• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Semana do autor: William Burroughs


    William Seward Burroughs nasceu em St. Louis, Missouri (EUA), em cinco de fevereiro de 1914. Vindo de uma família com condições financeiras boas para a época, Burroughs era o que chamamos hoje de desconstruído. 

    Foi viciado em drogas durante boa parte de sua vida, e era homossexual, o que em sua época era algo sujo e pecaminoso, mas esses preconceitos não o derrubaram e desde sua ascensão na literatura ele é considerado o “fora da lei”.

    Em muitas de suas obras nós podemos perceber uma escrita avassaladora e que cutuca nossa zona de conforto. Ler seus livros requer uma mente aberta e receptiva, pois o que pode vir a frente vai lhe surpreender!
    A inspiração para as suas obras veio da sua rotina, das suas viagens e do ritmo que sua vida levava. Seu personagem mais famoso, o Willian Lee é o alter-ego do próprio autor, e quem se surpreende com as situações em que Lee se encontra, fica surpreso ao descobrir que o autor, provavelmente, passou pelas mesmas experiências.

    Além desse estilo de vida perturbador, William também passou por situações complicadas. Em 1951, acidentalmente ele matou a sua mulher, tentando recriar a cena de um filme. Depois desse acontecimento fatídico, nasceu “Almoço nu” obra que chegou a ser proibido nos EUA por ser considerado um livro obsceno, mas depois de um tempo ele acabou sendo reconhecido como uma importante obra literária.

    Para muitos, Burroughs não passava de um viciado sem pudor, mas sua influência na literatura é tão significativa que inspira jovens autores até hoje. Sem dúvidas, William Burroughs é uma lenda!


    12 comentários :

    1. Eu não conhecia esse William Burroughs, vou dar uma pesquisada sobre as obras desse homem
      Devem ser legais os livros dele

      ResponderExcluir
    2. Eu só tinha visto o nome deste ícone uma vez em um blog de literatura e olha que isso faz séculos!
      Que bacana trazer um nome assim, tão grande e ao mesmo tempo, até desconhecido da maioria de nós.
      Adorei!!!
      E pela polêmica vida, com certeza, seus trabalhos devem muito valer a pena.
      Beijo

      ResponderExcluir
    3. Também não conhecia esse autor, acredito que os livros dele não fazem o meu gênero.
      Mas me parece ser uma pessoa bem interessante de se conhecer.

      Beijos

      ResponderExcluir
    4. Minho!
      Confesso que não conhecia o autor e foi bom poder ver que apesar de ser considerado um viciado e homossexual, coisa inaceitável para sua época, teve papel relevante na literatura.
      Quero conhecer mais sobre os livros dele.
      cheirinhos
      Rudy

      ResponderExcluir
    5. Não o conhecia, fui até mais afundo para saber de sua história.
      É um negócio meio tenso mesmo kkk mas tenho muito interesse em conhecer as obras do autor agora.

      ResponderExcluir
    6. Burroughs é um velho conhecido e a sua obra é frenética e impactante. Proibido e rechaçado, suas narrativas tem muito de sua própria vida e de como ele encarava os "tabus" da época. Que não mudaram muito de lá pra cá. Um escritor e tanto! ;)

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!