• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Os vampiros de Anne Rice

    Características dos vampiros de Anne Rice

    O sucesso de seus livros e do filme baseado em Entrevista com o Vampiro fez com que muita gente acreditasse que ela é fonte original das estórias de vampiro, tendo as características dos seus personagens como regra para todos os outros vampiros de outras estórias. Nem sempre é fácil lembrar-se que vampiros são personagens de ficção e que cada autor tem a liberdade de criá-los com as características que se adaptem ao se romance.

    Seus vampiros são criados por outros vampiros através da troca de sangue: o vampiro-criador suga o sangue até que a vítima esteja à beira da morte e a seguir permite que a vítima beba seu próprio sangue. Ocorre a morte humana, e o corpo sem vida se converte em vampiro. Alguns são cruéis (???), como os vampiros anteriores, outros são bons e puros, renegando a sua situação de ‘bebedor de sangue humano’. São mais fortes que um humano, e têm os sentidos mais aguçados. Sua aparência nada tem de monstruosa, ao contrário, são sempre belos, o que também passa ser uma arma contra os humanos, já que o seu poder de sedução aliado à beleza é uma armadilha da qual não se consegue escapar. Podem se passar por humanos, em especial depois que se alimentam, quando perdem um pouco da palidez. À medida que envelhecem tornam-se mais e mais poderosos, e quando velhos o suficiente tornam-se imunes a elementos que ferem ou matam os mais jovens, como o fogo e a luz do sol. Dormem, em sua maioria, em caixões. Seus órgãos sexuais não são funcionais, e o prazer sexual é sentido quando mordem e sugam suas vítimas.  

    Os vampiros de Anne Rice vêem o ser humano em sua essência, e não através dos traços convencionais usados para estabelecer as relações entre seres humanos normais. Esse aspecto constitui uma das grandes contribuições da autora para o desenvolvimento da atual mitologia dos vampiros

    Diferente de Drácula, não se transformam em animais, mas conseguem voar, e têm reflexos em espelhos. São imunes ao alho e estacas, os símbolos religiosos só afetam os que acreditam que podem ser afetados. Também não têm a dependência do solo natal, como tinha o famoso conde, que só podia passar o dia dormindo em cima da terra que trouxera da Transilvânia.

    O sucesso dos livros de Anne Rice deve-se a fatores como a narrativa em primeira pessoa (sucessivamente por Louis, Lestat e Armand) e a identificação do leitor com os personagens mais humanizados saindo do grotesco. Os personagens satisfazem os desejos dos leitores relacionados a  beleza, riqueza, eterna juventude, poder e imortalidade, fazendo com que sua existência vampírica seja mais atraente do que a vida dos mortais.

    2 comentários :

    1. Olá,
      Essa é a minha primeira visita ao blog.Vi seu link em outro blog e resolvi entrar para conhecer aqui! Amei e já tô seguindo. Seu blog é lindo demais e suas postagens são muito bem elaboradas!

      Te convido a visitar e seguir o meu blog também.
      Aguardo sua visita!
      Bjs!
      Mila

      @camilapalm31
      http://dailyofbooks.blogspot.com/

      ResponderExcluir
    2. Obrigada, Mila!!!
      Conheci seu blog, é fofo!!!

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!