Fantasmas, Raina Telgemeier



A família de Catrina está de mudança para Bahía de la Luna, uma cidade nublada no litoral da Califórnia, porque a brisa do mar vai ser importante para o tratamento de Maya, sua irmã mais nova. Porém, ao sair para explorar a nova vizinhança, as duas descobrem que os ventos gélidos também atraem fantasmas — para a alegria de Maya e o desespero de Cat.
Maya tem fibrose cística, uma doença degenerativa dos pulmões, e quer conversar com um fantasma para descobrir como é o pós-vida. Cat, por sua vez, tem ansiedade e muito medo do sobrenatural. Ela só quer proteger a irmãzinha, fazer novas amigas e levar uma vida normal. Mas isso não será tão fácil, já que os moradores de Bahía de la Luna parecem conviver pacificamente com seus antepassados. Para piorar, a grande celebração do Día de los Muertos — data em que os fantasmas visitam seus entes queridos — está cada vez mais perto.

Com a ajuda de um gato preto misterioso, vizinhos simpáticos e muitos tamales, as irmãs vão enfrentar os desafios da vida em família e descobrir que, muitas vezes, precisamos encarar nossos maiores medos por aqueles que amamos. HQ ganhadora do Eisner Award, a maior premiação do universo dos quadrinhos, Fantasmas é mais uma história tocante e divertida de Raina Telgemeier, autora de Coragem.

Fantasmas
Ano: 2022
Páginas: 256
Idioma: português
Editora: Intrínseca

Katrina ou Cat é uma adolescente que está se mudando para uma nova cidade com seus pais e sua Maya, portadora de fibrose cística e que terá uma possível melhora por conta do clima da Bahia de La Luna. Mas não é nada fácil pra Cat se desapegar dos amigos, da escola e do mundo conhecido para começar do zero em um lugar tão distante. 

Maya é uma criança incrível, cheia de energia apesar da debilidade provocada pela doença em alguns momentos, que está sempre pronta para novos desafios e parece não ter medo de nada. Nem mesmo dos fantasmas que dividem a cidade pacificamente com os moradores vivos. 

Carlos é o filho adolescente da família vizinha que acolhe os recém chegados. Ele trabalha como guia do passeio fantasma que visita pontos turísticos e históricos da cidade e que se relacionam com a tradição mexicana do Dia de los muertos. Maya decide que vai fazer o passeio pois quer perguntar a um fantasma como será depois que ela morrer. Mas a ansiedade e o medo de Cat não colaboram.

E se você está achando que Cat é egoísta e não pensa no bem estar da irmã, pode parar! Não é nada disso. Afinal mudanças tão radicais nunca são fáceis, não é? Imagina para uma adolescente. Cat me lembrou muito a irmã de August, de Extraordinário. Afinal, mesmo que outro membro da família demande mais atenção, não é fácil estar sempre em segundo plano, mesmo que seja pelo bem estar de quem agente ama.

Mas Fantasmas vai muito além das histórias de fantasmas simpáticos e amigáveis. Raina Telgemeier usa essa história leve pra abordar temas sérios como a vida de uma criança com uma doença degenerativa e incurável sobre a qual pouco se fala, e de como essa doença também afeta a todos os membros da família dessa criança. E, principalmente sobre a amizade entre irmãs. 

Lamentável apenas que a autora não tenha sido fiel às origens da cultura mexicana ao cometer o erro imperdoável de chamar o Día de los muertos de Halloween mexicano transformando uma data tão importante em uma festa à fantasia. 

Nenhum comentário

O seu comentário alegra o nosso dia!!!