Lore Olympus #3, Rachel Smythe



No terceiro volume da premiada série de Rachel Smythe, Hades e Perséfone lutam contra seus desejos cada vez mais fortes e inevitáveis. Best-seller do New York Times e ganhador do Prêmio Eisner, Lore Olympus é fenômeno absoluto do Webtoon e o quadrinho mais lido do mundo atualmente.
No Olimpo e no Submundo só se fala do que anda rolando entre o Deus dos Mortos e a vistosa filha de Deméter. Em meio a tanto fuxico, Hades e Perséfone têm muita coisa a resolver nas suas vidas.
Desde que chegou ao Olimpo, Perséfone se esforça para ser a jovem deusa e donzela perfeita. A atração que sente por Hades só deixou mais pesado o fardo que é cumprir as expectativas de todos. Depois do abuso que sofreu, ela teme não conseguir encobrir a mágoa e o amor intensos que tanto lutou para esconder.
Enquanto Perséfone reflete sobre o futuro, Hades luta contra seu passado e reata a relação tóxica que tinha com Minte. Conforme a pressão e o frenesi ― da família, dos amigos, dos inimigos ― aumentam, tanto Hades quanto Perséfone tentam calar seus desejos cada vez mais evidentes. Mas a tentação é forte e a atração é magnética. É destino.

Ganhador dos prêmios Eisner e Harvey e finalista do prêmio Hugo, Lore Olympus é fenômeno absoluto na plataforma Webtoon e reúne fãs no mundo todo. O terceiro volume da série traz os episódios 50 a 75 do webcomic, além de um conto exclusivo e inédito.

Lore Olympus
Histórias do Olimpo: Volume 3
Lore Olympus #3
Rachel Smythe
Ano: 2023 
Páginas: 384
Idioma: português
Editora: Suma

O terceiro livro da série segue com Perséfone estagiando no Submundo e sempre pertinho de Hades, o que faz com que a cabeça desse super rei fique tão confusa quanto a de um mortal. Dividido entre a relação conturbada que mantém com Minte e todos os sentimentos despertados por Perséfone, tem horas que chega dar dó da fragilidade do pobre coitado. 

Como se isso não fosse suficiente, ainda tem os fofoqueiros de plantão. Sim! Tá achando que isso é coisa de mortal? Lá no Olimpo e no Submundo também tem tabloides sensacionalistas atrás de uma boa história dos ricos e poderosos e todos querem saber o que está acontecendo entre esses dois. Afinal, Perséfone não tinha feito voto de castidade? Hades não estava namorando com Minte?

Por outro lado, Minte está empenhada em fazer esse namoro com Hades dar certo, mas uma certa amiga invejosa vai atrapalhar o nosso casal, o que levará Hades direto para o consolo de Perséfone. Ou seja, querido leitor, amar não é fácil em lugar nenhum do universo!

Rachel Smythe mantém a mesma qualidade e beleza dos livros anteriores, tanto na beleza e colorido dos traços quanto na própria história que continua encantando. Vemos o sentimento entre Perséfone e Hades crescer, o amadurecimento dela e um pouco sobre o seu passado para ajudar a conhecê-la melhor. Mais uma vez a autora alerta no início do livro sobre possíveis gatilhos por conta dos temas abordados, já que nesse volume ela retoma um caso de estrupo ocorrido no Olimpo. De maneira muito sensível, ela mostra os sentimentos confusos da vítima e a importância de se ter uma rede de apoio numa situação dessa cumprindo não só com a função de entreter mas também de alertar e informar. 

Querida Companhia das Letras, nunca te pedi nada... (não é bem verdade, mas...), lança logo os próximos volumes, minha filha!!!!

Nenhum comentário

O seu comentário alegra o nosso dia!!!