Revele, com Fernando Guerreiro


Resultado de imagem para revele teatro
"Revele - Um desabafo cômico", espetáculo autoral, do diretor teatral, gestor e comunicador Fernando Guerreiro, em comemoração aos seus 40 anos de atividades artísticas. 

Acompanho a carreira de Fernando Guerreiro como diretor desde A Bofetada e sempre me divirto bastante  com suas conversas no Roda Baiana, mas nunca tinha assistido ele como ator. 

                 Resultado de imagem para revele teatro

Em minha casa, temos a divisão certinha de tarefas:minha mais velha é  entusiasta de jogos de tabuleiro, minha mais nova, de filmes e séries,  meu marido é entusiasta de peças teatrais e eu sou entusiasta da literatura.  Dai  as filhas acabam sempre vivenciando muito este universo cultural e, assim como nós, são fãs do teatro baiano. Quando tivemos uma chance, corremos para assistir esta peça e, como sempre, não nos arrependemos.

Revele é como o nome mesmo fala: uma revelação... de Guerreiro para os fãs sobre sua história no teatro baiano e carioca. Ele  nos fez voltar no tempo  com histórias de como surgiu seu nome artístico, como começou a carreira no rádio, como chegou a gestão da Fundação Gregório de Matos, tudo recheado de farras nas ruas da Pituba, idas ao cine Jandaia, mergulhos em Arembepe, entre otras cositas más. Misturado com muito dendê, alegria, risadas e perguntas  reveladoras gravadas por artistas famosos e feitas na hora por pessoas da plateia. 

Nossa família gostou demais do passeio dominical sem precisar faltar à missa hehehehe. Assista a peça e saiba porque falei de missas de domingo hehehe. São muitas revelações!

Enfim...

Mesmo sendo um monólogo, não é monótono em momento algum. Fernando Guerreiro mostra ao vivo e em cores o porquê de tudo que toca virar ouro, ou quase... E mostra também como conseguiu alcançar o reconhecimento do mercado teatral, do público e da crítica. A peça é muito bem escrita, leve, gostosa, despretenciosa e bem apresentada. 

Minha única sugestão ou ressalva seria para melhorar a altura do volume do microfone dele, pois como fiquei na última fila do teatro e o microfone estava baixo, em vários momentos perdi palavras e até piadas inteiras. Uma pena... Queria rir mais ainda...

Depois do Carnaval, ele retorna para mais quatro apresentações. Então se você ainda não teve a chance de assistir, não perca!




2 comentários

  1. Que incrível!
    Uma pena que na minha cidade não tem tantos espetáculos, fiquei com vontade de assistir.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa...uma pena mesmo, você iria rir muito . Beijos,myl

      Excluir

O seu comentário alegra o nosso dia!!!