• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Eu perdi o rumo, Gayle forman

    O novo romance de Gayle Forman, autora dos best-sellers Se Eu Ficar e Eu Estive Aqui.
    Suas obras já venderam mais 9 milhões de livros pelo mundo.
    Freya perdeu a voz no meio das gravações de seu álbum de estreia. Harun planeja fugir de casa para encontrar o garoto que ama. Nathaniel acaba de chegar a Nova York com uma mochila, um plano elaborado em meio ao desespero e nada a perder.
    Os três se esbarram por acaso no Central Park e, ao longo de um único dia, lentamente revelam trechos do passado que não conseguiram enfrentar sozinhos. Juntos, eles começam a entender que a saída do lugar triste e escuro em que se acham pode estar no gesto de ajudar o próximo a descobrir o próprio caminho.
    Contado a partir de três perspectivas diferentes, o romance inédito de Gayle Forman aborda o poder da amizade e a audácia de ser fiel a si mesmo. Eu Perdi o Rumo marca a volta de Gayle aos livros jovens, que a consagraram internacionalmente, e traz a prosa elegante que seus fãs conhecem e amam.
    Eu Perdi o Rumo
    Ano: 2018 
    Páginas: 272
    Idioma: português 
    Editora: Arqueiro

    Freya perdeu sua voz, Harun perdeu o amor de sua vida, Nathaniel perdeu o lar. Os três perderam o rumo de suas vidas e, para terem um guia novamente, terão que se unir para encontrar a luz que indicará o caminho.

    Freya é uma jovem que estourou nas redes sociais após gravar um vídeo cantando para o seu pai que foi embora para a Etiópia. Harun é um jovem gay paquistanês que viu James, seu namorado, ir embora pois necessitava de liberdade e aceitação, pois Harun tem medo do que sua família pense. Nathaniel, após sua mãe ir embora, se vê com um pai com uma mente fantasiosa (e louca, às vezes) e tenta viver racionalmente.

    O destino dos três jovens perdidos se unirá quando Freya cai de uma ponte no Central Park e bem em cima de Nathaniel, enquanto Harun observa toda a situação. Juntos, eles vão se ajudar entre si e se conhecendo também, para que cada um encontre seu próprio caminho.

    Conheceremos o passado de cada um deles e como todos os acontecimentos os levaram a se conhecer. Seria o destino? Cabe aos três acreditarem se tudo isso estava escrito para acontecer, e o que acontecerá em seguida é um mistério a ser revelado.

    Por ser narrado em três pontos de vista, as pessoas podem ter medo de se atrapalhar, mas não é o que acontece aqui. A história é alternada entre o passado dos três separadamente e em primeira pessoa e o presente em terceira de pessoa. Foi uma leitura tão agradável que o livro foi lido em algumas horas.

    Em meio a dores e perdas, vamos conhecendo os três protagonistas, a autora consegue colocar as emoções bem afloradas e é impossível você não se sentir na pele dos personagens. Dentre os três, Harun foi o que me deixou com um pé atrás, pois na primeira impressão a gente tem uma imagem pouco positiva dele, mas somos conquistados ao decorrer do livro.

    A história se passa em apenas um dia, então é bem difícil largar o livro. E quando chega no final, é impossível respirar! O medo de virar a página e que a situação abordada aconteça é sufocante! Imagino que algumas pessoas reclamem do final (em aberto) mas acredito que essa era a intenção da autora, portanto não fiquei com vontade de mais, pois para mim foi suficiente e ideal.


    Eu perdi o rumo é uma história cheia de temas delicados, como solidão e auto aceitação, mas também traz um fundo de amor e amizade. Intercalar esses temas deu um resultado satisfatório. Com certeza é uma leitura que vai agradar a todo leitor.

    0 comentários :

    Postar um comentário

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!