Featured Slider

Menina feita de estrelas, Ashley Herring Blake



No mês de junho, quando a constelação de Gêmeos despontava no céu do hemisfério Norte, nasceram Mara e Owen. Uma irmã e um irmão unidos pelos astros. Quando a noite caía, os dois subiam no telhado de casa para observar as estrelas e compartilhar histórias. Eles estavam lá um para o outro e nada poderia separá-los.

Um dia, porém, Owen é chamado à diretoria do colégio. A namorada do garoto, Hannah, o acusara de estupro. E, como amiga e fundadora do Empodera – um coletivo feminista –, Mara sabe que tem o dever de apoiar a garota. No entanto, como fazê-lo quando o agressor é seu irmão gêmeo?

Dividida entre sua família e o próprio senso sobre certo e errado, Mara também precisa aprender a conviver com Charlie – sua melhor amiga e ex-namorada. E como se tudo isso não bastasse, um trauma do passado volta para atormentar ainda mais seus pensamentos.

Destaques:
Um romance sensível e oportuno, que confronta as difíceis e delicadas questões que envolvem consentimento, culpabilização da vítima e agressão sexual.

Menina Feita de Estrelas é uma narrativa pungente sobre a necessidade de dar voz às vítimas; sobre amizade e rede de apoio; sobre seguir em frente e encontrar o próprio caminho na escuridão, mesmo quando tentam apagar seu brilho.

Menina Feita de Estrelas
Ano: 2020 
Páginas: 328
Idioma: português
Editora: Plataforma21


De todos os lugares do mundo, de onde será que os monstros reais podem vir? Essa é uma pergunta que pode facilmente invadir sua mente durante a leitura dessa obra.


Mara é uma garota bi, fundadora do empodera, um coletivo feminista da escola, que acaba de terminar o namoro com sua melhor amiga, mas esse não é o maior dos seus problemas, muito pelo contrário, seu maior problema é lidar com a acusação de estupro que seu irmão gêmeo recebeu da então namorada e também amiga de Mara, Hannah. Porém, como lidar com isso, sabendo que precisa apoiar a amiga, mas do outro lado está a pessoa que conhece da vida toda?


Antes de mais nada, caso esse assunto lhe cause gatilhos, recomendo a leitura somente se estiver preparado, embora a autora traga tudo de forma leve, os assuntos abordados são em suma bem difíceis, afinal, veremos aqui uma meninas passando por situações que não desejamos a nenhuma de nós e o mais difícil é saber que são situações reais, que acontece no dia a dia, só muda os personagens.


Esperei muito dessa obra e ela entrega bem o que promete, sem sombra de dúvidas um livro que precisa ser lido por mais pessoas, pois não é apenas um romance, é a história de alguém que poderia ser eu, você, ou qualquer outra menina/mulher que todos os dias são confrontadas com situações avassaladoras e muitas das vezes são desacreditadas.


Nem preciso dizer que gostei, não é mesmo? Pois eu gostei bastante e se você já leu, não deixa de contar aqui o que achou, vamos conversar sobre.


A cirurgiã, Leslie Wolfe


 
Cirurgiã renomada, esposa amorosa e... assassina? Antes de seu mundo desabar, a doutora Anne Wiley tinha uma vida perfeita. A carreira de sucesso que sempre almejou conquistar, uma bela casa onde poderia descansar confortavelmente após um longo dia de trabalho e um marido extremamente dedicado e cuidadoso, cujo sorriso sempre a manteve segura. Até aquele momento, ela nunca tinha perdido um paciente. Mas também nunca havia operado alguém que odiava. No minuto seguinte em que declarou o óbito, toda a equipe médica na sala de operações a observou em silêncio, confusos e preocupados. O olhar de Anne transmitia medo, o coração batia acelerado e as mãos tremiam e suavam dentro das luvas. Seus doze anos de experiência são colocados sob suspeita quando é descoberto quem era o paciente que faleceu em suas mãos. Empenhada em acusar a doutora de assassinato, a promotora criminal Paula Fuselier começa a investigar.

No entanto, tanto Anne quanto a promotora têm algo muito particular em comum – um relacionamento com Derreck, marido de Anne, que é candidato a prefeito, e qualquer escândalo pode prejudicar sua carreira na vida pública. Um suspense psicológico totalmente envolvente que fará você correr pelas páginas até o final.


A cirurgiã
Um suspense psicológico totalmente envolvente que fará você correr pelas páginas até o final.
Leslie Wolfe
Ano: 2024 
Páginas: 224
Idioma: português
Editora: Faro Editorial


Cirurgiã cardíaca com índice zero de mortes, vivendo um casamento feliz com um advogado aspirante a prefeito, o que destoava na vida de Anne Wiley são o vazio e a culpa deixados pela morte precoce de Melanie, sua irmã adotiva. Até o dia em que ela perde um paciente. Talvez o único que ela não poderia perder...

Uma fatalidade? Ou Annie não se esforçou o suficiente durante a tentativa de reanimação? Será que reconhecer o seu paciente influenciou em sua decisão de desistir de reanimá-lo? 

Como se não bastasse, a promotora Paula Fuselier decide usar o incidente contra Annie, investigando formas de incriminá-la, mesmo quando o próprio hospital a inocenta de qualquer responsabilidade na morte do paciente. Mas o que Annie mais teme é que alguém descubra qual é a sua ligação com Caleb Donaghy.

Com um enredo de deixar a cabeça do leitor a mil, A cirugiã promete uma leitura eletrizante mas... Sim, vai ter um 'mas' nessa resenha. Com a promessa de um suspense psicológico logo na capa, acreditei que a autora teria criado uma personagem capaz de usar a sua posição para decidir quem vive e quem morre na sua mesa de cirurgia, imaginei uma mulher sem sentimentos e com regras próprias. Mas Leslie Wolfe me entregou uma personagem frágil, insegura e manipulável. Para compensar, ela foi incrível na criação dos outros personagens, ninguém a mais, ninguém a menos. Todos, absolutamente todos os personagens que aparecem ao longo da história tem um papel crucial e relevante no desenrolar dos acontecimentos. 

Mas... fique tranquilo pois nada disso tira o mérito da história. Mesmo não ouvindo as vozes da minha cabeça e dando mais ênfase a relacionamentos do que ao suspense em si, a autora criou um enredo ágil, frenético, cheio de reviravoltas, ligações inusitadas entre os personagens e revelações surpreendentes que merecem toda a atenção do leitor. 


Cachinhos Dourados, Ruth Rocha


Você certamente conhece a história daquela menina de cachinhos dourados que, andando pela floresta, encontra uma linda casinha de ursos e faz ali uma baita bagunça, não é?

Mas, com certeza, nunca viu essa deliciosa aventura contada dessa forma. Neste livro, Ruth Rocha reconta em rimas e versos tão bonitinhos o clássico Cachinhos Dourados .

Os versos de Ruth, nossa maior escritoras infantil, são acompanhados pelas belas, coloridas e fofas ilustrações de Camila Carrossine . Desenhos que contribuem para trazer um novo encanto para as crianças.

Com quatro versos em cada estrofe, Ruth Rocha conta a aventura da menina que entrou e fez uma verdadeira farra por toda a casa dos ursos. A grande lição de moral da história é o ensinamento sobre respeito ao espaço pessoal e aos pertences de outros.

Cachinhos Dourados
Recontos Bonitinhos
Ruth Rocha
Ano: 2024 
Páginas: 32
Idioma: português
Editora: Global


Cachinhos Dourados é mais um lançamento da coleção Recontos Bonitinhos . Na série, a consagrada autora empresta seu olhar e talento para criar poemas e apresentar histórias clássicas para às novas gerações de pequenos leitores.


Uma garotinha curiosa, papai, mamãe e bebê urso, uma breve aventura e muita alegria, essa é a história da Cachinhos Dourados retratada pelos olhos da incrível autora Ruth Rocha.



Com desenhos apaixonantes, leveza e o conto levado como um poema facilmente cantado, nos aventurados pelas páginas dessa história tão conhecida, podendo brincar e aproveitar os momentos ao lado de uma criança.


Mais uma história da Global, lida com Luna e que tanto mamãe, quanto bebê se divertiram e riram juntas durante a interpretação de cada página.



Uma leitura leve, divertida e lúdica que além de tudo ensina um pouco sobre família e desbravar o desconhecido.


Por aqui amamos fazer essa leitura e queremos convidar você a fazê-la também, afinal é sempre uma maravilha ler com os pequenos e para ajudar você nessa, o Minha Velha Estante possui o cupom VESTANTE24 que te dá desconto no catálogo da global, é ou não para aproveitar?


Te aguardamos com mais em breve, até lá, um beijo da mamãe e da bebê mais leitora desse canal 💜

O menino e sua árvore, Rodrigo França


Sol é um menino alegre e muito especial, porque sua bisavó é uma árvore de 150 anos! Seus colegas de escola não entendem isso e fazem piada, mas ele sabe que é preciso ter raízes fortes para crescer bem, dar bons frutos e uma sombra doce e agradável. Este novo livro de Rodrigo França fala sobre a importância da ancestralidade, de reverenciar a sabedoria dos mais velhos, do acolhimento da família e do amor que faz a gente se sentir confiante e orgulhosa das nossas origens. Ao lado de Rodrigo, Vanessa Ferreira deu formas e cores a esta história com suas belas e expressivas ilustrações.

O menino e sua árvore
Autor: Rodrigo França
Ilustradora: Vanessa Ferreira
Ano: 2024
Editora: ‎ Nova Fronteira

Quando uma criança é ensinada a se amar e amar seu nome, ela encontra em si a identidade de ser um ser humano incrível, mas isso não muda o fato de que ainda existem perguntas sem respostas e não muda como os outros a enxergam. 

Quando Sol chega em casa, depois de um dia na escola e conta para sua mãe que seus colegas riram da sua história sobre a bisa árvore, ele encontra ali o verdadeiro significado de amor e de amar a si mesmo. 

Essa é uma história que para muitos pode ser apenas mais um livro infantil, mas ela vai além, fala sobre amor próprio, respeitar as origens, ancestralidade, acreditar em si mesmo e sempre respeitar o próximo. 

O menino e sua árvore é uma história de força, de crescimento e aprendizado, que ensina crianças e adultos a como serem pessoas melhores, a importância de ensinar da forma certa, mas usando o lúdico. Todos nós somos árvores ou nos tornaremos árvores ao longo da vida, mas Sol nos ensina a ir além e ensinar além também.



Não preciso dizer o quanto amei a história desse meu conterrâneo e o quanto Luna ficou encantada nas ilustrações, não é mesmo? Esse livro é lindo e precisa muito ser conhecido, por isso fica aqui o convite a você leitor, para se aventurar nessas páginas também, não importa a sua idade. 

Nova Fronteira, obrigada por essa linda experiência e plantaremos as sementes recebidas com a obra em agosto, no mês de nascimento de Luna, quando elas florescem tranquilas aqui no Paraná 💜

Rê Tinta e a Revolução Escolar, Estevão Ribeiro e Elisa Lucinda

 


Em Rê Tinta e a revolução escolar, vemos a curiosa e destemida menina preta criada por Estevão Ribeiro promover uma revolução dentro da sala de aula por meio do texto escrito por Elisa Lucinda. Nesta narrativa poética, as crianças aprenderão que a maior arma de todas para transformar o mundo em lugar melhor e mais igualitário é o amor.

Rê Tinta e a Revolução escolar
Autores: Estevão Ribeiro e Elisa Lucinda
Editora: Nova Fronteira
Amo: 2024
36 pág

Quando as crianças passam a ter voz dentro das escolas, os ensinamentos deixam de ser tão maçantes e difíceis, passando para algo mais lúdico, fácil e gostoso de se acompanhar com amor e afeto, é isso que a garotinha Rê Tinta nos ensina ao tomar o controle da aula de forma engraçada e apaixonante.


Aprender deveria ser um ato de amor, claro precisamos entender as implicações em que algumas mudanças caberiam, é preciso haver sempre respeito entre alunos e professores, porém se pudéssemos ouvir uns aos outros dentro da sala de aula, como as coisas mudariam, não é mesmo? Indo além, se os pais acordassem os ensinamentos dessas crianças já de casa, quantos adultos incríveis colocaríamos no mundo futuro? 


Ao ler com Luna essa obra maravilhosa  me dei conta de que, mesmo ainda tendo muito a aprender todos os dias, estou no caminho certo para os ensinamentos dessa pequena e quero convidar você que ainda não conhece essa obra, a conhecê-la e se possível aplica-la na vida, pode ter certeza que vai mudar muita coisa. 


E aí, te convencemos a fazer essa leitura para você e uma criança? Espero que sim e que você venha aqui nos contar o que achou, Luna é claro, amou cada segundo e mamãe dela também. 


Nós encontramos em breve, até lá boas leituras.