• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Leitura da Drica: Todos os nossos ontens, Cristin Terrill - @Novo_Conceito

    Todos os nossos ontens

    Sub - título: Destrua o passado para salvar o seu futuro

    Gênero: Distopia/Ficção/Literatura Americana

    Autora: Cristin Terrill

    Tradução: Bárbara Menezes de Azevedo Belamoglie

    Editora: Novo Conceito

    Lançamento: 2015

    Número de páginas: 352

    Sinopse:
    O que um governo poderia fazer se pudesse viajar no tempo? Quem ele poderia destruir antes mesmo que houvesse alguém que se rebelasse? Quais alianças poderiam ser quebradas antes mesmo de acontecerem? Em um futuro não tão distante, a vida como a conhecemos se foi, juntamente com nossa liberdade. Bombas estão sendo lançadas por agências administradas pelo governo para que a nação perceba quão fraca é. As pessoas não podem viajar, não podem nem mesmo atravessar a rua sem serem questionadas. O que causou isso? Algo que nunca deveria ter sido tratado com irresponsabilidade: o tempo. O tempo não é linear, nem algo que continua a funcionar. Ele tem leis, e se você quebrá-las, ele apagará você; o tempo em que estava continuará a seguir em frente, como se você nunca tivesse existido e tudo vai acontecer de novo, a menos que você interfira e tente mudá-lo...



    E hoje vamos de distopia!!!

    Livro de estreia da escritora Cristin Terrill, que já chegou mostrando a que veio! Uma mistura muito bem dosada de distopia, ficção científica, romance adolescente e amizade.

    Temos duas personagens principais na história que narram o livro alternadamente. Uma é Em, ela está presa em uma base secreta do governo, sendo torturada para que revele onde estão documentos secretos com informações sobre Cassandra. Na cela ao lado está Finn, seu único amigo, namorado e parceiro na tentativa de viajar no tempo para impedir a criação de Cassandra, máquina do tempo usada pelo governo para solucionar alguns problemas de ordem mundial, mas que se torna uma verdadeira arma e mantém a população do mundo sob forte vigilância e domínio. E essa será a 14ª tentativa de consertar as coisas.

    "Não sinto a mesma admiração. Viagem no tempo não é uma maravilha; é uma abominação."

    Nossa outra protagonista é Marina, 16 anos, rica, cheia de sonhos e apaixonada pelo melhor amigo e vizinho do lado, James. James, 17 anos, é o menino lindo que toda história tem, mas, como se isso já não fosse suficiente, James Shaw também é rico e tem uma inteligência acima da média, e ainda é irmão de um senador dos EUA. Mas nem tudo são flores na vida de James, ele é órfão e muito tímido. E o terceiro vértice desse triângulo (???) é Finn, 17 anos, muito amigo de James, mas o seu oposto: é extrovertido, brincalhão e espirituoso, mas parece não se dar muito bem com Marina, apesar de os três estarem quase sempre juntos. A história se Marina aconteceu quatro anos antes da história de Em, mas a vida dessas duas garotas irão se cruzar de uma maneira inesperada.

    “... ele me beija como nunca fui beijada antes. Beijo é uma palavra tão pequena para isso. É como se ele estivesse derramando cada grama de amor e desejo e arrependimento, casa momento de expectativa contida por meses em uma cela, dentro de mim. ...”

    Muita coisa só para o começo da resenha, não é? Mas Todos os nossos ontens é assim: muita história mesmo!

    O livro é fantástico! Apesar do mercado estar cheio de distopias recém lançadas, ele tem a originalidade de tratar sobre viagens no tempo sendo usadas como uma forma de opressão, e isso já é o bastante para a leitura valer a pena. Mas Cristin não parou por aí, como seus personagens são adolescentes, ela os trata como tal e nos mostra os seus conflitos e dilemas típicos da idade e como os acontecimentos podem fazer amadurecer e se desencantar com o mundo real.

    Pra mim foi difícil escolher a minha protagonista preferida, eles narram suas histórias de maneira eletrizante e bem peculiar. Os personagens são muito bem construídos e isso é crucial para o entendimento do desenrolar da história de cada um, não só as meninas amadurecem ao longo da narrativa, mas os meninos também tem que enfrentar a realidade nada agradável que o destino vai desenhar para cada um.

    Milhões de perguntas vão surgindo no decorrer da história, e as respostas vão sendo dadas gradualmente. Mistérios, reviravoltas, golpes e truques acontecem o tempo todo. Sem contar o toque de ficção científica que é dado pela explicação sobre viagens no tempo e como elas supostamente funcionariam. Apaixonante!!!

    Senti falta apenas de um pouco mais sobre o mundo em que os nossos protagonistas vivem. Acredito em Em e Finn quando eles falam sobre o inferno que o mundo deles se tornou depois da criação de Cassandra, mas acredito que um pouco mais de fatos e situações daria mais credibilidade à história e mataria a minha curiosidade. Mas isso em nada compromete a história.

    “Coloco uma mão na parede para me estabilizar. Não é verdade; não estou bem. Fui pega pela gravidade de James Shaw de novo, meu mundo sempre gira em torno dele e, desta vez, quanto mais me aproximo dele, mais enjoada me sinto. Deveria haver um aliviou até mesmo um tipo de satisfação vingativa em encerrar a vida dele e acabar com Cassandra para sempre, mas não posso deixar de pensar nele deitado ao lado de Marina, segurando a mão dela na sua, e isso me assusta. E se eu estragar tudo de novo? Quantas pessoas vão sofrer por causa da minha fraqueza?”

    Dessa vez, ouso dizer que é uma pena que a história se passa em um livro única. Queria mais!!!


    Recomendado para os amantes da distopia, ficção científica, viagens no tempo, mas também para os amantes de um bom romance adolescente. 

    Assista ao book trailler:



    23 comentários :

    1. Oi, Drica! Todos os Nossos Ontens parece ser ótimo, principalmente por ser uma distopia, meu gênero preferido. E essa tem tudo para me conquistar, como a viagem no tempo, personagens únicos e bem construídos e a ficção científica que deixa a história mais intrigante e inesquecível.
      Depois de ler sua resenha, fiquei ainda mais empolgada para começar a leitura.
      Bjs!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Tb adoro distopias!!! E essa vale muito à pena mesmo, tem um final inusitado.

        Excluir
    2. Ai Drica! Como não querer ler esse livro depois dessa resenha? Amo distopias e até agora tenho tido muita sorte com as que li, pois são maravilhosas, e se esse livro é tudo isso que você falou, já sei que vou amar. É tão bom quando terminamos a leitura e queremos mais, isso significa o quanto o livro é bom. Fico muito feliz em saber que tem bastante mistério, ação e que os personagens são bem construídos. Já adicionada a minha lista.
      abraços!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. O livro é mesmo muito bom, me surpreendeu! E recomendo para os fãs de distopia e ficção científica, tem umas partes técnicas muito interessantes!

        Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      ResponderExcluir
    4. Nossa amei, é um livro único? Isso é raro! Vou ser sincera, não sou mto fã de distopias e tbm não sou mto fã de séries, até gosto daquelas que não tem uma sequencia que os personagens não são ligados, e saber que essa não é assim me dá até vontade de ler, sempre dou uma chance para uma distopia, msm não sendo meu gênero favorito e com certeza darei para essa!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Livro único mas que merecia continuação, Samantha, pq a história é muito boa!

        Excluir
    5. Uma distopia de volume único, bem diferente. Gostei da premissa do livro de explorar viagens no tempo e sua consequência. O fato de ele não explicar muito bem o mundo em que os personagens vivem, me deixou meia intrigada, porque li 'Estilhaça-me', também uma distopia e o fato de a autora não explicar o que aconteceu no mundo não me agradou nenhum pouco. Também não gostei desse book trailer, só por ele eu não daria nada nesse livro. Enfim, é uma dica de leitura bem legal, gostei :)

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. O book trailler não consegue mostrar o quanto a história é boa! Deixa muito a desejar!
        ADORO Estilhaça-me, mas nele não senti falta de que me explicassem o universo, não!

        Excluir
    6. Oi Drica, esse livro parece ser incrível só a sinopse é super interessante voltar no tempo e decidir o seu futuro eu estou doida pra ler esse livro e você fez uma resenha incrível bjs.

      ResponderExcluir
    7. No começo, não entendi muito a premissa do livro, mas essa resenha esclareceu minhas dúvidas e me fez ficar ainda mais ansioso para lê-lo. Adoro distopias com ficção científica e viagem no tempo, parece ser diferente de tudo que já li. O enredo e desenvolvimento parecem ser super bem escritos e construídos. O post está ótimo.
      Abraços :)
      bookdan.blogspot.com

      ResponderExcluir
    8. Adorei a capa e a sinopse. O gênero não é novo, mas, a proposta, pra mim, é. Só tenho medo de me perder na leitura devido a essas narrativas entre passado e presente.
      Enfim, gostei tanto da sua resenha que pretendo ler a história o quanto antes... Parabéns!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. A proposta p mim tb foi nova, pelo menos em livros. Não tem como se perder, vc vai ver. O nome dos personagens ajuda muito.
        Obrigada!

        Excluir
    9. Adoro esse gênero e viagens no tempo. Li muitas resenhas sobre ele e quero muito poder ler o livro! Acho bem legal esse tipo de narrativa (apesar de me irritar ás vezes, porque quando esta na melhor parte.. muda). Me segurando pra não comprar esse livro.

      ResponderExcluir
    10. Drica!
      Tive oportunidade de ler esse livro e é maravilhoso!
      Além de gostar de distopias, aqui que fala de viagem no tempo é o que mais me interessou, principalmente porque achei a explicação bem aceitável para que as viagens acontecessem.
      “A dúvida é o princípio da sabedoria.” (Aristóteles)
      cheirinhos
      Rudy
      http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
      Participe do TOP COMENTARISTA de Janeiro, são 4 livros e 3 ganhadores!

      ResponderExcluir
    11. A principio me interesse por Todos os nossos ontens por abordar um tema que eu gosto muito: Viagens no tempo, depois que eu soube que era distopia, amei.
      gostei bastante da resenha, com certeza um livro bem interessante e que eu não vejo a hora de ler.

      ResponderExcluir
    12. Oi!
      Assim que li a sinopse de Todos os nossos ontens me apaixonei pela historia ela e recheada de elementos que gosto principalmente viagem no tema e parece ser bem misteriosa o que me deixou muito curiosa e esse livro já está na minha lista de leitura !!

      ResponderExcluir
    13. Adoro distopias e viagens no tempo.
      A capa deste livro é muito show tb.
      Agora que li sua resenha quero mais ler este livro...
      e se merece continuação, puxa, deve ser bom mesmo.
      gostei como a viagem no tempo é abordada, bem distópica mesmo. Como forma de opressão.
      Ai, Drica, eu quero esse livro jááá!

      ResponderExcluir
    14. Olha, que interessante. Uma distopia com uma premissa diferente. Gostei do fato de ter viagem no tempo. Geralmente histórias com viagens no tempo são um pouco confusas, mas é muito bom quando o autor domina a trama e nos dá uma explicação depois. Vou adicionar na minha lista para dá uma conferida.
      Bjs

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!