• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Resenha da Morgana



        Meu nome é Morgana Capistrano, tenho 16 anos. Não sou um gênio da música, um músico e nem mesmo uma estudante de música. Mas acredito que nem é preciso. Enquanto alguns escolheram estudá-la, eu escolhi senti-la e amá-la. E faço isso muito bem. Entretanto, a grande presença da música em minha vida me deu a possibilidade do conhecimento, mesmo que pouco eu o tenho.

         Pode soar demasiadamente fantasioso, mas eu poderia definir a música como microparticulas atômicas que residem no oxigênio que respiramos. Pois a cada inspiração eu a sinto como parte de mim, como algo que me faz bem ao extremo, como o próprio ar que respiro: ela é essencial para mim.

         Não sei o que é uma vida sem música, em toda a minha vida houve música envolvida. E eu me pergunto o que seria de mim sem ela? E se não existisse? Para esta última eu responderia: eu inventaria. Pois não há no mundo algo que me complete tão bem quanto uma música. E o melhor de tudo é que podemos ter tudo e ter música. Podemos ler e ouvir música, podemos amar, podemos brincar e viver e ouvir música! Ela é um complemento. Um complemento indispensável em minha vida e acredito que na vida de muitos. Será possivel alguém não amar música?

         Independente do gosto músical ela faz parte inevitável de nossas vidas. Veja quão incrivel ela é. Ela se transforma em várias para agradar à varios seres no mundo. E ela está em todos os lugares; na rua, no ônibus, em casa e etc. Somos feitos de musicas e retê-la da vida é como negar a si mesmo. Somos música. Eu sou música. Eu sinto a música. Eu vivo a música.

         Também escrevo e a música tem papel importante em minha inspiração. E como alguns leitores, ler livros ouvindo uma boa música é quase rotina. Livro e música é a dupla perfeita, a porta de entrada para a cultura, o entretenimento e o prazer.
    Sem esquecer do poder sobrenatural que ela tem de nos compreender, conversar conosco e ainda nos dá o poder de, por via dela, nos expressar. O passaporte para outro mundo, o mundo dentro de nós mesmos. Nos dá o poder de ouvir a nós mesmos enquanto a ouvimos. Nos dá o respeito e se cala quando precisamos nos ouvir mais profundamente. Mexe com o interior e com o exterior. Mexe com a vida e com tudo ao redor. Com a alma e com o espírito. A música é poderosa. E eu a amo profundamente de todas as formas possíveis.

         Mas o amor não anula a crítica. Não sou uma amante débil dela. Sei o que é bom ou não, mesmo que o gosto particular tenha grande influência.
    Mentiria se dissesse que falaria de tudo, isso não seria possível. Só posso elogiar ou criticar aquilo que conheço, logo rock, pop, rap, indie e etc. e seus subgêneros serão alvos do meu interesse. Novidades no mundo musical e clássicos(porque amo clássicos).

         Não quero ser pretenciosa, mas já sendo. Aqui está meu relato de amor pela música. Não haveria assunto melhor para eu abordar. Repito: não sou expert no assunto, mas me julgo bastante apta para o trabalho de dar opinião sobre. E afinal, quem sabe tudo sobre tudo?
         Bem, está explícito meu interesse pela música. Mas de tudo eu sei um pouco. Não me limitarei apenas a este assunto. ;D

    11 comentários :

    1. Adorei , lindo esse amor que vc tem pela musica , ate porque quem não gosta de musica? todos gostam, não tem ninguém q eu já tenha ouvido falar que não gosta de musica , cada um com seus gostos , mais musica e viva ,sem ela com certeza ninguém vive , ela é pra todos os momentos , bons ou ruins , tristes ou felizes , e algo que vc falou me chamou muita atenção , ler um livro ouvindo musica , isso com certeza é muito mais emocionante , adorei sua paixão pela musica , beijos!

      ResponderExcluir
    2. Caramba de fator ela ama musica , ele respirar musica mais tipo não quer admitir que isso !! Amo musica como ela , apensar que tem algumas diferenças !

      ResponderExcluir
    3. Oi! Te entendo, também sou apaixonada por música, não vejo meus caminhos sem elas. Para tudo tem uma trilha sonora, que sem graça seria se não existisse. A música acompanhar a todos em cada momento na vida, às vezes, essas pessoas não percebem.

      ResponderExcluir
    4. Oie!
      A música é, sem dúvida, parte do que somos e determinante para quem nos tornaremos. É através da música, muitas vezes, que nos aproximamos dos nossos amigos. E é através delas que despertamos boas e não tão boas memórias.
      Amo a música também e, mais do que isso, eu amo a arte!
      Um beijo ;*

      Juliana . Oliveira
      http://trocandoconceitos.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    5. Oi Pri, realmente você ama musica não é ? Eu gosto, mas ja tive épocas da vida que gostei mais, que elas me marcaram mais. Hoje, ja sou um pouco mais adepta do silêncio, me encontro muitas vezes no silencio das coisas. por exemplo, ler, só no silencio, nada de som, de barulho, de nada. Ah e concordo, existem musicas para todos os tupos e gostos, algumas que nem da pra classificar como musica, rsss, mas, realmente nao conheci ninguem nessa vida que nao tenha se rendido a uma boa musica ou que nao lembre de determinado acontecido ao som de uma musica.

      ResponderExcluir
    6. Oieeee
      Também adoro música,tudo combina com ela!
      Literatura e música,romance e música ,música completa qualquer coisa.
      Sou bastante eclética com meu gosto musical,um dia posso estar ouvido sertanejo e no outro rock,tudo vária de acordo com meu humor.
      Cada acontecimento da minha vida tem uma trilha sonora presente na minha cabeça,não vivo sem música,suas melodias e seus acordes.
      beijos

      ResponderExcluir
    7. Fato a musica para muitas pessoas pode ser normal, mas para outras pode significar muito, assim como para você, ela exerce um papel importante na vida, ela tem o dom de comunicar com a gente, desde o ritmo até a letra,,,,percebi que você é bastante apaixonado pela musica e assim como você eu também gosto de clássicos, mas tem um estilo musical que eu não curto é funk, mas cada um tem o seu gosto!!!

      ResponderExcluir
    8. Gostei muito do texto, muito boa sua definição para o sentimento que a música causa. Concordo que é uma ótima inspiração, também amo ler livros ouvindo músicas. Acho que a música dá cor ao nosso mundo, sem ela, nada teria graça. :)
      beijos

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!