• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Resenha da Vic: Enquanto houver amor haverá esperança, Sarah Kilimanjaro - Petit

    Titulo: Enquanto houver amor haverá esperanças

    Autor(a): Sarah Kilimanjaro

    Editora: Petit Editora

    Páginas: 314

    Sinopse:
    Até que ponto alguém consegue superar suas dores? Por que uns têm coragem e seguem em frente apesar de todas as dificuldades e outros caem em desânimo? Esta é a linda história de Erika e Maurício, uma história de coragem, persistência e superação. Erika quando criança sofre um grave acidente que a deixa paraplégica, porém com o amor dos pais, dedicação dos médicos e coragem da menina ela consegue superar suas limitações. Maurício é um famoso e admirado corredor de automóveis, mimado, tendo tudo nas mãos, se deixa cair no desânimo quando um acidente o deixa fora de seu “mundo ideal”.
    Duas histórias que se cruzam, e com resultados diferentes.
    Conheça essa comovente história e saiba por que enquanto houver amor há esperança!


    A narrativa se inicia com Alex e toda a sua expectativa para uma entrevista para um cargo muito importante. Ele é efetivado e esse acontecimento faz com que ele e Viviane, sua namorada, deem um passo bem grande no seu relacionamento.

    Passam-se cinco anos e o cenário muda bastante, tendo outros protagonistas, deixando seus pais como coadjuvantes na história. Erika, filha do casal, sofre um atropelamento, que é um fato que liga quase todos os acontecimentos do livro.

    Com o acidente de Erika, o casal teve que passar por várias adaptações e questionamentos; Por que conosco? Por que com a nossa filha? No momento do desespero, até perguntar se realmente existe alguém que protege as crianças de todo mal, Viviane questionou.

    Depois disso, há uma passagem de tempo e podemos Erika já adulta, cheia de sonhos lutando para conseguir se formar em medicina. Motivo de orgulho dos pais, ela é exemplo de superação e coragem. Apesar do traumático acidente,  que resultou em alguns anos fazendo fisioterapia, Erika resolveu dar um pouco de apoio e carinho para aqueles que sofreram algum acidente, e estão tendo que lidar com o trauma físico e psicológico.

    Em meio a tantas pessoas que a nossa menina ajuda, conhecemos Mauricio. Um atleta que sofreu um acidente de carro, e ficou paraplégico. Ele é teimoso, ateu, egoísta e solitário. Porém, Erika ver que o seu olhar triste, está pedindo ajuda. E nessa luta de salvar Mauricio de si mesmo, ela acaba se encontrando nos seus braços, e que apesar de todas as dificuldades e tragédias, o destino realmente age com linhas tortas.

    ‘’Enquanto houve amor haverá esperança’’ é uma história iniciada com Alex e Viviane, mas quem entrelaça tudo é Erika e Mauricio. A autora conseguiu contar a história do casal inicial, até quando Erika era o foco principal do livro, sem se perder, e nem deixar alguma ponta solta. A narrativa é simples, e de fácil compreensão. É um livro espirita, que possui vários questionamentos com respostas, que nos faz refletir. Até para quem não é espirita, a leitura é válida, porque acima de tudo, é uma história de amor.

    A capa é linda, e o trabalho de revisão e diagramação está demais!! É muito bonito acompanhar o amor de Erika e Mauricio.  Recomendado, e aguardo outros livros da autora.




    12 comentários :

    1. Vic!
      Gosto muito da doutrina espírita porque ela explica várias coisas que não temos explicação.
      Achei linda a premissa do romance e gostaria de acompanhar toda trajetória dos dois casais.
      “A alegria está na luta, na tentativa, no sofrimento envolvido e não na vitória propriamente dita.”(Mahatma Gandhi)
      cheirinhos
      Rudy
      http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
      Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi, Rudy, tudo bem?
        Foi a primeira vez que li um livro espirita. Experiencia muito boa... e o livro é um romance bem gostoso de acompanhar.

        Muito obrigada!!

        Beijos, Vic.

        Excluir
    2. Oiee.
      Já li alguns livros com essa temática, mas os deixei de lado por um tempo, afinal, ler o tema demais acaba cansando a gente, porém espero conhecer a vida das personagens mais a fundo

      Beijos

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi, Fernanda, tudo bem?
        Eu imagino, cansa mesmo. ''..Enquanto houve amor...'' é um livro bem legal de acompanhar... espero que goste.

        Beijos, Vic

        Excluir
    3. A única coisa que não gostei desse livro é por ser espírita com certeza vai contra algumas crenças que tenho, mas isso não vai me impedir de dar uma lida se tiver oportunidade, uma vez que a história me cativou bastante, não é mais uma história de amor, é uma história que me parece bem diferente!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi, Samantha, tudo bem?
        Te entendo perfeitamente, cada um com a sua religião. Porém, antes de ser espirita, é um romance, daqueles bem gostosinhos... espero que goste e te surpreenda.

        Beijos, Vic.

        Excluir
    4. Apesar de o livro ser de romance e eu adorar incondicionalmente livros desse gênero, sinceramente não sei por qual motivo não me interessei nem um pouco por este livro, não seria uma história que eu leria ou que eu pretenda ler, não sei o motivo, mas simplesmente o livro não me despertou nem um tipo de interesse para lê-lo, mas sua resenha está muito boa.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi, Mariele, tudo bem?
        Te entendo, é uma pena...
        Muito obrigada.
        Beijos, Vic

        Excluir
    5. Nossa, que historia linda de superação.
      Gostei do que li aqui sobre Enquanto houver amor haverá esperanças.
      Eu nao dava nada pelo livro, mas to surpresa pelo tanto que fiquei interessada em conhecer mais dessa familia e de como Erika vai ajudar Mauricio a seguir em frente.
      Gostei demais da resenhe e me animou de ler.
      Beijos

      http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi, Suzzy, tudo bem?
        É mesmo linda... Erika é um exemplo. Uma das personagens mais guerreiras que eu já tive a oportunidade de ''conhecer''. Espero que ela te cative também.

        Beijos, Vic.

        Excluir
    6. Oi Vic, sempre que tenho oportunidade leio o gênero espírita, gosto da mensagem que eles trazem. Este pelo que tenho visto está ótimo!
      Bj, Rose.

      ResponderExcluir
    7. Gosto muito de romances, mais esse aí eu não me interessei muito, achei um pouco "auto ajuda" mesmo que esse aspecto só esteja subentendidos, mas serio alguma coisa nele me fez criar um desinteresse pela livro.
      bjocas

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!