• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • O homem de lata, Sarah Winnman

    Em 1963, Ellis e Michael eram dois garotos de doze anos que se tornaram grandes amigos. Durante muito tempo, sempre foram apenas os dois, andando pelas ruas de Oxford, um ensinando ao outro coisas como nadar, descobrir autores e livros e a esquivar-se dos punhos de seus pais dominadores. Até que um dia algo muito maior que uma grande amizade cresce entre eles. Mas então, avançamos cerca de uma década nesta história e encontramos Ellis, agora casado com Annie, e Michael não está mais por perto. O que leva à pergunta: o que aconteceu nos anos que se seguiram? Esta é quase uma história de amor. Mas seria muito simples defini-la assim.
    O Homem de Lata
    Ano: 2018 
    Páginas: 160
    Idioma: português
    Editora: Faro Editorial

    O Homem de Lata começa, na verdade, contando um fato fascinante da história de Dora, mãe de Ellis, que será o nosso personagem principal. Leonard, marido de Dora, era um homem turrão, machista, beirando ao grosseiro. Em um ato de coragem e ousadia, Dora ganha um bingo e, na hora de escolher o prêmio, contraria seu marido e os amigos dele ao escolher uma cópia do quadro Os Girassóis, de Van Gogh, ao invés de uma garrafa de uísque. #goDora!!!!
    "Foi o primeiro gesto desafiador em sua vida. Como cortar uma orelha. E ela fez isso em público."
    Logo em seguida já encontramos Ellis, adulto, sozinho e solitário, em um emprego que não lhe dá prazer, afinal, seu sonho era ser desenhista. Vivendo apenas de suas lembranças.

    Dividido em duas partes: Ellis e Michael, o livro trará visões e tons diferentes para esclarecer o leitor.

    A primeira parta é absolutamente melancólica, e confesso que tive muita dificuldade pra levar a leitura adiante. Apesar da escrita sentimental e delicada da Sara Winnman que, com certeza absoluta, tem tudo para encantar aos amantes do gênero, essa não é muito a minha praia.

    "A vida não era tão divertida sem Michael. Não tinha tanto colorido sem ele. A vida não era vida sem ele."

    Vamos conhecer, através das memórias de Ellis, a sua amizade com Michael e a descoberta do amor pelos dois, e momentos difíceis da vida de Ellis que essa amizade seria capaz de ajudar a superar.

    "Cores complementares são aquelas que fazem com que a outra se destaque [...]Como eu e Ellis, disse Michael.Sim, ela sorriu. Como vocês dois."

    Mas Ellis e Michael se separam...

    "Tive paixões, tive amantes, tive orgasmos. Minha trilogia do desejo, como eu gostava de dizer, mas nenhum grande amor depois dele, não pra valer. Amor e sexo foram separados por um grande rio, um rio que o barqueiro se recusava a atravessar."

    A segunda parte do livro, narrada por Michael, vai trazer as respostas que tanto desejamos, vai trazer a sua visão sobre ele e Ellis, mas também vai falar de dor e amor.

    Sarah Winman fala de preconceitos, homossexualidade, redenção, amizade, amor verdadeiro e da dor que todos esses sentimentos trazem de maneira intensa, quase visceral. Esse é um livro pra ser lido aos pouco, em doses homeopáticas, daqueles que você precisa parar para refletir de vez em quando, se colocar no lugar do personagem para sentir a sua dor.

    Como não falar da perfeição que é a edição desse livro? Quando você acha que a Faro já fez de tudo nos livros anteriores que lançou, o pessoal vem e deixa você apaixonado. Sabe aquele livro que você faz questão de levar fora da bolsa pra todo mundo ver que você tem? O Homem de Lata é um desses!


                                                                  

    1 comentários :

    1. Sou apaixonada pelo trabalho que a Faro faz com seus livros. Um carinho sempre especial em suas capas e diagramações, sempre beirando à perfeição.
      Ainda não tive oportunidade de ler este lançamento,mas ele está na listinha de desejados tem um tempo.
      Muita gente não gostou do livro, nem do enredo envolvendo os dois protagonistas.
      Mas eu quero essa profundidade!
      Espero ler em breve.
      Beijo

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!