Instant Karma, Marissa Meyer



Prudence Barnett sempre foi muito rápida em julgar as pessoas, principalmente o povo preguiçoso e arrogante de sua cidadezinha litorânea. Depois de interpretar a música "Instant Karma!", de John Lennon, no karaokê, ela sofre uma queda e bate violentamente com a cabeça no chão. O que Prudence não esperava era que, ao acordar, pudesse fazer com que as pessoas arcassem com as consequências de seus atos. Pru finalmente fará a justiça cármica acontecer.
Logo ela começa a usar seu poder a torto e a direito, punindo todos que vê fazendo coisas ruins, desde comentários maldosos a atos de vandalismo. Mas tem uma pessoa em quem ela não consegue usar seu dom: Quint Erickson, sua dupla em um trabalho da escola. Se, de início, Pru fica irritada com algumas atitudes dele, com o tempo nota que Quint na verdade é até bastante fofo e muito dedicado ao seu trabalho no centro de resgate de animais marinhos da cidade.

Quando Pru começa a trabalhar com Quint no centro para melhorar suas notas na escola, percebe que tem muito a aprender sobre bebês lontras e linguagens do amor ― não necessariamente nessa ordem. É aí que sua nova habilidade vai lhe ensinar como é tênue a linha entre virtude e vaidade, generosidade e ganância, e entre amor, caos... e destino.

Uma coisa é certa: o carma existe. Pode não ser imediato, como dizia John Lennon, porém nunca falha.

"Perfeito para fãs de Rainbow Rowell e Meg Cabot." ― Booklist

Instant Karma
Amor, caos e destino
Marissa Meyer
Ano: 2022 
Páginas: 384
Idioma: português
Editora: Rocco

Perfeccionista e especialista em julgar as pessoas, Prudence Barnett vê sua vida mudar quando, depois de cantar a música Instant Karma, de John Lennon e levar uma pancada na cabeça, ela passa a ter o poder de fazer justiça com as próprias mãos, ou seja, ela pode fazer com que as pessoas recebam uma punição na medida do erro cometido.

Mas tudo o que Pru quer fazer é se vingar de Quint por ele ter feito ela tirar uma nota baixa na escola, mas ele é imune aos seus poderes. Justamente para melhorar essa nota, ela vai fazer trabalho voluntário no Centro de Resgate de Animais Marinhos, onde Quint trabalha e a mãe dele é dona. À medida em que os dois começam a trabalhar juntos, eles percebem que tem muito a aprender um com o outro.

O romance entre Pru e Quin vai acontecer, mas de maneira lenta e, pelos motivos certos, passarão de inimigos a namorados. Quem me acompanha aqui sabe que um livro somente com romance não me cativa, mas Instant Karma trouxe muito mais que isso. Ele tocou diretamente no meu coração ao abordar o voluntariado no resgate a animais marinhos e pela maneira visceral como Pru luta pela causa. Sem falar, é claro, sobre o superpoder de Pru que nos leva inúmeras reflexões. Afinal, quem estaria apto a julgar as atitudes de outras pessoas? Se você comete erros, pode aplicar punições a outras pessoas que também cometem? Se você tivesse o poder de Pru, o que você faria? Quem seria a primeira pessoa que você puniria?


Nenhum comentário

O seu comentário alegra o nosso dia!!!