• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Duff, Kody Keplinger



    Bianca Piper não é a garota mais bonita da escola, mas tem um grupo leal de amigas, é inteligente e não se importa com o que os outros pensam dela (ou ela acha). Ela também é muito esperta para cair na conversa mole de Wesley Rush - o cara bonito, rico e popular da escola - que a apelida de DUFF, sigla em inglês para Designated Ugly Fat Friend, a menos atraente do seu grupo de amigas. Porém a vida de Bianca fora da escola não vai bem e, desesperada por uma distração, ela acaba beijando Wesley. Pior de tudo: ela gosta. Como válvula de escape, Bianca se envolve em uma relação de inimizade colorida com ele. Enquanto o mundo ao seu redor começa a desmoronar, Bianca descobre, aterrorizada, que está se apaixonando pelo garoto que ela odiava mais do que tudo.

    Duff
    A Maioria Das Pessoas Faria De Tudo Para Evitar
    Kody Keplinger
    Ano: 2016
    Páginas: 328
    Idioma: português
    Editora: Globo Alt



    " Às vezes, a ignorância é uma bênção." 

    Bianca irá descobrir duramente que esta é uma grande verdade... Ou não! 

    Duff é aquela garota que não chama atenção num grupo de amigas por ser a menos atraente e a que os rapazes se aproximam para usar como trampolim para chegar perto das mais bonitas. Em inglês é a sigla para a amiga gorda e feia. Designated ugly fat friend. 

    Bianca estava muito bem, obrigada, até ouvir dos lábios do irritante pegador riquinho da escola que ela era a DUFF do seu grupo de amigas e que ele estava se fazendo amigável só para atrair a atenção de Casey e Jessica, amigas inseparáveis de Bianca. 

    " A palavra piscava em minha mente quando acelerei pela rua 5. Não consegui contar às minhas amigas sobre o novo e maravilhoso xingamento que acabara de ser incorporado ao meu vocabulário, mas, quando vi meu reflexo no espelho retrovisor, a fala de Wesley de que eu era a acompanhante (ou melhor, a seguidora) pouco atraente e indesejável parecia correta. O corpo perfeito em ampulheta, e olhos castanhos e doces de Jessica. A pele perfeita e as longas pernas de Casey. Eu não poderia me comparar a nenhum delas." 

    De início, ela não entende o significado da palavra e, ao descobrir, faz de tudo para menosprezar o convencido rapaz até que, sem ter nem pra quê, ela troca com ele AQUELE beijo capaz de derrubar quarteirões e esquece completamente sobre suas preocupações em ser DUFF e sobre só ter amigas por ser feia. 

    Pronto! Temos ai a mola que vai impulsionar a vida de Bianca: a fuga... para os braços do gostoso Wesley. 

    Wesley é um rapaz solitário e lindo que não nega fogo a quem pede e se achega em seus braços e também possui uma válvula de escape para seus problemas pessoais: o sexo casual. Ao se aproximar de Bianca, nunca iria imaginar que sua vida iria virar de ponta a cabeça e que a garota irritadiça e amargurada seria capaz de compreendê-lo mais que qualquer outra pessoa. 
    Essa dupla improvável tem uma química explosiva e arrebatadora que os mantém entre tapas e beijos, entre momentos fofos e fogosos, brigando como Gato e Rata e que, aos poucos, os faz perceber a força que têm dentro de si. 

    Narrado em primeira pessoa apenas por Bianca, com uma escrita envolvente e divertida, repleta de humor ácido e deboche além de uns draminhas particulares para aquecer o fogo desse casal, o livro traz clara a inspiração no Morro dos Ventos Uivantes. 

    Gostei demais das amigas de Bianca que mostram a ela o que é a verdadeira amizade e fogem do estereótipo de que ser popular e linda é sinônimo de idiota e da forma como a escritora apresentou uma anti-heroína libertária totalmente imperfeita que conseguiu encontrar a forma certa de patinar sobre os problemas da vida. 

    Apesar de ser minimalista demais, gostei bastante da capa escolhida e das cores, a edição esta ótima para a leitura com páginas amareladas fácil de manipular, só pecou em deixar a fonte pequena demais. 

    Ops! Claro que não posso terminar minha resenha sem falar do filme que assisti logo que o livro foi publicado em 2016 e que não tem muito haver com a trama do livro mas que gostei bastante mesmo sendo tão diferente do que li agora. 

    Beijos, Myl 

    4 comentários :

    1. Ah, eu assisti o filme e gostei muito.
      Pretendo ler em algum momento.

      Beijos

      ResponderExcluir
    2. Oi, Mylena
      Eu gostei muito desse livro, principalmente porque adoro esse tipo de enredo. Achei até mais maduro que o filme que parece ser mais divertido.
      Beijo

      http://www.capitulotreze.com.br/

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!