A Rainha Sol, Nisha J. Tuli




Nesta fantasia cheia de romance e ação, dez mulheres participam de uma competição mortal. O prêmio? Governar ao lado do Rei Sol.

Lor e seus irmãos estão há onze anos em Nostraza, a prisão do Reino de Aurora, e o último lugar em que qualquer um gostaria de estar. Até que, depois de uma libertação inesperada, Lor descobre que foi convocada para participar das Provas da Rainha Sol, uma competição de vida ou morte entre dez mulheres cuja vencedora se tornará a nova esposa do rei.
A jovem não está nem um pouco interessada em casamento ou amor ― mas sim na liberdade (e na possibilidade de vingança) que a vitória significa. Porém, Lor definitivamente não pertence àquele lugar, e precisará confiar nas pessoas certas e dar tudo de si para sobreviver às Provas ― e qualquer passo em falso pode pôr tudo a perder.

A Rainha Sol
Artefatos de Ouranos # 1
Nisha J. Tuli
Ano: 2024 
Páginas: 368
Idioma: português
Editora: Seguinte

" - Meu nome é só... Lor. Não tenho sobrenome. Meu legado está morto. Fui jogada dentro daquela prisão e privada de tudo quando era criança. "

Vocês sabem que se é fantasia, já tem 50% do meu coração, não é? Se tiver uma capa linda como essa, nem sei o quanto aumenta. Mas Lor conquistou meu coração todinho!

" Livros são minha obsessão, mas eu nunca tive acesso a tantos quanto gostaria. "

Lor e seus irmãos estão presos na prisão do Rei Aurora desde que ele matou os seus pais, a cerca de doze anos. Ainda adolescente, Lor não conhece quase nada do mundo, mas já foi torturada e abusada física e psicologicamente, muitas vezes para se manter viva ou garantir a sua própria sobrevivência.

" Nada é de ninguém aqui. Tudo é emprestado temporariamente, incluindo nossos corpos e, com certeza, nossas almas. A única coisa que ainda não dominaram é minha mente, embora isso pareça mudar a cada ano que passa. "

A vida de Lor muda drasticamente quando ela é retirada do castigo imposto pelo rei, quase à beira da morte, e é levada para Afélio, domínio do Rei Sol, para competir contra outras nove meninas pelo posto de Rainha Sol.

 " Hoje à noite, vou encontrar energia porque, num lugar onde só há desgraça, tenho que achar esperança onde der. "

Hein??? Como assim, gente??? Isso mesmo, a menina estava na prisão e, assim, so nada, pode virar uma rainha. Ah, detalhe, todos nessa história são feéricos, menos os que estão na prisão. Essa é apenas uma das informações que a sinopse omite. Mas fica tranquila (ou não), que essa não é a única. 

" A Depressão não passa de um buraco fundo na terra, localizado logo depois dos muros da prisão. Se batizaram o Nada por sua capacidade de sugar as pessoas para dentro, a Depressão tem esse nome porque esgota a pessoa, deixando-a oca e sem ar. "

Apesar das chances quase inexistentes de vencer a competição, Lor aproveita sua nova realidade, mesmo que temporária, principalmente na intenção de fazer algo para salvar os seus irmãos. Ela fará amigas, provocará curiosidade e inveja em uns, admiração e respeito em outros. E ainda vai protagonizar umas cenas pra lá de hots!!!! Difícil não torcer pela causa de Lor: uma menina que já viveu horrores mas que ainda é doce, forte, destemida e justa, mas que se derrete quando o assunto é os irmãos e as pessoas injustiçadas. 

" Nunca tive vergonha de minhas cicatrizes. São um mapa vivo da minha dor física, e todas são fruto da aspereza da minha tortura. "

É costume nas histórias de fantasia que, no primeiro livro, se tenha muitas explicações sobre personagens e o seu universo. Mas não foi o que a autora fez. Você termina o livro com um milhão de perguntas na cabeça: por que Lor foi escolhida para competição? Por que ela e os irmão estão presos? Por que o seu guardião no reino parece odiá-la? Quem são os outros reinos? Por que humanos e feéricos são inimigos? Ainda bem que o segundo livro já teve seu lançamento confirmado para esse mês aqui no Brasil e espero que todas essas respostas possam estão nele. 

"... O olhar é tão intenso que minhas entranhas se contorcem e reviram como fitas esvoaçando em uma brisa forte. Mas a sensação não é desagradável. Pelo contrário, transborda de expectativa e da promesa de algo que tem sabor de liberdade. É como imagino que um pássaro se sente ao sobrevoar as nuvens. "
Lor ganhou meu coração, seja pela dor que ela carrega por todas as coisas ruins que passou, seja pelo amor aos irmãos ou pela preocupação e lealdade aos amigos. Acho que você deveria fazer parte dessa torcida.

Nenhum comentário

O seu comentário alegra o nosso dia!!!