar fogo em fraternidades, mas sou uma garota antiquada nos assuntos do coração."

    Quem curtiu e suspirou horrores com a série Amores Improváveis vai ter nova chance de mergulhar nesse mesmo universo universitário e encontrar mais casais improváveis e mais amores proibidos.

    Summer é o tipo de garota que ilumina o ambiente onde quer que vá, porém as coisas não tem dado muito certo para ela depois de ter se metido numa confusão na universidade Brown, onde estudava. Mesmo assim, ela não se deixou abater e, com a ajuda do irmão, segue em frente. Único probleminha é a atração incontrolável que sente pelo calado e sério Colin Fitzgerald.

    " Colin Fitzgerald é um simplesmente um deus. Um deus alto, sensual e todo tatuado, por quem tenho uma quedinha.
    Bom...
    Tá, sou simplesmente louca pelo cara.
    Ele é... mágico. mas também inalcançável."

    Colin Fitzgerald é jogador de hóquei da Briar e amigo de Dean, irmão de Summer, e prefere o mundo silencioso e invisível que criou em volta de si. Ele também sente esta mesma atração pela garota doidinha que veio morar na mesma casa que ele, porém, por vários motivos, não pode nem quer se deixar levar pela órbita dela. Summer é muita luz para sua escuridão e isso o assusta.
    Entre encontros e desencontros, vivendo como gato e rato, hora puro fogo hora duro gelo, Colin e Summer provocaram suspiros, irritações e sorrisos em minha pessoa. Mas confesso que como amo a escrita de Elle Kennedy e a série anterior esperei um pouco mais do romance entre eles. Achei que demorou muito a acontecer de fato na trama e Colin, na minha opinião, não merecia um segundo sequer da atenção que Summer dispensava a ele. Mas enfim, a gente não escolhe de quem gosta, não é mesmo? Ele se redime muito bem no final, o que compensou minha frustração em relação a isso e pelo que pude antever desta série, o intuito de Elle Kennedy será justamente mostrar um pouco essa questão de que nem sempre nos sentimos atraídos por quem deveríamos. 

    Aqui entra minha segunda questão em relação ao livro, não gostei de como um dos caras que gira em torno de Summer foi tratado, achei desagradável o clima criado na casa por conta do comportamento do casal protagonista e creio que tudo poderia ter sido conduzido de outra forma já que o ponto central da trama era mostrar as questões delicadas em que tanto Colin como Summer se viram envolvidos na vida pessoal e que acabaram por moldar quem se tornaram. 

    Me apeguei aos detalhes que amei dos personagens, aos momentos hilários proporcionados pela interação entre todos que acabaram por suplantar os pontos negativos, principalmente os que terão seu próprio livro em breve e, principalmente, amei a crítica social e o alerta que foi dado no livro e a forma como tudo foi apresentado sem afetação com um fechamento muito bom. Parabéns à autora que teve coragem de falar de assuntos delicados que naturalmente você não em romances.

    Apesar de achar que a capa americana passa uma mensagem melhor sobre a série em si cujo foco serão as garotas, adorei a capa escolhida pela editora pois transmite bem a química do casal e a leveza de Summer.

    Beijos, Myl.


    1 comentários :

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!