• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Lendo com a Dani: A extraordinária viagem do faquir que ficou preso em um armário, Romain Puértolas - Record

    A figura de um faquir está associada à meditação, ao treinamento e à magia. Mas, no caso de Ajatashatru Ahvaka Singh, é mais provável que o público se depare com truques e trapaças. A última de suas artimanhas foi convencer sua aldeia a pagar por uma viagem a França para adquirir a Camadepregösa, um modelo de cama de pregos vendida pela Ikea. Só que ele não contava em ficar preso dentro de um dos armários da loja. Nem que o móvel seria despachado para outro país. Assim, o faquir e seu turbante partem para uma aventura, ainda que involuntária, pelo mundo, fazendo uma horda de inimigos, alguns amigos e aprontando muitas confusões pelo caminho. 







    A extraordinária viagem do faquir que ficou preso em um armário Ikea
    Autor: Romain Puértolas
    Editora Record - 2014
    256 páginas


    Uma fábula escrita por um francês.

    Com um título longo desses, me vi logo interessada, e bem... Começou arrastado, mas quando engrenou foi uma ótima leitura.

    Ajatashatru Ahvaka Singh é um indiano que ganha a vida como faquir. Disposto a se dar bem consegue convencer seus fãs a comprarem uma cama de pregos para melhorar suas costas, com direito a viagem de avião.

    Com um terno esquisito que lhe confere ares de empresário indiano, ele é bem recebido na loja da Ikea, o que eles não imaginam é que Aja possui apenas uma cédula de 100 euros com impressão de um único lado.

    Sorte dele que é um bom ilusionista. Ou não?

    Ajatashatru decide passar a noite na loja, mas no meio da noite entram pessoas lá. Desesperado ele se esconde num armário.

    Graças a este armário Aja vai conhecer clandestinos sudaneses que lhe farão repensar suas atitudes, criticar seu próprio caráter (ou falta dele).

    E quem sabe ele não possa se regenerar e conseguir o amor da linda francesa que caiu em um de seus truques?

    Movido ao que escutou dos ilegais e pelo encantamento que sente por Marie, ele está disposto a mudar. 

    Viajando para outros países de maneira nada ortodoxa ele vai aprendendo novas lições. E é preso numa mala Louis Vuitton que Aja começara algo que lhe renderá bons frutos.

    É um livro com tirada engraçadas, mas com uma boa visualização sobre imigrantes ilegais, suas esperanças, seus desacertos.

    O que mais me agradou é que o final não é excessivo, podemos imaginar, que sim, poderia realmente ter acontecido com Aja, caso ele estivesse na realidade. O final não é um conto de fadas.

    Leia e tire suas conclusões.

    Adorei essa imagem do Romain, dentro de um armário:







    7 comentários :

    1. Nossa! Esse livro é bem diferenciado do que costumamos ver, mas que nos leva a uma grande aventura! O título é grande, porém nos desperta curiosidade para saber o por que do título. Adorei o livro por ele ser criativo. Enquanto isso, ficarei aqui tentando pronunciar Ajatashatru Ahvaka Singh, o nome do personagem principal. hahahhaha

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Luis Carlos,
        Sim o título enorme desperta curiosidade, especialmente para sabermos como aconteceu a tal viagem e o motivo de ser extraordinária.
        É um livro divertido, com um personagem de nome dificílimo de pronunciar. Boa sorte tentando. =)
        Obrigada.

        Excluir
    2. Oi Dani.
      Eu amei esse livro! Não dava muita coisa pra ele quando li o título e o começo foi realmente um pouquinho parado mas nossa, que viagem (literalmente)! Adorei ter essa visão dos imigrantes clandestinos, foi uma boa crítica. A história é muito engraçada também.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Olá Nathalia,
        Verdade que o começo nos faz questionar se vale a leitura, mas quando pega o ritmo é impossível não querer saber aonde essa aventura levará o Aja.
        A questão dos imigrantes sem dúvida fica bem colocada e nos faz pensar.
        Obrigada.

        Excluir
    3. Dani!
      Não conhecia o autor e a obra, entretanto deu vontade de embarcar nessa viagem, porque tudo que nos faz rir e traz aprendizado valem a pena!
      O conto parece interessante, embora os nomes sejam complicados.
      cheirinhos
      Rudy

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Rudynalva,
        É uma viagem com muito aprendizado para o Aja. =)
        E bem divertida para os leitores.

        Excluir
    4. Oi Dani Armaria ate falar esse nome todo ai hahaha mais bem interessante o livro nossa, amoo livros escritos por franceses,parece ser uma historia mto legal, amoo livros divertidos, dpois vou procurar saber mais um pouquinho dele..
      ótima resenha bjoos

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!