• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Leitura da Drica: O livro das memórias, Lara Avery



    Sammie sempre teve um plano: se formar no ensino médio como a melhor aluna da classe e sair da cidade pequena onde mora o mais rápido possível. E nada vai ficar em seu caminho — nem mesmo uma rara doença genética que aos poucos vai apagar sua memória e acabar com sua saúde física. Ela só precisa de um novo plano. É assim que Sammie começa a escrever o livro de memórias: anotações para ela mesma poder ler no futuro e jamais esquecer. Ali, a garota registra cada detalhe de seu primeiro encontro perfeito com Stuart, um jovem escritor por quem sempre foi apaixonada, e admite o quanto sente falta de Cooper, seu melhor amigo de infância de quem acabou se afastando. Porém, mesmo com esse registro diário, manter suas lembranças e conquistar seus sonhos pode ser mais difícil do que ela esperava.
    O Livro De Memórias 
    Ano: 2016 
    Páginas: 392
    Editora: Seguinte

    “Temos que nos acostumar com a ideia de que ninguém se importa tanto quanto nós porquê... adivinha? Ninguém se importa. Sucesso, fracasso, tanto faz! Ninguém vai te dar um tapinha nas costas por passar todas as horas do seu dia estudando ou pesquisando ou desistindo de tudo para escrever. Então o ideal seria fazer todas essas coisas por nós mesmos, não pelos outros."

    Oi, gente,

    A nossa protagonista da vez é Sammie, garota de 17 anos, extremamente inteligente, organizada e focada. Tem toda a sua vida acadêmica planejada e sonha em estudar Direito. Garota calda, de poucos amigos, seu objetivo é ser uma profissional de sucesso para melhorar a vida das pessoas.

    Mas a vida nem sempre compactua com os nossos planos e Sammie descobre que é portadora de uma raríssima doença chamada Niemann-Pick C, ou NP-C, doença neurodegenerativa que tem como sintoma principal a perda de memória. Mas o caso de Sammie é diferente, porque ela é a única pessoa que apresentou os sintomas da doença tão tarde, em função disso, ela acredita poder controlar a evolução da doença a seu favor e realizar tudo o que foi planejado, principalmente o sonho de ir para a faculdade.
    "... Como o sr. Chomsky diz, o otimismo gera responsabilidade. não estou me iludindo: sei que estou doente. mas não vou me preparar para o fracasso."
    Decidida a não esquecer de nada, Sammie começa a escrever uma espécie de diário que servirá como guia para a Sam do futuro se orientar quando esquecer alguma coisa.
    "... Você procura seu objeto de amor pelo mesmo motivo que procura um chocolate: porque quer sentir novamente aquele sabor doce.
    Mas ninguém nunca me disse como seria fácil, como seria bom. Bem... disseram. tentaram. Shakespeare tentou. Os Beatles tentaram. Mas eu ainda não sabia que seria assim. "
    E é através desse livro de memórias, narrado em forma de diário, que a gente vai saber mais sobre a verdadeira Sammie. Seus medos, suas expectativas, seus amores, seus sonhos e frustações, a evolução da doença, suas pequenas vitórias, sua família e amigos e sua visão a respeito disso tudo.
    "- Não gosto de muita perfeição. me assusta.
    - Não me assusta - eu disse, imediatamente.
    - Por quê? - Stuart me ecoou.
    Pensei em todos os meus planos, que agora estavam arruinados, e engoli a tristeza que subia pela minha garganta. contaria para ele em breve.
    - Porque sei que ela não existe."
    Vamos conhecer Maddie, sua melhor amiga e companheira de debates, que não vai saber lidar com o fracasso de Sammie no concurso. Cooper é um cara incrível, que já foi um grande amigo, mas estavam afastados a um bom tempo e foram unidos novamente por causa da doença dela. E Stuart, ex-colega de escola, atual escritor e a grande paixonite que Sammie vai transformar em realidade.
    "Como um corpo pode conter tantas pessoas diferentes? Me pergunto como alguém pode querer coisas tão diferentes em tão pouco tempo."
    Se você está pensando que essa é uma história triste, você está enganada. Essa é uma história real, que conta um drama raro de acontecer, mas não impossível, e como uma adolescente forte, decidida e guerreira consegue viver cada segundo de sua vida com uma intensidade de dar inveja a qualquer pessoa que não possui nenhuma dificuldade.

    Veremos como Sammie e Stuart se aproxima. Como a amizade guardada entre nossa protagonista e Cooper ressurge e infelizmente o início dos sintomas da NP-C. Perceberemos o quão forte essa garota pode ser, no momento em que ela decide encarar a doença da melhor forma possível.

    A escrita da Lara é fantástica, flui com tanta naturalidade que você tem a sensação de que Sammmie está realmente conversando diretamente com você. Ora triste, ora alegre, você encontra um leque de sentimentos nessa história que te levará a uma verdadeira montanha russa.

    Só te garanto uma coisa, Sammie será capaz de te tirar da zona de conforto, de fazer você pensar sobre coisas que nunca pensou antes e você não será a mesma pessoa ao final da leitura. 






    13 comentários :

    1. Drica, que livro mais amorzinho!
      Uma garota que poderia ter um futuro brilhante, uma doença que pode tirar isso dela e um grupo de amigos que impedirá isso. Nossa, que enredo!
      Sinceramente, eu me encantei pela história toda. Me identifiquei com a personalidade da Sammie, e se fosse eu em seu lugar ficaria perdida.
      E quero fazer essa leitura para ser tirada da minha zona de conforto.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Nicoli,

        o livro é um amorzinho, sim. Mas com muitas situações limites, viu? Seu psicológica fica a mil!!!

        Excluir
    2. Drica!
      Isso que é obstinação da Sammie, hein? Mesmo com uma doença tão grave, não se deixa abater e vai e busca de seus sonhos para tentar concretizá-los, mesmo sabendo que isso possa não acontecer devido a sua doença.
      Deve ser um livro estimulante. E nos faz repensar mesmo sobre nossas atitudes diante dos pequenos problemas.
      Desejo uma semana de luz e paz!
      “A dúvida é o princípio da sabedoria.” (Aristóteles)
      cheirinhos
      Rudy
      http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
      TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Essa é a palavra, Rudy! Sammie é uma menina verdadeiramente obstinada!!!

        Mexe com a gente sim!

        Bjos!!!

        Excluir
    3. Nossa, eu definitivamente espero uma leitura triste. Não triste pq a personagem em si fica de mimi, mas pq eu acho triste q com uma tragédia um futuro seja perdido, entende?
      Me lembrou muito a história de uma série japonesa chamada Um Litro de Lágrimas, em que a adolescente de 15 anos é atleta e se descobre portadora de Degeneração epinocerebelar, o que faz com q ela perca a coordenação e a fala, mas permaneça completamente lúcida. É bem triste.

      bjbj
      Lá... E de volta outra vez

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Entendo, sua perspectiva. MAs tenha certeza de que esse não é um livro triste. Acho q esse que vc citou sim, é bem triste!

        Excluir
    4. Olá!
      Tenho lido mtos cometários bons á respeito da obra, o enredo parece ser excelente, espero uma oportunidade pra conhecer mais de perto!
      Bjs!

      ResponderExcluir

    5. Uma história linda cheia de memórias de uma garota muito feliz e que soube aproveitar o que o mundo tem pra oferecer.

      Amei!!! Super recomendo!Livro lindo.

      ResponderExcluir
    6. Que personagem encantadora e que força de vontade que ela tem, mesmo com a doença não se deixa abater e vai atrás dos seus objetivos, é um exemplo pra muita gente. Me coloquei no lugar dela e que angustia não se lembrar, achei uma boa ideia ela anotar as coisas, quero muito fazer a leitura desse livro.

      ResponderExcluir
    7. Durante a resenha realmente imaginei um drama. Se para um adulto já é difícil descobrir uma doença imagine para uma adolescente que tecnicamente teria toda a vida pela frente. Estou curiosa para conhecer a amiga Madison e de onde vem a força de vontade da protagonista

      ResponderExcluir
    8. Oi, Drica!
      Estou de olho nesse livro deste que ele foi lançado, a sinopse da história chamou minha atenção, como as resenhas que li, também falam super bem dele!! Espero ter oportunidade de ler esse livro em breve!
      Beijos

      ResponderExcluir
    9. Oi!
      Já li várias resenhas desse livro, mas nunca me despertou interesse.
      Agora, lendo sua resenha, fiquei mais curiosa. Realmente parece ser uma leitura com uma mensagem muito significativa e que faz refletir sobre a vida.
      Espero ter a oportunidade de ler.
      Ótima resenha, muito bem elaborada, como sempre.
      Beijos.

      ResponderExcluir
    10. eu estava com medo de ler esse livro pq achei que seria muito triste, mas pelo jeito eu estou enganada
      a cada resenha eu fico com mais vontade de ler, pois pelo jeito faz a gente refletir sobre a vida e apesar de toda a questão da doença ainda mostra momentos alegres
      adorei a dica, colocar na minha lista de livros desejados

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!