Tiger Lily, Jodi Lynn Anderson

Antes do coração de Peter Pan pertencer à Wendy, ele pertenceu à menina com penas de corvo nos cabelos...
Tiger Lily não acreditava em histórias de amor ou finais felizes, até encontrar Peter na floresta proibida da Terra do Nunca. Diferente de todos que conhecia, ele era impulsivo, corajoso e fazia seu coração bater mais rápido. Mas como líder dos Garotos Perdidos, os mais temíveis habitantes da ilha, Peter era também uma escolha improvável para Tiger Lily. Ainda assim, ela logo se viu arriscando tudo - sua família e seu futuro - para estar com ele.
Com tantas diferenças ameaçando separá-los, o amor dos dois parece condenado. Mas é a chegada de Wendy Darling que leva a menina a descobrir que os inimigos mais perigosos podem viver dentro dos corações mais leais e amorosos.
Da autora best-seller do The New York Times, esse romance mágico e encantador entre uma heroína corajosa e o garoto que não queria crescer vai partir seu coração.
Tiger Lily
Ano: 2018 
Páginas: 320
Idioma: português 
Editora: Morro Branco

“Em alguns lugares, existe, enfim, alguma coisa boa sobre finais. Na Terra do Nunca, esse não é o caso”.

Os contos de fadas que nos encantaram na infância não merecem ser completamente abandonados, concordam? É por isso que resolvi me deliciar com Tiger Lily e dar mais uma espiadinha na Terra do Nunca.

Narrada por Sininho, nossa protagonista aqui não é Peter Pan, e sim, Tiger Lily, sua amiga indígena que nessa versão é uma garota que foi encontrada na floresta e criada Tic Tac, xamã da aldeia que adotou esse nome por conta de um certo relógio. Mas Tiger Lily não é a mocinha cheia de bons modos que todos esperam, ela é um espírito livre que quer agir de acordo com os desejos do seu coração, o que não é bem visto em sua aldeia. 

“Às vezes penso que talvez sejamos apenas histórias. Como se pudéssemos ser apenas palavras numa página, pois somos apenas o que fizemos e o que vamos fazer.”

Acostumada a quebrar regras, Tiger Lily se aventura pela Floresta Proibida e conhece Pan e os Meninos Perdidos, mantendo com eles o verdadeiro relacionamento de família onde todos se respeitam, onde ela encontra e dá amor, onde ela pode ser ela mesma. Mas o destino de TL já estava traçado, prometida em casamento a Gigante, um verdadeiro troglodita diferente de tudo o que ela poderia esperar, ela terá que escolher entre honrar a palavra de Tic Tac e a tradição de sua aldeia ou seguir seu coração.

“Eu não entendia porque ela parecia tão triste e tão feliz ao mesmo tempo. Amar alguém não era o que ela esperava. Era como cair de um lugar bem alto e se partir ao meio, e só uma pessoa ter o segredo para o quebra-cabeças de remontá-la.”

Além de ser uma fantasia incrível com sereias ardilosas, fadas geniosoas, piratas, crocodilos e uma boa dose de imaginação, Jodi Lynn Anderson aproveita a leveza da história para abordar temas como machismo, autoritarismo, religiosidade, preconceito, identidade de gênero, menosprezo por culturas não tradicionais e conhecidas, violência doméstica, resiliência e o poder da amizade.Tudo isso em uma história já conhecida e de apenas 300 páginas? Sim, a escrita da Jodi é envolvente de tal maneira que, quando vc percebe, já viveu todas essas emoções. E ainda te deixa com vontade de visitar mais uma vez a Terra do Nunca.




Nenhum comentário

O seu comentário alegra o nosso dia!!!