• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Jogos da Gata: Diga Tudo com Nomes de Filmes


    Qualquer pessoa que goste um pouquinho de cinema vai se divertir com este livro em forma de caixinha. Aqui dentro estão 50 desafios divertidos, para você responder usando apenas nomes de filmes. Reúna os amigos ou a família e aproveite. Esta obra tem o roteiro perfeito para você para dar boas risadas a qualquer momento.

    Diga Tudo com Nomes de Filmes
    Paulo Tadeu
    Matrix

    Das pessoas da minha casa, tenho certeza que quem mais sentiu minha mudança de simples leitora para leitora voraz foi minha filha mais nova. Eu era a pessoa que mais brincava com ela e, de repente, ela precisou se adaptar a uma nova realidade: ser adolescente, crescer e sair da barra da saia da mãe. Claro que não precisava ser uma mudança tão brusca, né?

    Então quando eu vi este jogo da Editora Matrix, vi minha chance de redenção e pedi para testar. O mais engraçado é que eu sou péssima com nomes e ela também e acho que essa foi a parte mais engraçada da brincadeira porque cada cartão vem com uma frase tipo:

    “ Acabou a luz na sua casa.”
    E precisávamos falar o nome de um filme com base nessa frase.

    Pronto! Minha deixa para criar nossas regras. Cada uma abriu seu perfil no Netflix, pegamos uma folha de papel para brincar como se fosse aquela brincadeira chamada ABC ou Stop, caneta em punho, partimos para as risadas e loucuras. Afinal, a ideia é socializar, interagir e completar os desafios, além de largar um pouco os livros (eu) e o Youtube (ela).

    Foi muito engraçado e exigiu muita atenção e raciocínio lógico para responder ao desafio de uma forma coerente. Para vocês terem uma ideia, eu respondi a este desafio lá de cima com:


    “Simplesmente Acontece.”

    Aquele filme baseado no livro de Cecelia Ahern com o fofo Sam Claflin e ela respondeu com:

    “Pânico”

    Melhor escolha... A mais criativa, sem dúvidas!

    Não era tão difícil quanto imaginei e foi prazeroso, com certeza. Muitas risadas depois, terminamos felizes nossa mini farra familiar.

    Ah! Mas você pode dizer: “Eu não tenho Netflix. E ai?”

    Ai eu te digo: “Seja criativo, abra o pai Google e vá à caça ao tesouro.” 

    Desafio não tem esse nome porque é algo fácil e, sim, porque é algo que tira a pessoa da sua zona de conforto e provoca novas atitudes.

    Então, vai encarar?

    Ta a fim de reunir a turma para fazer uma coisa diferente?

    Pegue sua caixinha de desafios, crie suas regras e lance os desafios seja em casa, no bar ou na escola. O que importa sempre é a alegria e fugir da mesmice!

    Beijos, Myl


    4 comentários :

    1. My!
      O melhor de tudo é poder interagir com sua filha e darem boas risadas juntas.
      Adoro jogos, pena é não ter com quem jogar em casa, porque só sou eu e maridão e ele não entra nessa dos jogos.
      Só quando vou para casa de mainha é que posso jogar, porque tenho minha irmã que além de gostar dos jogos, gosta de filmes como eu e meus sobrinhos.
      Bem bacana.
      “Conhecimento sem transformação não é sabedoria.” (Paulo Coelho)
      Cheirinhos
      Rudy
      TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. la em casa so tenho as filhas quando se animam...marido tambem não curte...hehehehe

        Excluir
    2. Que delícia. Acho que vou comprar um. è um ótimo presente tb.*-*

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. menina, é uma otima pedida para promover interação e adorei a ideia do presente.

        Excluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!