Caprichos do Amor, Jackie Merrit

Luke Rivers, um caubói de olhos azuis e belos como o pecado, tinha contas a acertar com Maris Wyler. E estava decidido a fazê-lo. A história de infortúnios de Luke não inspirava a menor piedade nela... mas ele não viera pedir caridade, e sim cobrar uma dívida! E exigia ser pago em dinheiro, cavalos ou de qualquer outra forma que a linda viúva oferecesse. A consciência de Maris não negava que estava devendo a Luke... ao mesmo tempo em que, como mulher, não poderia resistir a um acordo especial...
Caprichos do Amor
The Widow and the Rodeio Man - Mavericks 02 
(Destinos 72)
Jakckie Merritt
Ano: 2008 
Páginas: 220
Idioma: português
Editora: Harlequin Books


Luke Rivers está em busca de cobrar uma nota promissória de três mil dólares, que para ele vai mudar completamente sua vida, ou pelo menos ajudar a dar um novo rumo a sua história, tendo em vista que perdeu tudo quando precisou se recuperar de um acidente sofrido na arena de rodeio, local onde além do acidente ainda perdeu seu cavalo. O que Luke não espera é que no lugar de Ray Willer, a pessoa que lhe deve, ele vá encontrar Maris Willer, viúva de Ray.

Maris tem levado a vida como pode, com seu rancho soterrado em dividas da hipoteca, uma dúzia de cavalos selvagens precisando ser adestrados e tomando conta de Keith, tudo do que ela não precisa é pagar uma dívida que o infeliz do seu falecido marido deixou. Com a sensatez fazendo morada em suas escolhas e um ajuda inesperada do destino, ela resolve aceitar a oferta de Luke e para lhe pagar a dívida que o falecido marido deixou aceita que o forasteiro treine seus cavalos e, com o lucro da venda, possam se ajudar. Porém o destino prepara mais para esses dois: um romance avassalador ameaça aparecer.

“Não deveria pensar que os dois homens eram iguais só porque gostavam da mesma coisa. ”

O enredo trazido na história, de fato, encanta o leitor e o leva por descobertas sensacionais, porém a enrolação da mocinha faz com que a vontade de largar a história venha à tona algumas vezes. O que me levou a finalizar essa leitura foi descobrir se os planos de Maris chegariam ao destino final ou se ela se daria conta no meio do caminho da loucura que estaria fazendo, para a minha surpresa e sem contar spoilers, ela se deu conta, mas continuou cometendo erros atrás de erros, minando assim o afeto que criei por ela no início da leitura.

Embora seja um clichê com final já esperado, o enredo do livro intriga bastante e nos faz caminhar com esse casal pelos caminhos tortuosos do romance, mesmo com uma protagonista intensamente indecisa. Acredito que a autora poderia ter trabalhado melhor a personalidade da personagem dando a Maris o que de fato ela prometeu no começo. Também senti falta de um pouco mais de voz para Keith, um personagem de suma importância na história e que poderia ter contribuído bem mais na construção e desfecho da mesma.

“Você pode ser e fazer o que quiser na vida. ”

Mesmo com as considerações apresentadas para o livro, não deixo de recomendar a leitura, afinal a minha experiência quanto leitora pode ser diferente para outras pessoas e quem sabe outros consigam enxergar pontos e nuances nessa história que eu não enxerguei.

Desde já espero que tenham gostado de conhecer as minhas opiniões acerca de mais esse romance de banca e se já conhecem a obra não deixem de nos contar o que acharam. Por hoje é isso, um super beijo e até a próxima.


Nenhum comentário

O seu comentário alegra o nosso dia!!!