10 Dates Surpresa, Ashley Elston


Divertido e envolvente, Dez dates surpresa é uma história sobre crescimento, família e amizade
Sophie planejava aproveitar as férias de fim de ano para ter uma folga de seus pais e passar mais tempo com seu namorado - ela só não esperava que ele quisesse uma folga dela. De coração partido, ela corre para a casa dos avós, onde sua grande família italiana já está reunida para as festas. E é lá que sua Nonna bola um plano para fazê-la seguir em frente: a família deve arranjar dez encontros às cegas para a garota. De dates legais e engraçados aos verdadeiramente bizarros, Sophie passa a entender melhor quem realmente é, e que nem sempre o que achamos querer é o melhor para nós...O livro vai virar filme pela mesma equipe de Para todos os garotos que já amei.
10 Dates Surpresa
 Ashley Elston
Ano: 2020 
Páginas: 328
Idioma: português
Editora: Globo Alt

" Só estou feliz de te ver sorrindo."

Essa é mais uma das sugestões da internet que, com seu algoritmo maligno, adora nos fazer cair em tentação. Assim que vi essa capa já me apaixonei e ao ler a sinopse quis o livro pra mim. QUE. FOFURA. MAIS. FOFA!

10 Dates Surpresa conta a dramática (ou seria hilária?) história de Sophia que, depois de planejar um encontro perfeito para ficar com o namorado Griffin, descobre que ele na verdade prefere dar um tempo do relacionamento sério para curtir a vida e perceber o que realmente sente por nossa protagonista.

Então ela resolve terminar tudo com o carinha e ir logo para casa da avó para fugir dos sentimentos conflitantes que brotam em seu coraçãozinho. Claro que na casa de Nonna, com toda a enorme e barulhenta família reunida, ela terá a distração necessária para esquecer do ex namorado. Com um plano mirabolante de encontros às cegas, sua avó vai ajudar a garota não só a perceber se gosta ou não do ex como mostrará a ela o quão importante e essencial ela é no clã. 

Entre trocas de mensagens cheias de humor com a irmã que está de repouso por conta de uma gravidez de risco e encontros bem loucos, Sophia se fortalece e acaba redescobrindo amizades e, porque não, um novo amor.
Amo demais quando a escritora foca na força feminina: Sophie, Olívia, Margot, Nonna são personagens tão fantásticos que acabaram por deixar em segundo plano minha ansiedade em ver o romance acontecer. 

A criatividade nos encontros, as apostas e reações da família são a cereja do bolo de toda a trama e me diverti horrores com tudo o que acontece. A história em si é bom clichê de sessão da tarde e com final previsível, mas pense que é daquele tipo de livro que te prende e não consegue largar até saber tudo o que vai acontecer. Adorei e, assim como Sophie, alguns encontros foram os meus favoritos.

Enfim... Sophie e Olívia arrasam do início ao fim e acompanhar essa família vale cada segundo da leitura. Agora já estou ansiosa pelo filme e pelo próximo livro da série que espero ser ou de Charlie ou de Sara.

Não posso deixar de comentar a menção feita sobre o Brasil sem uso de estereótipos.


Um comentário

  1. Eu juro pra você que quando vi a capa deste livro, não dei nadinha por ele. Aí ontem, fui dar uma olhada mais à fundo e quando li sobre o enredo, já vi tudo isso na telinha!
    Puxa, daria uma adaptação e tanto!
    E pelo que li acima, o livro é repleto de bom humor, de situações engraçadas e claro, de romance.
    Já vai para a lista de desejados com certeza!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir

O seu comentário alegra o nosso dia!!!