• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Livros da Gata: Minha Estrela Favorita


    Ela é uma detetive impulsiva e durona. Ele é um astro do futebol americano. O que eles têm em comum? Nada! E, ao mesmo tempo, tudo. 

    Aquele era um bom dia para ser Cooper Graham. Aliás, todos os dias eram. Afinal, para o ex-quarterback do famoso time Chicago Stars a vida é como um jogo do Super Bowl e ele é sempre o vencedor. Acostumado com a fama e com o assédio dos fãs, Cooper sabe identificar muito bem quando algum admirador está passando dos limites – e não gosta nem um pouco quando começa a ver um rosto familiar em todos os lugares aonde vai. Piper Dove é uma mulher de fibra guiada por um sonho: reerguer a empresa de investigações de sua família e se tornar a melhor detetive de Chicago. E a sorte parece estar do seu lado quando ela recebe uma missão (im)possível: seguir a estrela do futebol americano Cooper Graham. Ela só não esperava que sua sorte duraria tão pouco... Cooper não fica nada feliz quando descobre que está sendo espionado, e Piper, para escapar de um processo, começa a trabalhar para ele a contragosto. Mas quando descobre que a vida de Graham pode estar em perigo, Piper se vê diante do que pode ser o grande caso de sua carreira e decide que vai protegê-lo, quer ele queira, quer não. Agora duas pessoas que não admitem a derrota são escaladas para o mesmo time. O único problema: elas não sabem jogar em equipe e vão desafiar os limites um do outro para conseguir o que desejam. E para isso vale usar todas as armas, inclusive a sedução.

    Minha Estrela Favorita
    Chicago Stars #8
    Ano: 2017 
    Páginas: 304
    Idioma: português 
    Editora: Gutenberg

    " Venha embora comigo e eu nunca deixarei de te amar..."
    Começando com um trecho de uma música que amo e que simplesmente me emocionou de um jeito que há muito tempo uma cena de livro não conseguia, quero dizer que estou total, completa, irremediável e loucamente apaixonada por este livro
    Ele simplesmente me dragou tão violentamente que eu, pobre iludida, tentei ler mais dois junto com ele para adiantar meu lado, mas ele, possessivamente, só queria atenção para si...

    Oh, meu deusinho... Que.Livro.Foi.Esse?

    Simples, leve, gostoso de ler e, com o que eu mais amo num livro: muiito mistério e suspense. Trocentas milhões de estrelinhas para essa preciosidade.



    Como estamos falando de mistério, (como está explicado na sinopse) eu já comecei o livro tentando encontrar os culpados... Detalhe: como uma boa detetive, marquei com post it todos os nomes dos personagens para tentar ajudar Piper em seu trabalho, obviamente hehehehe mas estava bem difícil.

    O livro conta a improvável história de “tapas e beijos” entre Cooper Graham e Piper Dove. Ele, um astro do football americano aposentado, cheio de personalidade, atitude e um corpitcho de matar qualquer mera mortal.

    “ Mesmo no meio da multidão, Cooper Graham se destacava como um farol em uma noite escura. Ele era extremamente másculo. Mais que extremamente. Ele era o Santo Graal dos homens, com aquele cabelo castanho espesso, da cor de uma torrada coberta de mel. Tinha o maxilar bem definido, ombros largos e uma covinha no queixo de tão clichê que ele devia se sentir constrangido.”

    Tá bom para você? Porque, para mim, está mais-que-perfeito... hummmm... Quero para mim!

    Suspiros a parte, o cara é teimoso feito uma mula e muito insistente, ao se deparar com Piper disfarçada e espionando ele em todos os locais possíveis, seu objetivo de vida passou a ser descobrir quem era a garota.

    Piper Dove é uma investigadora criada para não demonstrar emoções, tão pouco, fragilidade ou vulnerabilidades. Seu pai não queria que ela fosse detetive como ele, ela perdeu a mãe cedo, lutou muito e conseguiu a empresa dele e partiu para conseguir clientes. 

    “ O medo irracional que Duke sentia com relação a segurança dela não tinha permitido que ele desse à filha a oportunidade que ela desejava – a oportunidade para a qual ele a criou. ”

    Sua tarefa mais difícil era observar Cooper, pois ele estava disposto a atrapalhar seu trabalho. Ao ser desmascarada por um Cooper raivoso, ela não teve outra alternativa a não ser trabalhar para ele, como ele tinha insistido, ao perceber como ela era boa em observar as pessoas e descobrir impostores. Só que, claro e obviamente, esta aproximação entre os dois iria acabar em confusões e exacerbar o lado competitivo dele, que não era o tipo do cara que aceitava ficar por baixo. 

    “ Ela não era linda, mas... era o quê? Ele só conseguiu pensar em uma palavra: Exasperante. Talvez duas palavras: Exasperante e intrigante... Exasperante, intrigante e... um pouco perigosa.”
    “E a insensibilidade dela com relação a ele havia provocado um tipo de necessidade idiota de conquistá-la. Era isso que os outros homens viam nela. Um teste de masculinidade.”

    Ele tinha acabado de abrir uma casa noturna, Spiral, que sempre ficava lotada, e estava tentando aumentar seus negócios conseguindo uma sociedade com a bela Deidre. Piper vem para colocar ordem na casa e acaba ganhando e fazendo Cooper ganhar alguns desafetos e estranhas situações estavam começando a colocar Cooper e a Spiral em risco.

    Piper já está decepcionada consigo mesmo por não descobrir de onde vinham estes ataques e o porquê (pois é... eu disse que estava difícil). Ainda para completar, nesse meio tempo, ela acaba também complicando tudo ao se envolver com o patrão.

    Foi nesse ponto que Cooper roubou meu coração de vez, pois ele soube exatamente como conduzir as situações e Piper até chegar onde ele queria.

    A forma como a escritora transformou um chicklit em romance policial foi fantástica e divertida. Mesmo nos momentos tensos, existia um leve toque de humor nos diálogos ácidos entre Cooper e Piper e amei muito a forma como Susan Elizabeth Phillips construiu o quebra-cabeças para resolver os misteriosos acontecimentos envolvendo Cooper.

    O livro conquistou um lugar no meu Top One da Vida com a dose certa de romance, aventura, tensão, suspense e mistério sem deixar de falar num alerta social que lança . 

    A escrita é envolvente e fluida, eu ficava protelando chegar ao final porque não queria deixar de acompanhar esse casal doido e delicinha. Reli o final umas quatro vezes de tão fofo que ele é.

    Só não entendi porque a editora escolheu começar o livro pelo último lançado nos Estados Unidos (são oito até agora), já que tem alguns spoilers ao longo da trama, mas nada que atrapalhe o entendimento dos livros anteriores caso venha a publicar, mas, mesmo assim, poderia ter começado do primeiro e publicar um a cada semestre ou a cada quatro meses. Tenho certeza que os fãs iriam gostar mais.

    A edição está ótima, só pecou um tanto na tradução com algumas palavras que não achei em meu dicionário básico online, e na capa que, até agora, não entendi porque foi escolhida. Mesmo sendo linda, com cores vibrantes, toda hora que eu mostrava para alguém me perguntavam se era hot. O que o livro definitivamente não é. Acho que podiam ter aproveitado a ideia da edição americana. Espero que façam isso no livro 6 e 7 que são capas bem diferentes e atraentes.




    De qualquer forma, tenho certeza que você vai amar, suspirar e sorrir bastante... Minha filha toda hora dizia para eu rir mais baixo... hehehehehe

    Vou encerrar com mais um trecho da música que comentei lá no início para você já ir suspirando desde agora.


    “E eu quero acordar com a chuva
    Caindo no telhado de zinco
    Enquanto eu estou segura em seus braços
    Então tudo que eu peço é que você
    Venha embora comigo no meio da noite.”


    A Gata amou e mesmo com ciúmes fez questão de mostrar quem é minha estrela favorita e me ajudou a escrever esta resenha.. hehehehe



    Beijos, Myl


    6 comentários :

    1. Oi My, esse livro é bem divertido e tô na expectativa pra que a editora lance outros da autora por aqui. A resenha tá ótima e bem empolgada, assim como a história merece, pois fi muito bom acompanhar o mistério que surge e as trapalhadas do casal, Piper podia ser um pouco menos resistente naquele final haha mas é uma bela história e que vale a pena ser lida. Sobre a capa, eu achei ela bem bonita apesar também não ter visto relação com a história.

      P.S: Sua gata com ciumes tá fofa <3 kkk

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. oie, lili...obrigada e tambem espero que lancem todos, gostei da escrita dela....A Gata é muito figura...Beijos,Myl

        Excluir
    2. My!
      Bem interessante a premissa.
      Duas pessoas boas no que fazem, mas que não sabem trabalhar em equipe e fiquei pensando: o que será deles na missão que lhes é imposta?
      Fiquei curiosa.
      Adorei sua resenha.
      Desejo uma semana de muito amor no coração!
      “Inteligência não é não cometer erros, mas saber resolvê-los rapidamente.” (Bertolt Brecht)
      Cheirinhos
      Rudy
      TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Obrigada ,Rudy....A missão é a melhor parte da aventura.Beijos,Myl

        Excluir
    3. Vi esse livro na Leitura outro dia. Parece ser bom de ler mesmo, fiquei curiosa.

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!