• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Estante da Tata: O Sol Também É Uma Estrela, Nicola Yoon


    Natasha: Sou uma garota que acredita na ciência e nos fatos. Não acredito na sorte. Nem no destino. Muito menos em sonhos que nunca se tornarão realidade. Não sou o tipo de garota que se apaixona perdidamente por um garoto bonito que encontra numa rua movimentada de Nova York. Não quando minha família está a 12 horas de ser deportada para a Jamaica. Apaixonar-me por ele não pode ser a minha história.
    Daniel: Sou um bom filho e um bom aluno. Sempre estive à altura das grandes expectativas dos meus pais. Nunca me permiti ser o poeta. Nem o sonhador. Mas, quando a vi, esqueci de tudo isso. Há alguma coisa em Natasha que me faz pensar que o destino tem algo extraordinário reservado para nós dois.
    O Universo: Cada momento de nossas vidas nos trouxe a este instante único. Há um milhão de futuros diante de nós. Qual deles se tornará realidade?
    O Sol Também é Uma Estrela
    Ano: 2017
    Páginas: 288
    Editora: Arqueiro

    Antes de tudo eu preciso dizer que eu me apaixonei completamente por esse livro. Não é só a história que é boa, mas também a forma como ela foi construída e a forma incrível como ela foi escrito.

    Esse é o primeiro livro da Nicola Yoon que eu já li e já me considero super fã dela.
    "Para fazer uma coisa simples como uma torta de maçã, você precisa criar o mundo inteiro."
    O Sol Também é Uma Estrela (por sinal, que título incrível) se passa em um único e especial dia.

    Natasha e sua família são imigrantes ilegais que foram pegos pela imigração americana e que, por conta disso, serão deportados. Mas Natasha é uma pessoa prática e realista. Ela não chora ou se desespera, ela luta para tirar sua família dessa situação, ela luta para poder ter oportunidades no país em que cresceu, o país que considera seu lar, mas que não a reconhece como cidadã.

    Daniel, por sua vez, é filho de imigrantes coreanos e passou a vida todo sendo pressionado por seus pais. Ele é um sonhador mas seus sonhos não tem lugar no futuro que os seus pais esperam que ele construa. Mas não é só isso, Daniel se vê diariamente no meio de uma luta entre duas culturas. Estados Unidos é o país em que ele nasceu, o país que ele adotou como seu e ainda assim, sua família coreana não aceita que ele aja de forma diferente da cultura coreana.

    Natasha e Daniel são pessoas completamente diferentes que vão se encontrar e passar juntos um dia, o ultimo dia que Natasha tem antes de ser deportada.
    "O amor não é uma religião. Ele existe, quer você acredite ou não."
    Vocês não têm noção do quanto eu amei esse livro. Eu vou ser honesta aqui, eu achei que ele ia ser bom, mas eu nunca achei que seria tão incrível.

    A forma que Nicola Yoon escreve é maravilhosa e extremamente viciante. Os capítulos são bem pequenos e super-rápidos de ler. Alguns capítulos, inclusive, possuem apenas uma página ou duas.

    Mas o mais legal mesmo é que os capítulos são super misturados. Você pode ter capítulos do ponto de vista da Natacha e do Daniel e ai, de repente, ter um capitulo narrado em terceira pessoa contando fatos interessantes ou dizendo pistas do futuro dos personagens e ai, do nada, você tem capítulos de outros personagens, inclusive personagens avulsos, personagens como a segurança do departamento de imigração e a visão dela de Natasha em uma certa situação.

    É tudo tão interessante, tão bem feito e bem escrito que é impossível parar de ler. É o tipo de livro que te deixar feliz por ter tido a oportunidade de ler.

    O livro aborda temas muito atuais e recorrentes como a questão da imigração ilegal, estereótipos raciais, depressão, fé e família e, de alguma forma, todos eles são tratados de forma a serem levados a sério, mas sem tirar a leveza do livro.
    "Para muitos imigrantes, mudar para um país novo é um ato de fé."
    Eu também gostei bastante do elemento do destino nesse livro. Gostei muito das personalidades da Natasha e do Daniel e como, apesar de serem completamente diferentes em todos os sentidos, nenhum dos dois tenta mudar o outro e, em vez disso, se aceitam como são.

    Outra coisa muito legal nesse livro é a representatividade. Natasha é uma menina negra que nasceu na Jamaica mas que não conhece o seu país de origem. Daniel, por sua vez, é um menino asiático que está dividido entre os costumes coreanos impostos por seus pais (costumes que são julgados pelos americanos) e os costumes do país em que nasceu.

    É muito bom ver a família de Natasha, ver como eles adaptaram seus costumes e como não consideram isso ofensivo, como eles consideram o EUA a sua casa. É interessante também ver, em contrapartida, a luta dos pais do Daniel pela não ocidentalização dos filhos e como Charlie (irmão mais velho de Daniel), por causa do preconceito, renega completamente sua família, sua cultura de origem e até seu sobrenome asiático.
    "Por fim, escolheu as duas coisas. Coreano e americano. Americano e coreano.
    Para que eles soubessem de onde vinham.
    Para que soubessem para onde iam."
    O final do livro pegou no meu coração. Ele foi muito real e bem feito. Mas deus abençoe Nicola Yoon e aquele epilogo que me acabou completamente. 

    PS:  E meu completo choque quando descobri que O Sol Também é Uma Estrela é baseado, em partes, na história real da autora, uma imigrante jamaicana casada com um imigrante coreano?

    ''Precisamos de livros com diversidade por causa de tudo que esta dentro deste circulo''
    Nicola Yoon, seu marido e seu filho.

    PS: Nicola Yoon tem outro livro lançado no Brasil que se chama Tudo e Todas as Coisas e, honestamente aqui, depois de ler O Sol Também é Uma Estrela, eu estou morrendo para tê-lo em mãos.

    PS: Tudo e Todas as Coisas virou filme e voce pode dar uma olhada no trailer dele aqui:




    20 comentários :

    1. Ainda não conheço a escrita da autora mas eu vi o sucesso que Tudo e todas as coisas estão bombando fora a perfeição e o talento desses protagonistas não vejo a hora de assistir, O sol também é uma estrela eu estou louca para ler eu sei que os protagonistas sofrem muito e eu só torço para que fiquem juntos.
      Abraços!!!!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Eu tb interessei pelo livro, inicialmente, por causa de Tudo e Todas as Coisas! Sem falar que to doidaaaa pra ver o filme depois que vi o trailer hahaha

        Excluir
    2. Oi Tata, que foto mais fofa, eu também não sabia que partes desse livro são baseadas na vida da escritora e achei super legal. Sobre o livro, sempre que leio resenhas dele, aumenta minha vontade de conhecer a autora e seus livos. A história de passa em um único dia, o dia deve ser literalmente cheio, os personagens parecem ser super cativantes e espero ter a oportunidade de ler logo logo ;)

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Não é? A Nicola tem uma família linda! Eu também não sabia sobre a inspiração do livro e só descobri depois que terminei e olhei o instagram da autora!

        Excluir
    3. Tata!
      Tão bo quando uma escritora conta parte de sua história de vida e consegue imprimir os sentimentos que tocam ao coração.
      Adorei saber que aborda vários temas: imigração ilegal, estereótipos raciais, depressão, fé e família; enriquece ainda mais a leitura.
      Adorei sua resenha.
      “A sabedoria é a única riqueza que os tiranos não podem expropriar.” (Khalil Gibran)
      cheirinhos
      Rudy
      http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
      TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

      ResponderExcluir
    4. Olá,uau adorei sua empolgação em nos contar sobre essa história.
      Já li o livro "Tudo e Todas as Coisas" e gostei muito.
      E com toda certeza estou super empolgada em conhecer o livro que resenhou.

      São personagens tão diferentes e com um destino aparentemente já traçado , e o destino brinca com o futuro dos dois.


      Quero ficar tão empolgada quanto você, ao ler esse livro. 😍

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Destino é praticamente um personagem do livro! haha

        Fico feliz que tenha gostado da resenha! :)

        Excluir
    5. Quero ler esse livro, deve ser uma historia muito bonita e sofrida também, pois os temas abordados não são fáceis. Achei lindo os dois personagens se aceitarem como são, sem querer mudar um ao outro e gostei também por ter mais de um ponto de vista, assim podemos analisar melhor a situação.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Vale muito a pena Maria! E a historia é realmente encantadora!

        Excluir
    6. Olá.
      Não conheço a escrita da autora, mas já deu para perceber que a proposta do livro é bem inteligente e criativa. E por tudo que você comentou, não tem como não ter curiosidade e vontade de conferir.
      Ótima resenha.
      Abraços.

      ResponderExcluir
    7. Oii Tata!!!
      Resenha linda, qro mto conhecer esse livro, pelo q parece é uma excelente leitura..
      Bjs!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Aline! Obrigada! Se puder, leia mesmo pq vale a pena!

        Excluir
    8. Olá,
      Já varias resenha sobre esse livro, de tanto ler fiquei com muita vontade de conhecer essa historia incrivél. Não conhecia esse fato de que o livro tem uma parte da autora, sobre sua vida e fiquei maravilhada com isso, não vejo a hora de ler!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Eu tb fui pega de surpresa com esse fato! Quando terminei de ler o livro eu acabei dando uma olhada no insta da autora e acabei me batendo com isso! Achei maravilhoso!

        Excluir
    9. Voce não é primeira que vejo dizer sobre como se apaixonou por esse livro, eu antes não tinha interesse mas depois de ter lido tantas resenhas positivas não pude deixar de começar querer ler esse livro. Não sabia que partes do livro se tratava de um história real sobre ela.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Que bom que as resenhas tem sido tão positivas pq esse livro realmente merece isso!

        Excluir
    10. Oi!
      Agora estou bem curiosa sobre esse livro, ainda não li nada da Nicola Yoon, mas sempre vejo todos elogiando sua escrita, gostei muito do tema dessa historia e das questões que a autora acaba discutindo nesse livro, achei bem interessante temos o ponto de vista de vários personagens e se tiver oportunidade quero muito ler !!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Leia mesmo Suzana! O livro é maravilhoso e vale realmente a pena!

        Excluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!