• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Resenha da Drica: A Espada na Pedra - O Único e Eterno Rei , Volume I, T.H. White, Lafonte

    Título: A Espada na Pedra

    Subtítulo: O Único e Eterno Rei - Volume 1

    Autor: WHITE, T. H.

    Ilustrador: LEE, ALAN

    Páginas: 256

    Editora: Hamelin

    Ano: 2013


    Sinopse:  

    Seria inconcebível o sucesso extraordinário de histórias como O Senhor dos anéis e Harry Potter sem que, antes delas, existisse a seminal e insuperável obra de T.H. White, O único e eterno rei, da qual A espada na pedra é o primeiro dos cinco volumes. Esta versão definitiva da lenda arturiana, lida e amada por todas as gerações e fonte generosa de inúmeras outras obras no cinema, no teatro e na literatura, é uma influência cultural decisiva do nosso tempo. Este primeiro volume apresenta a educação do jovem Arthur, aqui apelidado Wart, sob o teto de seu tutor, sir Ector, e introduz a figura de seu grande guia da vida inteira, o mago Merlin. Dos cinco volumes que compõem a saga, este é o de maior apelo entre jovens. Ao inaugurar a história, A espada na pedra toca na mais explícita manifestação da permanência da vida humana, a predestinação, que é a garantia da justiça, patrocinada por um poder maior, a divindade. Só esse aspecto já serve para definir O único e eterno rei como um monumento à transcendência enredando os leitores numa teia feita de aventura, agilidade, humor, assombro. O rito de passagem enfrentado pelo jovem que o destino escolhe para ser o rei é a metáfora da luta para merecer a eternidade: aprender os segredos é aprender a ser digno da escolha; e o aprendizado se faz dentro dos princípios da ética e da estratégia.

    Olá, queridos,

     

    hoje vou falar de um livro que realmente me surpreendeu. Acredita que ele era apenas mais um livro que conta, ao seu próprio modo, a história do Rei Arthur, e estou feliz pela grata surpresa! 

    A Espada na Pedra não é apenas mais um livro, ele é o livro! À medida que você vai lendo, você começa a perceber que realmente vários clássicos que você ama já beberam dessa fonte e que sua mitologia inspirou escritores e obras ilustres pelo mundo afora. 

    A Espada na Pedra é o primeiro volume de uma série de cinco livros que seguem uma ordem cronológica, então começaremos pela infância do futuro rei Arthur, ainda conhecido por Wart, vive no castelo da floresta Sauvage, sob a tutela de Sir Ector, irmão de Kay, de quem estava destinado a ser escudeiro, uma vez que não era um filho legítimo. Veremos como ele se tornou discípulo de Merlin, como aprendeu os seus ensinamentos até chegar se tornar o Rei Arthur que a história popularizou. Entre o tempo gasto com os ensinamentos de Merlin e seu treinamento com Kay, ele ainda arranja tempo para viver aventuras com Morgana, Robin Hood e o Rei Pellinore, com sua eterna busca pela Besta Gemente. 

    A coleção foi escrita entre 1938 e 1941. São cinco livros no total – embora, inicialmente, a obra tenha sido vendida como uma tetralogia e O Livro de Merlin só foi publicado postumamente, sem a revisão do autor.
     
    Se você espera um livro cheio de aventura e emoção, A Espada na Pedra não é o livro. Ele é um livro que fala de aprendizado, conhecimento, descobertas. Não é uma leitura fácil, dado a infinidade de coisas novas a que se deve prestar atenção, mas é muito prazerosa. Não sei se concordo que é um livro infanto-juvenil, afinal traz discussões sobre religião, paixão, justiça e esperança que são bem complexas. 

    "– O amor é uma peça que as forças da evolução nos pregam. O prazer é a isca que nos jogam. Só existe o poder. O poder é da mente individual, mas o poder da mente não é o suficiente. O poder do corpo no final decide tudo, e só a Força é Certa."

    Com lindas ilustrações e diagramação perfeita, a Lafonte está de parabéns! Ponto para os apêndices que faz toda a diferença para o entendimento do livro, explicando detalhes sobre a obra, seus personagens e os livros seguintes.


    E vamos seguir um dos ensinamento de Merlin:

    "– A melhor coisa a se fazer quando se está triste – respondeu Merlin, começando a fumar e soltar baforadas – é aprender alguma coisa. Essa é a única coisa que nunca falha. Você pode ficar velho e trêmulo em sua anatomia, pode passar a noite acordado escutando a desordem de suas veias, pode sentir saudades de seu único amor, pode ver o mundo ao seu redor ser devastado por lunáticos malvados ou saber que sua honra foi pisoteada no esgoto das mentes baixas. Só há uma coisa para isso: aprender. Aprender por que o mundo gira e o que o faz girar. Essa é a única coisa da qual a mente não pode jamais se cansar, nem se alienar, nem se torturar, nem temer ou descrer, e nunca sonhar em se arrepender. Aprender é o que lhe resta."

    O livro foi recentemente adaptado para o cinema no filme The Sword in the Stone, para nós A Espada e a Lei. 


    23 comentários :

    1. A Editora está de parabéns o livro pelo que eu vi ficou bem caprichado *-*,e o booktrailer deu aquele friozinho gostoso no estomago, geralmente não gosto de um já assim de cara, mas esse vai ser um que vou ler esse ano de certeza...

      ResponderExcluir
    2. Adoro estórias do rei Arthur...
      Fico impressionada de ainda não conhecer nada... até agora, né?
      Adorei a resenha, como já curto este tipo de livro fica mais fácil e saber que tem ai um pouco de outras estórias maravilhosas me deixou mais empolgada...
      Preciso ler este livro e já!

      ResponderExcluir
    3. Tudo o que sei do Rei Arthur foi através de filmes, pelo que me lembre, nunca li nada sobre a história, apesar de ter os 4 volumes de As Brumas de Avalon aqui em casa.
      Este livro cheio de ilustrações lindas parece ser maravilhoso, eu nem conhecia a editora, acredita?
      A sua resenha super favorável fez toda a diferença.Valeu pela super dica.

      Beijo, Van - Blog do Balaio
      http://balaiodelivros.blogspot.com.br/2014/03/nevoa-alice-von-amerling.html

      ResponderExcluir
    4. Gostei da resenha Adriana. Sou apaixonada pela lenda do Rei Arthur e inclusive a minha série literária favorita é As Brumas de Avalon, que retrata a história pela visão das mulheres da época. Beijo!

      www.newsnessa.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Adoro as Brumas de Avalon tb, li quando era adolescente!!!

        Excluir
    5. Eu realmente esperava muita aventura com o livro, ainda bem que você avisou que não é isso.
      Bjs, Rose

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Não, ele tem mesmo um ritmo bem mais devagar, é mais uma descrição de fatos.

        Excluir
    6. Achei bem interessante o livro, olhando a capa e sinopse, dá para se ter a ideia de que é um livro cheio de aventura e emoções, mas mesmo não sendo assim, é bem interessante o assunto que ele trás e todas as reflexões, fiquei com vontade de conhecer esta obra! :)

      ResponderExcluir
    7. Sou fascinada pelas histórias do rei Arthur, Adriana. O mago de Camelot é um espetáculo, já leu?
      Gostei bastante da resenha e a capa é bem sugestiva, chama bastante a atenção. Fiquei encantada.

      M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso Top Comentarista

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Obrigada!!! Ainda não li, não, vou procurar, adoro histórias sobre Arthur.

        Excluir
    8. Apesar de não gostar muito de mitologia, essa resenha me deixou na dúvida quanto a ler esse livro ou não, pois gostei da forma que a resenha foi escrita e da sinopse falando do rei Artur, desde quando era pequeno até se tornar o rei.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Obrigadaa, Mai. Talvez a leitura possa ser uma chance para vc se apaixonar por mitologia!!! Tenta!

        Excluir
    9. a capa e linda,o autor e conceituado pelo que faz,mas a historia não me chama atenção,gosto de outros gêneros...mas suas resenhas continuam fascinantes

      ResponderExcluir
    10. Oi, eu ainda não li nenhum livro que contasse a historia do rei Arthur acredita? hahaha mas tenho muita vontade de conhecer melhor a historia, esse livro parece ser muito bom, e fico feliz que ele tenha sido uma surpresa para você.
      Beijos!!!

      ResponderExcluir
    11. Que edição desse livro, perfeita!
      Esse trecho que você deixou ao final da resenha, deu uma noção de como o livro é, já li e tenho várias coisas sobre o Rei Arthur, mais um que precisa estar na minha coleção, acompanhando desde o começo a história não só do Rei, mas dos personagens secundários que tornam essa uma obra imortal, um livro mais reflexivo, uma leitura que com certeza vale a pena.

      ResponderExcluir
    12. O capricho e beleza dos livros me conquista, esse é um dos meus generos favoritos e já esta na minha lista de futuras leituras.
      Gostei da resenha ^^
      Beijos

      ResponderExcluir
    13. Oieee ☺
      Acredita que eu não conheço a história do Rei Arthur :0,me sinto uma pessoa totalmente sem cultura.
      A diagramação está muito perfeita,fiquei com vontade de ler apenas vendo a foto das páginas.O enredo não é o que eu costumo ler diariamente mas fiquei bastante interessada na obra.
      beijos☺

      ResponderExcluir
    14. Drica, temos um gosto parecido, fantasias e afins, entao certamente amaria um livro sobre a história do Rei Arthur, mas, quando a leitura é dificil/pesada, ou como você escreveu, com uma infinidade de detalhes para prestar atenção, eu nao consigo encarar. Meus pensamentos fogem diversas vezes.
      E como disse o bom velho Merlin: A melhor coisa a se fazer quando se está triste é aprender alguma coisa.

      ResponderExcluir
    15. Oi. Nunca li nada referente ao rei Arthur, mas com essa resenha fiquei com vontade. Alguém pode dizer como assim nunca leu? rs. Pois é. Este livro eu não conhecia, mas confesso que já quero.

      Gosto muito de fantasia, mas leituras pesada demais mim desaminam. Viu que meu cometário ficou estranho né. rs É a curiosidade e a duvida junto

      ResponderExcluir
    16. Gostei muito da apresentação deste livro. Histórias com este personagem, Rei Arthur,é minha paixão. Vou tentar ler. Histórias de fantasia e tendo Arthur nele é o meu fraco. rsrsrs
      Beijos.

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!