Você viu a Melody?, Sophie Hannah


Ao chegar ao seu limite após se decepcionar com a família, a britânica Cara Burrows deixa sua casa, o marido e os filhos e foge para um resort cinco estrelas no Arizona, nos Estados Unidos. Ela não sabe bem como vai pagar a conta e escolhe um serviço de aluguel de carros duvidoso, mas, por fim, chega ao hotel tarde da noite, exausta e desesperada. Após o check-in, ela acaba entrando por engano num quarto já ocupado por um homem e uma adolescente.
O que não deveria passar de um equívoco da recepcionista se transforma em um grande mistério quando Cara se dá conta de que a jovem que viu naquele quarto talvez seja alguém que ela jamais poderia ter visto: a vítima de um dos mais famosos crimes do país, Melody Chapa, cujo assassinato, arquitetado pelos próprios pais, os levou à prisão perpétua.
O crime aconteceu muitos anos atrás, e o corpo da criança nunca foi encontrado, mas há rumores recorrentes sobre o avistamento de Melody, inclusive no próprio hotel em que Cara está, o Swallowtail.
Cara não sabe em quem confiar. Tudo o que ela lê
(na internet) ou ouve (no hotel) sobre o caso parece contradizer as evidências diante de seus olhos. Ela viu mesmo Melody Chapa? E está preparada para responder a essa pergunta com sinceridade, ainda que isso signifique arriscar a própria vida?
Em mais um thriller psicológico de tirar o fôlego, Sophie Hannah apresenta ao leitor um elenco diverso de personagens — e um mistério na medida para os fãs de Agatha Christie — numa trama extremamente intrigante e desafiadora.

Você viu a Melody?
Sophie Hannah
Ano: 2022 
Páginas: 400
Idioma: português
Editora: Rocco

Cara Burrows acreditava ter a família perfeita: um marido dedicado e dois filhos amados, até que ela se decepciona com a rejeição dos três à sua recente gravidez. Arrasada pela postura de sua família, Cara resolve viajar para um resort caríssimo, detonando assim com as economias da família e sem deixar pistas do seu paradeiro. Para evitar sem contactada pela família ou acabar cedenco à preocupação de saber como eles estão, ela paga ao rapaz da locadora de carros para ficar com o seu celular enquanto ela estiver no resort.

As dores de cabeça de Cara começam quando a recepcionista lhe dá a chave errada do seu apartamente e ela acaba entrando em um quarto já ocupado por uma garota e um homem. Equívoco desfeito, Cara tenta desfrutar da paz que ela foi buscar mas se depara com um grande mistério: a garota que ela viu no quarto em que entrou por engano é Melody, uma garota dada como morta ainda criança e cujos pais estão pressos acusados do seu assassinato. Mistério estabelecido! Cara vai em busca de respostas e é ajudada por uma outra hóspede de resort e nos leva atráves das pistas que ela colhe. 


Esse foi o meu primeiro contato com a autora e não sabia o que esperar de sua escrita. Sophie Hannah cria um enredo incrível, com personagens totalmente críveis e mistério realmente intrigante, além de abordar temas interessantes e delicados como a maternidade e a criação de filhos. No se deixe levar pela morosidade no início da narrativa, é apenas um obstáculo a ser superado para você ser premiado com uma história original, com direito a vários suspeitos e motivações. Pena que ela escolheu o caminho menos interessante para esclarecer o mistério. Se eu recomendo? Sim, é uma história fluida depois das primeiras 50 páginas e que traz uma boa dose de distração, mas não espere um final de tirar o fôlego.



Nenhum comentário

O seu comentário alegra o nosso dia!!!