• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Resenha da Drica: Marcada - Série House of Night, P. C. e Kristin Cast

    Editora: Novo Século

    Autor: P.C. CAST & KRISTIN CAST

    ISBN: 9788576792291

    Ano: 2009

    Número de páginas: 328

    Gênero: fantasia e ficção





    Sinopse

    Em The House of Night você vai conhecer um mundo parecido com o nosso, exceto pelo fato de que nele os vampiros sempre existiram e convivem tranquilamente com as pessoas normais. No primeiro volume, Marcada, Zoey, uma garota de 16 anos, acaba de receber uma marca que vai transformar a sua vida por completo. Zoey terá que se afastar de seus amigos e de tudo aquilo que fazia parte da sua vida até então. A menina vai se transformar em vampira e usufruir de poderes que ela nem imaginava possuir. Mas para isso ela precisa suportar o difícil período de transformação, caso contrário morrerá.


    A série tem lugar num universo alternativo, mais precisamente em Tulsa, Oklahoma, onde os humanos e os vampiros sempre coexistiram juntos. Zoey Redbird é uma adolescente de 16 anos prestes a se tornar vampira. Aqui irá transformar-se ou morrer no processo. Mas a jovem não é igual aos outros e cedo as suas diferenças a fazem sobressair. Contudo as suas características carregam consigo vantagens mas também responsabilidades que se revelarão de grande importância ao longo da sua jornada…

    As autoras criaram nesta obra uma visão completamente original da estirpe dos vampiros, associando-os a uma cultura espiritual mítica, ao mesmo tempo em que os situa, nos tempos modernos, em uma elite cultural e artística.



    Personagens


    Zoey Redbird: Zoey é a nova aluna da Morada da noite. Tem origem Cherokee. É diferente dos outros aluns pois foi escolhida pela deusa Nyx (deusa dos vampiros) para receber o dom dos cinco elementos: terra, fogo, ar, água e espírito. Sendo assim, ela consegue tirar Aphrodite do comando das Filhas das Trevas e passa a montar um novo círculo, com novos membros e ideais. É a preferida de Neferet.

    Aphrodite LaFont: Afrodite era a líder das  Filhas das Trevas, até que Zoey chega e toma seu lugar por merecimento. Nyx lhe deu o dom de prever catástrofes, e seu pai é o prefeito de Tulsa.

    Stevie Rae: Stevie Rae é colega de quarto e melhor amiga de Zoey. Adora seu estilo "Okie" e suas botas de vaqueira. Tem afinidade com o elemento Terra.

    Erin Bates: Erin é uma das gêmeas, porém não tem nenhuma semelhança física com Shaunee Cole, a outra gêmea. Erin adora falar de moda e de garotos. É loira de olhos claros, e tem afinidade com o elemento água.

    Shaunee Cole: Shaunee é a outra gêmea. É de ascendência jamaicana, e como a irmã/colega de quarto, adora moda e garotos. Tem afinidade com o elemento fogo.

    Damien Maslin: Damien é um dos melhores amigos de Zoey. É muito inteligente e adora usar palavras complicadas para confundir as gêmeas. Ele foi rejeitado por seus pais por ser homossexual. Tem afinidade com o elemento ar.

    Erik Night: Erik é o ex-namorado de Aphrodite. É ator e participou várias vezes do concurso de monólogos. Gosta muito de Zoey e começa a namorar com ela.

    Neferet: Neferet é professora e Grande Sacerdotisa de Nyx. Promete a avó de Zoey que vai cuidar da menina, e acaba tornando-se sua mentora. Tem o dom da Cura e afinidade com felinos, além de uma ótima intuição.

    Heath Luck: É um humano apaixonado por Zoey. Foi seu namorado e por mais que ela tenha terminado o namoro, os dois sempre acabam juntos outra vez. Ele fica carimbado por ela após ela beber o seu sangue.

    Sylvia Redbird: É a avó de Zoey. Sylvia é a unica que a apoia. Compartilha com Zoey o desgosto pelo "padrastotário".

    Resenha

    O mundo de Zoey Montgomery é quase parecido com o nosso, apenas um detalhe faz toda a diferença: no seu mundo existem vampiros e as pessoas tem conhecimento de sua existência, e convivem de maneira relativamente pacífica.

    Zoey é uma garota normal, com uma vida normal. Até que uma dia ela é marcada por um vampiro rastreador e tem que ir para a Morada da Noite, espécie de escola para vampiros como Hogwarts, ou então ela poderá morrer durante o processo de transformação de humana para vampira. Em casa, sua mãe e seu padrasto, John, não aceitam nada bem a noticia, eles são extremamente religiosos e acham que o que ela precisa é de uma boa corrente de orações e que tudo vai voltar ao normal, mas Zoey sabe que isso não resolverá seus problemas e foge de casa para encontrar a pessoa que mais a entende, sua avó.

    Zoey se vê marcada como vampira, e sente neste momento que não pertence mais a tribo alguma, o que parece ser essencial não só para ela, mas para todos os seus companheiros. As autoras imprimem a esta marca um teor simbólico, através do qual elas discutem a adolescência, o temor da discriminação e de não fazer parte dos grupos sociais.

    No mundo de Zoey a existência dos vampiros é cientificamente comprovada. Diversas pesquisas científicas constatam inclusive que no metabolismo hormonal do adolescente pode ocorrer uma séria eclosão em uma suposta vertente prejudicada do DNA, dando origem assim ao que se conhece como a Transformação, essa é a única forma de se tornar vampiro. Os jovens que sofrem este processo são rastreados por determinados vampiros e marcados com a tatuagem de uma lua crescente azul-safira na testa.

    É neste contexto que Zoey, descendente dos nativos cherokees pela linhagem de sua avó materna, Sylvia Redbird, sua mentora espiritual, que a inicia nos segredos e conhecimentos milenares de seu povo, inicia sua nova jornada existencial, confusa e desorientada, prestes a penetrar os mistérios da deusa grega Nyx, representante da Noite.

    Zoey começa sua Transformação sob a tutela da sacerdotisa Neferet. Mais uma vez, porém, ela sente o peso de ser diferente, pois a deusa Nyx a tatua com uma marca diferente, sinal dos dons extraordinários que ela lhe concede. Ou seja, quando tudo o que Zoey queria era simplesmente ser uma pessoa comum e se integrar, ela passa a ser diferente e especial.

    A história nos leva a universo onde o moderno e o antigo convivem o tempo todo, povoado pela magia do feminino (o que me fez lembrar As Brumas de Avalon), pelo poder do matriarcado, pelas guerreiras amazonas, pela força que emana da Natureza e pelas crenças evangélicas modernas. Mas este clima sagrado é o tempo todo permeado por passagens muito bem-humoradas, engraçadas e muitas vezes sensuais.

    Desde o começo, devo dizer que foi difícil não querer chegar logo ao fim de Marcada, pois uma vez que se mergulha neste ambiente de vampiros apaixonantes, ligados de uma forma ou de outra ao universo artístico e cultural (praticamente todos os famosos são vampiros?!), de felinos dotados de uma inteligência incomum, de uma atmosfera inebriante, a curiosidade é enorme para saber até onde a história vai.


     “– Zoey Montgomery! A noite escolheu-te; a morte será o teu nascimento. A noite chama-te; ouve a sua doce voz. O teu destino espera-te na Casa da Noite” (Primeiro Capítulo, página 13)


    “Mas lembra-te, as trevas nem sempre equivalem ao mal, assim como a luz nem sempre traz o bem.” (Quinto Capitulo, página 48)

    34 comentários :

    1. Achei muito lindo a capa desse livro.
      A historia e interresante, fala de vampiros mais de uma forma diferente.
      Achei legal essa nova versão de vampiros diferentes do modo tradicional que a gente vê tant em autros livros.

      ResponderExcluir
    2. História de vampiros adoro, mesmo essa sendo um pouco diferente, acho que vou adorar. Espero ter oportunidade de ler.
      Gostei da resenha, e a capa do livro é bonita.

      ResponderExcluir
    3. Vontade de ler essa história! Presenteei minha amiga mas nem cheguei a lê-lo ,ela diz ser bom demais! E todos dizem isso, vou ser obrigada a comprovar! HAHA

      Um beijo,
      Pa^m
      http://interruptedreamer.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    4. Essa série é ótima! Passei anos sem lê-la, mantendo um preconceito lendário para com os livros, até que tomei vergonha na cara e pedi os primeiros volumes emprestados a uma amiga. Não é nada do que se imagina num primeiro momento. Longe de ser mais uma série sobre vampiros. The House of Night tem uma mitologia e uma afirmação única. Formidável!

      ResponderExcluir
    5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      ResponderExcluir
    6. A capa é linda ! adorei que vs destacou os personagens,ficou bem melhor pq assim, com a resenha, agnt entende quem é quem rs

      ResponderExcluir
    7. Achei a capa linda, vi o comparativo de paises e as capas brasileiras sao as melhores na minha opiniao!!!
      Adorei sua resenha e a descriçao dos personagens, fez uma grande diferença!!!
      E como adoro historias com vampiros, entao este esta entre meus desejados!!!

      ResponderExcluir
    8. Gente sou apaixonada por essa capa. Já li esse livro, e posso dizer que essa resenha está muito digna. ♥

      ResponderExcluir
    9. Sou mega louca na série, tá fantástica a resenha , parabéns ao blog !!!!!

      ResponderExcluir
    10. Como ninguém me falou desse livro antes? Preciso ler esse livro e logo.

      ResponderExcluir
    11. PC e a Kristin. São muito boas escritoras. As histórias delas sempre ficam perfeitas.

      ResponderExcluir
    12. to bem precisando ler livros assim *-*

      ResponderExcluir
    13. Simplesmente amo essa série! É um livro totalmente diferente do que estamos acostumados, esse vampiros q brilham haha, nada a ver. Esse livro tem de tudo, muita confusão, humor, amor, amizades feitas e desfeitas...Super recomendo!
      Beijos!

      ResponderExcluir
    14. Os livros sim expressão muito mais do que esperamos. Não nos deixa na mão!

      ResponderExcluir
    15. Da vontade de ler essa história!

      ResponderExcluir
    16. a julgar pela capa parece ótimo,quero ganhar esse livro

      ResponderExcluir
    17. gostei do livro,mas o traida, melhor nem a falar nada....

      ResponderExcluir
    18. Eu amo livros assim, uns dos meu temas preferidos!

      Bjoss

      ResponderExcluir
    19. Puts fiquei com mais vontade ainda de ler esse livro depois dessa resenha .

      ResponderExcluir
    20. Parece que esse livro é mesmo incrível!! A maioria das resenhas tecem elogios sobre o trabalho das autoras e mesmo sem ler, tenho quase certeza de que irei gostar. Elas não apenas criaram personagens, confeccionaram toda a mitologia e o mais interessante é que os vampiros convivem pacificamente com os humanos, que sabem da existência desse ser sobrenatural. Com certeza esse livro é a minha cara ashuashuashuas' Adorei o blog e visitarei mais vezes *---*

      ResponderExcluir
    21. Gostei muito!!!! Quero ganhar!!!

      Beijinhos.


      Leila.

      ResponderExcluir
    22. Não só a capa é linda, o universo de Zoey é fantástico. Construído por uma classe de vampiros diferentes do que conhecemos, a aventura cheia de romance envolve qualquer um. Gente eu já li a série e está super recomendado.

      ResponderExcluir
    23. O que eu mais gostei desse livro foi que o inicio dele não é entendiante, a maioria dos livros começa com uma chatice e só fica emocionante lá pela metade, em marcada não a história já começa com algo emocionante que faz tu não querer largar o livro

      ResponderExcluir
    24. Adoro a série e tenho a trilogia em inglês. Quero mais essa para a minha coleção.

      ResponderExcluir
    25. No primeiro livro eu não dava nada pra essa série, só no final que comecei a me envolver de verdade, e virei fã

      ResponderExcluir
    26. Eu ainda não li esse livro, mas estou morrendo de vontade.
      Eu sempre ouvi falar muito bem dele

      ResponderExcluir
    27. Marcada é ótimo, no inicio ficamos meio perdidos, mas depois a estória só melhora a cada página! =D

      ResponderExcluir
    28. Realmente a estória de Zoei é com um começo bem Marcado pois além de ter que lidar com a transformação.
      Com a família que não aceita,seu amigos que não compreendem também,li esse livro e confesso que adorei essa batalha que aguarda Zoei na casa da noite.
      Sua resenha ficou bem detalhada,gostei.
      Um abraço,
      Alexandra
      Magiasbook

      ResponderExcluir
    29. Nossa, esse livro parece uma salada de outras histórias com ciência e religião e eeee FHAHEA Só lendo pra saber se vai prestar. Mas, se conquistou tanta gente no mundo, deve ter lá seus méritos. Ou não, pq Crepúsculo tbm virou best-seller e pra mim parece um rascunho mal acabado hfaueh

      ResponderExcluir
    30. EU AMO ESSA SÉRIE! House Of Night envolve romance, suspense, ação, magia em todos os livros! Ainda estou lendo, mas pretendo acabar rápido <3

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. É realmente fantástica! Uma nova forma de ver os vampiros!

        Excluir
    31. Adorei a resenha, fiquei com vontade de ler esta série também, apesar de o número de volumes me desanimar bastante..
      O enredo é ótimo, muito diferente as características dos vampiros, a autora praticamente reinventou esta raça, gosto muito desse tipo de novidade. Fiquei curiosa para acompanhar a transformação da personagem para a nova vida, bem interessante mesmo.
      beijos!

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!