Featured Slider

Antes que você saiba meu nome, Jacqueline Bublitz

 


Quando Alice Lee chegou a Nova York aos 18 anos, com apenas 600 dólares e uma câmera furtada, ela estava procurando por um novo começo. Um mês depois, Alice se torna mais uma vítima de assassinato que não pôde ser identificada. Ruby Jones também está tentando recomeçar depois de um relacionamento conturbado. Ela atravessou o mundo em busca de paz, de uma nova oportunidade… até que encontra o corpo de Alice às margens do rio Hudson. A partir desse encontro, as duas mulheres formam um vínculo inquebrável. Alice tem certeza de que Ruby é a chave para resolver o mistério sobre como tudo aconteceu. Ruby, lutando para esquecer a tragédia que presenciou, se recusa a deixar Alice ir... pelo menos até que ela tenha a oportunidade de contar a própria história.

Antes que você saiba meu nome
Jacqueline Bublitz
Ano: 2021 
Páginas: 272
Idioma: português
Editora: Faro Editorial

Essa é uma história com duas protagonistas. De um lado, vamos acompanhar Alice Lee, 17 anos, sem família. De outro lado temos Ruby Jones, mulher adulta que amarrou sua vida à espera de um cara que está prestes a casar. 

O que elas tem em comum??? Nada, até que Ruby, durante uma corrida no parque, encontra o corpo de Alice violentado e abandonado nas pedras e um passado de abandono e solidão.

Essa história será contada pelo ponto de vista de Alice que, apesar de morta, vai acompanhar a vida de Ruby com a intenção de não ser esquecida e de que lhe seja dada uma identidade para que ela não seja só mais um corpo. 

" Alguns homens ficam obcecados com os mortos tanto quanto com os vivos. "

Inclusive eu!!! Como uma amante de romances policiais e investigativos não ia enlouquecer com esse enredo???

Confesso que Antes que você saiba meu nome tomou um rumo que eu jamais esperaria, mas que me agradou muitíssimo e superou tudo o que eu esperava. 

A história é sim um romance policial que vai mostrar a investigação da morte de uma mulher. Claro que vamos ter a polícia e Ruby indo atrás de pistas para tentar reconstruir o passado dessa anônima e encontrar o seu assassino. Mas a gran importância dessa história fica por conta da sucessão de fatos que tornaram Alice quem ela era. Sua mãe se suicidou e sua tutora era negligente, carente e vulnerável foi vítima fácil de um ex professor em um relacionamento abusivo. Quando ela é assassinada, a história traz uma reflexão muito interessante sobre vulnerabilidade social, sobre como mulheres são julgadas, como suas roupas, comportamento e atitudes são sempre analisadas através de uma ótica machista e cruel mas comum em nossa sociedade.

Antes que você saiba meu nome é um romance policial que vai muito além de trazer à tona a identidade de um criminoso,  é uma história que mostra a importância da humanização da vítima, a necessidade de dar visibilidade a esse ser humano que não pode ser tratado apenas como um número, é uma narrativa rica, emocionante, comovente e cheia de sororidade. 

Indomável, Julia Quinn

 

Henrietta Barrett, que atende desde pequena pelo apelido de Henry, nunca seguiu as regras impostas pela sociedade. Prefere calças a vestidos e, em vez de frequentar chás e bailes e fazer aulas de artesanato, administra pessoalmente a propriedade de seu idoso tutor, localizada em um canto remoto da Cornualha.

Mas quando seu guardião morre, as terras que Henry tanto adora vão parar nas mãos de um primo distante, um homem que pode ameaçar a vida que está acostumada a levar e também o ganha-pão das pessoas que ela mais ama.

William Dunford, o solteiro mais esquivo de Londres, fica surpreso ao saber que herdou uma propriedade, um título... e uma pupila decidida a expulsá-lo o mais rápido possível da Cornualha.

Henry está determinada a continuar administrando Stannage Park sem a ajuda do novo lorde, embora o charme que ele exala quase a faça esquecer as próprias convicções. Mas Dunford tem certeza de que pode mudar as coisas para melhor, começando por sua pupila indomável.

Só que transformar Henry em uma dama faz com que ela se torne não apenas a queridinha da alta sociedade, mas também uma tentação irresistível para o homem que pensava que nunca seria conquistado…

Indomável
A História de Henry
Damas Rebeldes #3
Julia Quinn
Ano: 2021 
Páginas: 336
Idioma: português
Editora: Arqueiro

Henrietta Barret, ou melhor, Henry, passou a vida inteira nas terras de Stannage Park, o local onde sempre amou habitar, ainda mais pela liberdade de ser quem ela é, sem precisar seguir as regras das damas de Londres, uma moça incomum, que prefere calças a vestidos e não se incomoda muito com o que pensam dela, embora ainda mantenha uma certa vaidade. Sua vida ia muito bem até o falecimento de seu tutor, que além de deixar o título de barão, também deixou suas terras e os cuidados da jovem Henry para um completo desconhecido.

Imaginando que esse homem vá tirá-la dos cuidados com Stannage, Henry cria um plano para se livrar o quanto antes do homem e mostrar para ele que ela é a melhor para continuar administrando a propriedade, o que ela não contava é que esse homem fosse o belo e inteligente Dunford e que ele fosse ficar encantado em lhe conhecer.

“Sempre admirei um homem que tenta ampliar seus horizontes. Pensar é um bom ponto de partida, embora talvez possa sobrecarregá-lo...”

Dunford não esperava herdar o baronato, mas já que caiu em suas mãos ele pretende cuidar o melhor que pode da nova propriedade, ao conhecer seus inquilinos, o homem percebe que Stannage está muito bem cuidada, principalmente devido a jovem com vestes masculinas que anda pelo lugar. Conhecer Henry é um sopro de novidade na vida do novo barão, mas ele percebe que seus sentimentos pela jovem vão muito além do imaginado.

Entre segredos, planos e intrigas, Dunford e Henry precisaram entender como se sentem em relação um ao outro, além de se conhecerem melhor para que a vida na Cornualha não se torne um pequeno inferno. Somado a tudo isso, eles vão descobrir que o romance é inevitável e a menos que eles queiram um escândalo medidas deverão ser tomadas o quanto antes.

“Não seu por que as pessoas insistem em achar que nós somos inferiores, quando está muito claro que eles é que têm a mente mais fraca”.

Narrado em terceira pessoa, trazendo como principais pontos de vista Henry e Dunford, a história cheia de reviravoltas, além de divertir também prende o leitor do começo ao fim, ambos os personagens crescem conforme cada página se revela, amadurecendo e se entendendo como pessoas conforme se conhecem e ensinam um ao outro.

Com um livro cheio de reviravoltas instigantes, Julia Quinn, mais uma vez consegue passar para o leitor todo o charme da antiga Londres e nos presentear com um casal super divertido, encrenqueiro e cheios de personalidade, uma mocinha apaixonante e que tem muito a ensinar nos tempos atuais. Eu nem preciso dizer que amei essa obra, não é mesmo? Pois bem, estou mais que apaixonada e queria mais, confesso. Agora me conta você, já leu essa delícia? Conhece todas as damas rebeldes? Vamos conversar!

A aventura de June, Max Brallier

 


O fim do mundo não é brincadeira... Após enfrentar uma batalha épica, os quatro amigos são surpreendidos por uma nova ameaça. June acaba se perdendo do grupo e vai parar num lugar com criaturas ainda mais esquisitas. Valendo-se das habilidades que adquiriu no mundo dominado por monstros, ela tenta voltar pra casa, e agora com informações que podem salvar o planeta. “É um novo mundo. E eu estou aqui. Sozinha. ― QUE IRADO!” Diversão, aventura, humor, criaturas fofas (outras nem tanto) e uma protagonista muito corajosa. Os Últimos Jovens da Terra, A Aventura da June, lançamento da Faro Editorial, é o livro que não pode faltar na estante de pequenos e grandes aventureiros.

Os Últimos Jovens da Terra
A Aventura da June #7
Max Brallier
Ano: 2021
Páginas: 272
Idioma: português
Editora: Milk Shakespeare


Em meio a mais um dia normal no apocalipse, a turma, composta por Jack, June, Quint e Dirk está em mais uma de suas aventuras, ainda mais eletrizantes quando seus amigos interdimensionais, os monstros, estão com eles. Porém, algo fora do normal (como se isso não fosse possível) acontece, e June acaba se separando do grupo e indo a um lugar bastante semelhante, mas que esconde muitos outros segredos.

Aqui temos a aventura pessoal de June nessa dimensão, junto com novos amigos que ela conhece no caminho, além da companhia de Globlet, uma criaturinha fofa e destemida que sabe se destacar como ninguém. 

À medida que June, Globlet e Johnny Steve, um novo membro dessa viagem, vão atrás dos segredos que prometem levar diretamente à Thrul, inimigo declarado de todos que ousem cruzar seu caminho, June vai coletando informações bem importantes para evitar a destruição definitiva do seu lar.

Eu adoro acompanhar essa série, pois cada história me surpreende mais e mais, o que mostra que tem muita história para rolar ainda. Aqui temos o destaque de June, uma das minhas personagens favoritas desse universo, pois sua personalidade é destacável, além de ser uma garota corajosa, bem esperta e amável. 

Temos muita ação e aventura nesse capítulo da série, o que não poderia ser diferente. Também conhecemos monstros novos, além de desvendar mais mistérios sobre as consequências do apocalipse zumbi, ponto esse que gostei muito, pois estou sempre sedento por novas descobertas desse caos.

Estou muito ansioso para os próximos capítulos dessa história, principalmente depois do final envolvente que esse volume apresentou, pois agora é hora de desbravar muito mais!

Amor, mentiras e rock & roll David Yoon

 


Em seu segundo romance para jovens, David Yoon conta a história de Sunny, um garoto que acaba preso em uma mentira sobre ter uma banda de rock para conquistar uma garota.
Sunny Dae é nerd – e com orgulho. Essa é a fama que ele e seus dois melhores amigos conquistaram na escola, onde curtir RPG definitivamente não é visto com bons olhos. E estava tudo bem, até Sunny conhecer Cirrus Soh, a garota mais descolada e confiante que ele já viu. Quando Cirrus acha que o quarto do irmão de Sunny é na verdade o dele, o garoto não consegue corrigir o engano. Com os olhos dela brilhando ao ver as guitarras e os pôsteres de rock na parede, ele acaba dizendo que tem uma banda – embora não saiba nem segurar uma guitarra, ops.

Agora sua única esperança para sustentar a história e conquistar Cirrus é fazer com que seus amigos nerds topem participar de seu plano maluco de tornar essa banda realidade, vestindo as roupas que o irmão mais velho deixou para trás quando se mudou para Hollywood e ensaiando na sala de música da escola. O problema é que logo Sunny descobre que a vida de um rockstar mentiroso não é só fama e glória...

Amor, mentiras e rock & roll
Ano: 2021 
Páginas: 368
Idioma: português
Editora: Seguinte

Sunny Dae é um jovem estudante nerd cheio de orgulho, que se aventura na vida junto aos seus melhores amigos Jamal e Milo, porém as coisas mudam quando uma nova garota chega a sua cidade. Cirrus é filha de um casal de amigos dos pais de Sunny, por ser nova na cidade, os pais do rapaz pedem que ele ajude a garota em sua adaptação na nova vida que se abre a sua frente, a questão é que Sunny não quer que Cirrus lhe considere um nerd idiota, por isso acaba se prendendo a uma mentira que pode colocar tudo a perder.

Tomando posse da antiga vida de seu irmão mais velho, Sunny vai se transformar em uma estrela do Rock para impressionar Cirrus, sustentar essa mentira vai precisar de mais do que algumas palavras e o resultado pode acabar com uma amizade de anos, além de um amor que ele acabou de descobrir.

“É deprimente que as pessoas acreditem mesmo que o carro expresse o valor de um ser humano”.

Narrado por Sunny, a história se divide em partes, contando o antes da chegada da garota até o depois da chegada de uma forma divertida, apaixonante e cheia de reviravoltas incríveis. Além do romance gostosinho de acompanhar, o autor trabalha a amizade do personagem de uma forma brilhante, mostrando o quão importante é ter amigos verdadeiros ao nosso lado, independente da situação.

O comportamento familiar também é bastante abordado nessa história, com os pais de Sunny sendo Workaholics e seu irmão mais velho tendo se perdido de si mesmo, o personagem principal acaba se tornando solitário em meio a própria família, mas conforme a história avança o autor consegue trabalhar a família trazendo entendimentos e ensinamentos para o leitor.

“Difícil manter o otimismo quando o mundo à minha volta pegava no meu pé a cada passo que eu dava”.

Acompanhar essa história me fez ver que, não importa quem somos, se não estamos bem com o que apresentamos, será que isso tem a ver com quem somos de fato ou com o que estamos tentando ser para os outros? Cada pessoa é um mundo e como tal devemos respeitar quem o outro é se queremos que respeitem quem nós somos, mesmo sabendo que existe um monte de gente meio blé por aí que não respeita ninguém.

Mas é sobre isso e tá tudo bem, agora me conta você, já leu essa obra? O que achou dela? Vamos papear!


Aristóteles e Dante Mergulham nas Águas do Mundo, Benjamin Alire Sáenz


Na aguardada continuação de Aristóteles e Dante descobrem os segredos do Universo, Ari e Dante vão lutar com todas as forças para transformar o mundo em um lugar onde possam ser livres juntos e sem medo.
A vida de Aristóteles mudou completamente desde que conheceu Dante Quintana. Com Dante, Ari aprendeu a achar graça nas pequenas coisas da vida e descobriu o coração enorme que tem, capaz de amar muitas pessoas ― inclusive outro garoto.
Agora, os dois estão prestes a começar o último ano do ensino médio e, mesmo sabendo que em breve terão que fazer escolhas importantes para o futuro, estão se abrindo para novos amigos, novos lugares e para as próprias famílias ― até que Ari sofre uma perda terrível e, mais do que nunca, precisará do apoio de Dante.

Nesta continuação de Aristóteles e Dante descobrem os segredos do Universo, reencontramos nossos heróis no momento em que o primeiro romance termina, para seguir com eles pelas águas de um mundo novo, que pode ser perigoso e difícil, mas também vasto e cheio de possibilidades.

Aristóteles e Dante Mergulham nas Águas do Mundo
Aristóteles e Dante #2
Ano: 2021 
Páginas: 448
Idioma: português
Editora: Seguinte

Era pelo amor que lutávamos todas as nossas batalhas.


Era pelo amor que vivíamos e morríamos.

Era com o amor que sonhávamos ao dormir.

O amor era o ar que queríamos respirar quando acordávamos para cumprimentar o dia.

O amor foi a tocha que você carregou para sair da escuridão.

O amor tirou você do exílio e lhe deu uma cidadania.

Sabe quando você lê um livro tão bom, mas tão bom que fica com medo da continuação estragar tudo? Eu tinha esse receio em relação a esse livro...

Confesso que o autor me encantou de tal maneira com a história de Ari e Dante que tive receio do que estaria por vir. Mas quero agradecer ao Benjamin Alire Sáenz por escrever uma história ainda mais linda que a primeira! 

Estamos no final da década de 80 e Ari e Dante estão apaixonados e vivendo o primeiro amor de ambos. Mas, junto com as delícias e descobertas desse relacionamento, eles também precisam lidar com seres humanos preconceituosos e ignorantes que não conseguem reconhecer o verdadeiro amor quando se deparam com ele. 

Também é um período turbulento em que casos de AIDS se espalham vertiginosamente pelo mundo e a doença é considerada doença de homossexuais. Tendo que enfrentar tudo isso, além do luto e da distância iminente por conta da ida para a universidade, Ari e Dante contam com a ajuda de famílias maravilhosas e de amigos tão incríveis que nem eles tinham noção de que era capazes de despertar tanto carinho nas pessoas. 

Como um livro não vive só de romance, a história de Ari e Dante também traz a tona uma ótima discussão sobre a necessidade do perdão e sobre a importância do diálogo entre pais e filhos, também fala sobre aceitação e sentimento de pertencimento. A narrativa continua cheia de poesia e leveza, mesmo quando trata temas delicados como mortes e perdas. 

E continua sendo uma leitura que deixa o coração quentinho. Recomendo muito!