• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • À Convite, por Neyla suzart: Bela Maldade, Rebecca James - Intrínseca



    Título: Bela Maldade


    Editora: Intrínseca


    Autor (a): Rebecca James


    Número de páginas: 302 páginas


    Sinopse: 

    Após uma horrível tragédia que deixou sua família, antes perfeita, devastada, Katherine Patterson se muda para uma nova cidade e inicia uma nova vida em um tranquilo anonimato. Mas seu plano de viver solitária e discretamente se torna difícil quando ela conhece a linda e sociável Alice Parrie. Incapaz de resistir à atenção que Alice lhe dedica, Katherine fica encantada com aquele entusiasmo contagiante, e logo as duas começam uma intensa amizade. No entanto, conviver com Alice é complicado. Quando Katherine passa a conhecê-la melhor, percebe que, embora possa ser encantadora, a amiga também tem um lado sombrio. E, por vezes, cruel. Ao se perguntar se Alice é realmente o tipo de pessoa que deseja ter por perto, Katherine descobre mais uma coisa sobre a amiga: Alice não gosta de ser rejeitada...


    Sempre quis ler Bela Maldade. O enredo me chamava muito a atenção, mas era a capa que me fazia babar horrores. Sou amante de belas capas e essa, por ser toda trabalhada e cheia de detalhes brilhantes, mexia com minha curiosidade. As resenhas que lia sobre o livro sempre foram muito favoráveis e comecei a ler cheia de expectativas. E não me decepcionei!

    Katherine é uma daquelas garotas que andam sempre sozinhas e que não possui amizades na escola. Desde que uma tragédia se instalou em sua vida, ela não sente mais vontade de ter amigos, se divertir, ser feliz. Ela só não contava que iria conhecer alguém que fosse mudar sua vida e tirá-la da solidão: Alice.

    Alice é o oposto de Katherine. Popular, sempre de alto astral e querida por todos, Alice possui algo que deixa as pessoas magnetizadas. Sua amizade com Katherine evolui intensamente e logo as duas não se desgrudam. Tudo que vem atormentando Katie durante todo esse tempo começa a ficar para trás depois que ela passa a confiar em Alice e tê-la como uma amiga verdadeira. Através de Alice, ela conhece Robbie e os três se tornam companheiros inseparáveis.

    As coisas começam a ruir quando Katie passa a se dar conta de que Alice muitas vezes tem atitudes que divergem daquelas que está habituada a ver. Aos poucos, ela vai percebendo que por trás de toda aquela boa vontade e energia, existe uma pessoa cruel, mesquinha e maldosa. Percebendo as atitudes da amiga, tanto com ela quanto com Robbie, ela resolve se afastar. Mas ela vai descobrir que nem assim estará segura, já que Alice não vai aceitar tão facilmente ser ignorada.

    O livro é fantástico. A leitura flui de tal maneira que é difícil interrompê-la para fazer seja o que for. A trama foi muito bem desenvolvida e os personagens são marcantes. É impossível não se envolver com cada um deles. Eu criei um xodó por Robbie e queria protegê-lo a qualquer custo (só faltei entrar no livro, para resolver tudo).

    Os capítulos mesclam presente e passado. Através das memórias de Katie, vamos conhecendo suas dores, seus medos e dramas pessoais. Vamos conhecendo também um pouco de sua vida pós Alice. Achei essa forma de escrita bem bacana e deu um maior dinamismo na leitura.

    Confesso que achei Katherine, no início do livro, uma sem noção. Logo de início eu já não gostei de Alice e, me conhecendo bem, sei que ficaria com o pé atrás com toda aquela atenção repentina de uma desconhecida sobre mim. Mas Katie estava disposta a aceitar toda manifestação de carinho e atenção de qualquer pessoa, ela necessitava daquilo para se sentir viva, já que carregava muita culpa dentro de si. Ela não é nenhuma personagem pela qual caí de amores, mas no decorrer da leitura fui simpatizando com ela e entendendo-a um pouco melhor.

    O final é surpreendente, embora algumas partes sejam tristes (incrível como Katie atrai sofrimento, tadinha). Os que que eu achava inexplicáveis, vão sendo mostrados e vários pontos da trama passam a se ligar. Foi uma surpresa a cada virada de página. Sem dúvidas, recomendo a todos. Um livro muito bom e que vale a pena ser lido.


    4 comentários :

    1. Fiquei bem curiosa sobre sua amiga Alice, e que bom que não houve decepções na leitura, Alice é bem medonha cruzes.. mas acho que não seja apenas isso, e me deixou curiosa, gostei dos 3 personagens citados e das tramas que contém no livro.
      A capa é bonita até, e amando frases na capa, essa ficou linda, da amizade ser mortal, até fiquei meia que com medo.

      Beijos Adriana.
      ThaynáQ.

      ResponderExcluir
    2. Oi Neyla, Drica, que bom que você gostou do livro, eu não tenho muito interesse nele, pelo menos não para passar na frente dos que eu tenho para ler.
      Bjs, Rose.

      ResponderExcluir
    3. Já havia visto e lido uma resenha sobre este livro. E falavam muito bem da história. Mais a sua foi a que mais me encantou e deixou ansiosa pra saber mais. Espero poder ler logo. Gostei do que li aqui.
      Beijos.

      ResponderExcluir
    4. Tinha uma opinião totalmente diferente sobre esse livro, a capa é magnética, quando a vi pela primeira vez queria comprar imediatamente, é muito bela mesmo.
      Quando a história já tinha lido muitas resenhas negativas, fiquei um pouco receoso em ler, depois dessa mudei totalmente de visão.
      Até entende a Katherine, ela devia estar tão desesperada por apoio e para ser notada que não desconfiou da amizade e apego tão rápido por parte da Alice, acho que todos desconfiaríamos de uma aproximação assim ainda mais sendo alguém que não tem amigos.
      Robbie já simpatizei com ele sem saber muito sobre sua história, mesmo assim me parece ser um dos melhores personagens, e quanto a Alice, não consigo odiar as pessoas más dos livros, acabo me colocando no lugar delas, sentindo suas dores e loucuras.
      Narrativas alternando passado e presente me conquistam muito facilmente e finais surpreendentes então...anotada a dica!

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!