• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • 12+1 Curiosidades sobre Exorcismos, Amores e uma dose de blues, de Eric Novello


    Atendendo a pedidos, 12+1 Curiosidades sobre Exorcismos, Amores e Uma Dose de Blues:


    01. Apesar do “Exorcismos” do título, as religiões monoteístas não existem no universo de Exorcismos, Amores e Uma Dose de Blues. Então nada de conflitos entre Deus e o Diabo, nada de descer escadas em posição de yoga, girar a cabeça 360º ou algo parecido.


    02. Essa decisão me levou a uma situação curiosa. Originalmente, a história se passaria em São Paulo, e só com um terço do livro escrito me dei conta de que “epa! não existem santos, não existe uma São Paulo”. Daí nasceu Libertà, uma metrópole ficcional inspirada em diferentes cidades brasileiras. Foi por caminhos tortos, mas o resultado não poderia ter sido melhor.


    03. Mas espera aí. Então a gente vai exorcizar o quê? Bem, o Tiago Boanerges, protagonista dessa história, exorciza oníricos. Habitantes do mundo dos sonhos que de vez em quando escapam para cá e insist em em demorar mais do que deveriam. Além de possuírem um corpo ou outro e criarem um monte de problemas, claro.


    04. O mundo dos sonhos, aliás, é parte essencial do universo do EADB. Prepare-se para algumas visitas inesperadas. E para alguns passeios por lá. Mas nunca sem um guia!


    05. O universo de EADB é composto por reflexos. É assim que chamo a nossa e outras realidades. Atrás de cada espelho, um reflexo diferente. Bem, se eu fosse um agente de viagens, provavelmente faria esse discurso, mas a verdade é um pouco diferente. Os espelhos levam todos para o mesmo lugar: o Entremundos. Uma cidade de transição entre esses reflexos, e que é um dos meus cenários favoritos do livro por possuir uma lógica completamente diferente da que estamos acostumados.


    06. Alguns personagens e situações foram inspirados nas histórias de Alice, de Lewis Carroll (cada um com suas obsessões, não é, Kusama?), e reimaginados dentro do contexto noir e sombrio deEADB. Quem tiver familiaridade com País das Maravilhas e Através dos Espelhos terá uma diversão extra nesse sentido.


    07. A versão de avaliação de Exorcismos, Amores e Uma Dose de Blues que foi para a editora tinha ilustrações completamente diferentes, todas feitas também pela Carolina Vigna. Uma delas de um personagem que acabou cortado da história na versão final. Meu único pedido foi que os desenhos não comprometessem a imaginação do leitor. Na versão definitiva, se é que isso existe na minha cabeça, fechamos em 5 ilustrações. Duas delas podem ser vistas no site da Carolina.


    08. O amores do título não é por acaso. Ele está lá em diversas cenas, numa discussão sobre sentimentos, sexualidade, desejo e inspiração. No fundo no fundo, Exorcismos, Amores e Uma Dose de Blues é a minh a versão estranha de uma história de amor.


    09. O blues do título permeia a história do início ao fim, às vezes de modo mais direto, às vezes nas entrelinhas. Está nos momentos de decisão do protagonista, nos temas abordados, nas citações aos artistas, nos trechinhos de músicas e na coleção de vinis do Tiago Boanerges. Torço muito para que desperte a sua curiosidade para esse estado de espírito musical que é o blues.


    10. Um dos blues do livro é uma composição original minha e da minha irmã, a cantora Cássia Novello, aka Noturna, e que será disponibilizada em breve. A capa do single também está quase pronta. No livro a música se chama Doomsday. No mundo real (ou seria no nosso reflexo?) provavelmente terá um nome diferente, mas nunca se sabe. O mundinho musical é ainda mais louco que o literário. Podem acreditar.


    11. Ah! Talvez seja importante dizer que os magos são a peça fundamental desse universo. A pupila e BFF do nosso protagonista, por exemplo, é uma necromante chamada Julia Yagami. A magia é algo integrado à vida das pessoas. Do mesmo modo que eu sou um autor, alguém pode ser um exorcista, e por aí vai. Além dos magos e dos oníricos, existem outras “brincadeiras” sobrenaturais no livro. Mas prefiro não comentar para não estragar as surpresas.


    12. Exorcismos, Amores e Uma Dose de Blues teve pelo menos 15 versões antes de chegar ao grupo final de personagens e conflitos que você encontrará. Uma parte dessa insanidade se deve ao processo de criação de Libertà e de tudo que existe nesse universo de fantasia, já que nada está lá por acaso. A outra parte ao fato de o autor não ser exatamente uma pessoa sã.


    13. Encerradas as curiosidades, fica um trecho que foi divulgado nas redes sociais:


    “A reclamação foi interrompida por uma cantiga de roda. Na parede, sombras infantis giravam de mãos dadas sobre pernas inexistentes, os contornos das roupas precisos em traços de nanquim.


    Roda, gira, canta forte
    De braços dados a cantiga
    Chama alta, chama, chama
    A morte eterna, nossa amiga


    Ele olhou em volta. Nenhuma criança, apenas XXXXXX o observava. Parecia um boneco largado na escada de acesso, pernas moles e braços pendendo de lado, um corpo sem vida. As paredes do porão, cada vez mais claustrofóbico, se recolheram em sua direção, enquanto o chão ondulava e o sacudia.”


    5 comentários :

    1. Oi, Adriana!
      Lembro de ver esse título na bienal e quase ter comprado, me arrependo de não ter feito agora :/ O livro parece divertido e incrível!

      bjos,
      Bianca

      www.blogsomaisum.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    2. Achei a história bem diferente e muito interessante. Lendo agora essas curiosidades sobre o livro, achei bem divertida. Não esperava que fosse assim. Vou experimentar ler e ver se me agrada mesmo. Gostei muito de conhecer. Obrigada. Beijos.

      ResponderExcluir
    3. Eu agora fiquei bastante feliz de encontrar algum post relacionado a esse livro que tanto desejo.
      Gostei de saber todos esses tópicos, e esse quote no final ficou um show, agora me deu mas vontade ainda de lê-lo.

      Abçs :)

      ResponderExcluir
    4. Oiee.

      Não conhecia o título, mas a coisa é super curiosa né?.
      É sempre bom ver coisas novas e tenho certeza que quem curte saber mais sobre estas curiosidade vai degustar muito a leitura.
      Gosto de magos e tenho medo dessa coisa de exorcismo.

      Beijos
      www.amorliterario.com

      ResponderExcluir
    5. Oii Vic!
      Já tinha adorado o livro, mas amei conhecer um pouco mais sobre ele ..
      Imaginava algo completamente diferente do que tem na história do livro, e nunca vi nada parecido com exorcismo de oníricos .. :)
      Beijos !

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!