Os dois duques de Wyndham - O aristocrata, Julia Quinn

 


• O aristocrata


Amelia Willoughby é noiva de Thomas Cavendish, o duque de Wyndham, desde bebê. Enquanto espera que ele enfim arrume um tempo para se casar, fica claro que isso não é uma prioridade para ele.

Bem quando Thomas percebe que Amelia é muito mais do que uma mera conveniência, seu mundo é virado do avesso pelo aparecimento de seu primo há muito perdido, que pode ser o verdadeiro duque.

Caso isso se confirme, então Thomas não será mais nem o duque nem o noivo de Amelia. Isso seria uma cruel ironia do destino, porque ele cometeu um erro imperdoável: se apaixonar pela própria noiva.

Os dois duques de Wyndham
Julia Quinn
Ano: 2022
Páginas: 560
Idioma: português
Editora: Arqueiro

A vida toda Thomas foi o Duque de Wyndham, noivo da segunda filha do conde Crowland, com quem ele nunca teve um contato maior do que o recomendado pela etiqueta, até que em um baile as coisas começam a mudar para os dois e a chama de algo começa a aparecer. Porém, nessa mesma noite, a chegada de um primo desconhecido ameaça seu ducado e ele poderá perder tudo que sempre teve, inclusive a mulher por quem ele começou a sentir alguma coisa, com quem ele já deveria ter se casado.

Lady Amélia tem uma boa vida, mas ser noiva do famoso Duque de Wyndham transformou tudo em um gosto amargo. A demora do duque em marcar a data do casamento, fez com que outras jovens da sociedade lhe olhassem com pena, porém certa noite ela e Thomas finalmente começam a se entrosar e uma chama diferente começa a surgir entre os dois, o problema é que em meio a tudo isso ela sente que sua vida está mudando, só não sabe para qual rumo.

“É uma pena que não possamos escolher nossas famílias”.

Imerso entre as responsabilidades e a razão, Thomas precisa tomar decisões que vão lhe afetar mais do que ele jamais esperou, principalmente por nunca ter sentido nada parecido por nenhuma outra mulher. Por outro lado, Amélia começa a se colocar no lugar onde sempre quis estar, tomando decisões sobre ela mesmo e sua vida, mesmo sem saber o que se passa no lado particular da vida do seu noivo.

Um contrato de casamento, um ducado a ponto de ser perdido e o coração querendo falar mais do que razão levam um jovem casal a viver a descoberta do amor e o encontro que já deveria ter sido acontecido, mas que chegou um pouco tarde.

“Com o privilégio vinham as responsabilidades. Quanta verdade havia nisso!”

Narrado em terceira pessoa, o livro dois da duologia “Os dois Duques de Wyndham” é uma delícia de se acompanhar e mostra o outro lado de uma história arrebatadora, onde vemos a classe mais abastada precisando perder tudo para finalmente valorizar algo que sempre esteve ali, ao alcance de uma decisão.

Enquanto o primeiro livro traz um casal que vai da pobreza a riqueza, no segundo livro Julia mostra o contrário, mas sempre abordando que no amor as escolhas podem ser feitas sem danos ao coração, desde que sejam feitas da forma correta. Nem preciso dizer que amei esse livro tanto quanto o primeiro e que super recomendo a leitura, não é mesmo? Mas quero saber de você, já leu ou tem interesse em ler? Vamos conversar!

Nenhum comentário

O seu comentário alegra o nosso dia!!!