1222, Anne Holt

A 1222 metros de altitude, um acidente de trem. Uma impiedosa nevasca. Um hotel centenário. E um assassinato! Uma ex-policial, tão astuta e brilhante quanto sarcástica e antissocial, é a única pessoa capaz de solucionar o mistério da morte de um dos 269 passageiros de um trem descarrilado. Isolados do resto do mundo por causa da neve, uma atmosfera de medo, hostilidade e desconfiança instala-se no hotel onde eles se refugiaram.
Mas Hanne não quer se envolver. Ela sabe que a verdade cobra um preço muito alto. Ao longo dos anos, sua busca por justiça lhe custou o amor de sua vida, sua carreira na polícia de Oslo e a própria mobilidade.
No entanto, encurralada por um assassino, encurralada pela pior nevasca da história, Hanne - e os outros passageiros - não tem saída.
Em uma situação extrema, as máscaras logo caem... E, nesse grupo, muitas pessoas não são o que parecem. Aliando sua capacidade de dedução a seu instinto, Hanne mergulha em um enigma difícil e surpreendente.
1222
Hanne Wilhelmsen #8
Ano: 2013 
Páginas: 303
Idioma: português
Editora: Fundamento


Um acidente de trem obriga os passageiros a se instalarem num hotel a 1222 metros de altitude, em plena tempestade de neve. Durante a estadia, nem tudo parece ser tão tranquilo e, à medida que a tempestade piora, outras tragédias começam a aparecer.

Cato Hammer, um famoso pastor, é encontrado morto do lado de fora do Hotel Finse e, em meio a tantos suspeitos, é difícil descobrir quem é o assassino. Mas a ex-policial Hanne Wilhelmsen, mesmo tentando não se envolver nesse caso, é a única capaz de solucionar o mistério.

Depois de eventos acontecidos em outros livros, Hanne acaba perdendo os movimentos das pernas, deixando-a numa cadeira de rodas pelo resto da vida. Mas isso não evitará que sua mente inteligente consiga trazer a verdade antes que a polícia chegue.

Ilhados no meio do furacão Olga, os passageiros começam a mostrar quem eles realmente são, e após incidentes e mortes misteriosas, a busca pelo verdadeiro assassino ficará cada vez mais apertada, e não se pode confiar naqueles que possivelmente podem matar qualquer um a qualquer momento.

Nessa tempestade, neve não é a única coisa que irá cair nesse hotel. Confie apenas em você e no seu instinto. O Hotel Finse é mais misterioso do que aparenta.

Que livro incrível! Anne Holt, mais uma vez, conseguiu me prender até aos momentos finais, me deixando de boca aberta após o mistério ser solucionado! 1222 lembra muito a história Assassinato no expresso do Oriente, da Agatha Christie, e descobrir quem está matando as pessoas é apenas um mero detalhe.

A autora me enganou direitinho! É muito difícil encontrar o assassino quando ninguém aparenta ter motivos para cometer os crimes, mas quem disse que a vingança não segue gerações?

Narrado pelo ponto de vista da Hanne, conhecemos suas suspeitas e tentamos criar uma linha de suspeita, e as respostas para esse mistério estão além das paredes geladas do hotel. Em quem você apostaria suas suspeitas? Você vai se surpreender.

Um mistério envolvente e muito inteligente, 1222 é mais uma história da Anne Holt que eu recomendo. Segredos e surpresas aguardam você nessa tempestade congelante!



Nenhum comentário

O seu comentário alegra o nosso dia!!!