• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Estante da Tata: Agência de Investigações Holísticas Dirk Gently, Douglas Adams - @Arqueiro

    Agência de Investigações Holísticas Dirk Gently

    Dirk Gently # 1

    Autor: Douglas Adams

    Ano: 2015

    Páginas: 240

    Editora: Arqueiro

    Sinopse:
    A série O Mochileiro das Galáxias consagrou Douglas Adams por sua fina ironia e sua capacidade de elaborar histórias hilárias e inusitadas. Porém, essa não foi sua única obra-prima. Também na década de 1980, ele criou o personagem Dirk Gently, cujos elementos principais surgiram quando escrevia episódios para Doctor Who, outro ícone britânico da ficção científica.
    Adams morreu em 2001, deixando dois volumes sobre as aventuras do detetive carismático e arrogante. Agora, finalmente, o primeiro livro é publicado no Brasil.
    Richard MacDuff é um engenheiro de computação perfeitamente normal que sempre se comportou muito bem, obrigado, até o dia em que deixa uma mensagem equivocada na secretária eletrônica de sua namorada, Susan Way. Arrependido, toma a decisão mais natural possível: escalar o prédio dela e invadir seu apartamento para roubar a fita com a gravação.
    Na vizinhança, Dirk Gently bisbilhota os arredores com seu binóculo quando presencia o ato tresloucado do antigo colega de faculdade e decide entrar em contato para lhe oferecer seus serviços investigativos. Depois de uma série de acontecimentos bizarros, o detetive percebe uma interconexão obscura entre a atitude estapafúrdia do amigo e o assassinato de Gordon Way – irmão de Susan e chefe de Richard, que passa a ser suspeito do crime.
    De uma hora para outra, os dois veem-se envolvidos num caso incrivelmente estranho, com elementos díspares e desconexos que, no final, conseguem se encaixar de forma perfeita e construir uma trama típica de Douglas Adams.



    Douglas Adams é um dos meus autores favoritos. Ele faz parte do meu Top 10 da vida e é um dos poucos autores que eu considero genial (Neil Gaiman está ali do lado dele nessa lista).

    Os livros dele têm um tipo humor todo a parte, completamente único que eu, pessoalmente, nunca consegui encontrar em livros de outros autores. Seus livros fazem críticas sutis, inteligentes, sarcásticas e bem-humoradas sobre a sociedade no meio de histórias malucamente geniais.

    "Monges eletrônicos acreditam nas coisas por você, livrando-o daquela que vinha se tornando uma tarefa cada vez mais árdua: acreditar em todas as coisas em que o mundo espera que você acredite” (p.7)"


    Sério, genial é a palavra que descreve todos os livros de Douglas Adams que eu já li. Você começa lendo achando que tudo é uma maluquice sem tamanho, mas então, quando você pega as nuances das coisas que ele fala, o real significado por trás das piadas e do humor sarcástico, você percebe o quão incrível ele é, quão inteligente seus livros são.

    Falar sobre física quântica, política e religião e deixar tudo isso engraçado enquanto faz uma crítica social a sociedade moderna em uma história sobre um inglês de pijama perdido no espaço (O Guia do Mochileiro das Galáxias) ou sobre um sofá preso no corredor de um prédio (Agencia de Investigações Holísticas) é um feito e tanto.

    Douglas Adams foi uma dessas pessoas incríveis a frente do seu tempo. Ele morreu muito cedo, de ataque do coração, mas suas ideias e visões sobre a humanidade e a sociedade são atemporais e impactantes.

    Para se ter uma ideia, o mundialmente comemorado dia da toalha (a toalha é um elemento muito importante na série dO Mochileiro das Galáxias) ou também chamado, dia do orgulho nerd (25 de maio), foi criado para comemorar a vida e a obra desse autor genial que inspirou e tocou tanta gente ao redor do mundo.

    Douglas Adams é amor, minha gente, e toda e qualquer pessoa deveria ler seus livros pelo menos uma vez na vida.

    "Letras maiúsculas são sempre a melhor maneira de lidar com as coisas para as quais você não tem uma boa resposta" (p.36)

    Qualquer dia desses farei uma resenha sobre O Mochileiro das Galáxias aqui para o blog e vocês vão entender do que eu estou falando.

    Mas voltando ao foco dessa resenha, A Agencia de Investigações Holísticas é provavelmente o livro mais loucamente/genialmente construído que eu já li. Serio. Até a metade do livro, eu não tinha a MENOR ideia do que estava acontecendo na história.

    Vários plots foram apresentados, com vários personagens diferentes e cada um com uma linha temporal que parecia diversa e sem conexão com as demais.

    Mas não tenha medo, isso não atrapalha a leitura. Cada história é tão enigmática e engraçada que você fica juntando as pistas para tentar entender como aquilo tudo vai se juntar no final do livro e quando isso acontece, minha gente, é simplesmente maravilhoso.

    É como se o livro fosse na verdade um grande quebra-cabeças inteligente que o leitor tem que juntar e que, depois de pronto, faz tanto sentido que te faz se perguntar como que você não percebeu isso tudo desde o começo.

    Quando eu terminei esse livro quis voltar para o começo e ler tudo de novo só para poder ler a história com a visão de quem já sabia como montar o quebra-cabeça.

    "- Você não escuta qualquer coisa que você diz? A coisa toda era óbvia! - Ele exclamou, batendo na mesa. - Tão óbvio que a única coisa que me impediu de ver a solução foi o fato, insignificante, que era completamente impossível. Sherlock Holmes observou que uma vez que você tenha eliminado o impossível, então o que resta, ainda que improvável, deve ser a resposta. Eu, no entanto, não gosto de eliminar o impossível."

    Eu gostaria de poder dar uma sinopse resumida do livro e tentei pensar em uma por horas, sem sucesso. A história é complexa demais para explicar a vocês sem dar spoilers do livro inteiro. Para vocês terem uma ideia do quão difícil é fazer a sinopse do livro, a sinopse oficial cedida pela editora lista acontecimentos que só ocorrem na metade do livro!!! Mas não entrem em pânico, isso não atrapalha em nada a leitura do livro.

    Mas só quero dizer que o livro é muitooooo engraçado e divertido e recomendo ele a todos.

    Então vou deixar para vocês uma frase, do próprio autor sobre o seu livro, que melhor define a história desse livro e talvez até o próprio autor.

    "Um colossal épico cômico musical romântico policial de horror sobre viagens no tempo, fantasmas e detetives."

    Ps: Eu sei que o livro pode parecer maluco no começo mas insista, o final vai te surpreender.

    Ps2: Sei que muita gente talvez não entenda ou não goste do tipo de humor pelo qual Douglas Adams ficou famoso, mas se você for como eu e gostar, sua vida literária vai mudar para sempre. Só te digo uma coisa, leia os outros livros dele e se surpreenda com a resposta para a vida, o universo e tudo mais (é 42 por sinal).  

    Ps3: Você sabia que Douglas Adams foi um dos escritores mais queridos e respeitados da série Doctor Who? Vários conceitos que hoje são aplicados na série foram criados por ele.




    7 comentários :

    1. Tata, te marquei pra responder uma tag. Dá uma olhada: http://jardimdoslivrosdahelo.blogspot.com.br/2016/03/tag-7-coisas.html
      Se já tiver respondido, tudo bem. Bjs!

      ResponderExcluir
    2. Falam muito bom deste autor e de suas obras, mas confesso que ainda não tive vontade de ler.
      Bjs, Rose.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Esse autor é maravilho!! Tente dar uma chance para ele e vc não vai se arrepender =)

        Excluir
    3. Não sei se conseguirei juntar as peças do quebra-cabeça que o autor proporciona, mas mesmo assim fiquei bem curioso! O livro parece ser divertidíssimo. Abraços!
      bookdan.blogspot.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Dan Igor, eu não consegui junar as peças!! haha Fiquei perdida metade do livro!! Mas entre a gente, essa é a graça, não ver chegando a grande ''descoberta'', o motivo real por trás das coisas que acontecem no livro e como tudo se conecta..

        Excluir
    4. Oi!
      Ainda não li nada do Douglas Adams, mas vejo as pessoas falarem muito bem da sua escrita o que me deixou curiosa e lendo a resenha desse livro fiquei bem interessada parece ser uma historia engraçada e achei bem interessante esse louco quebra-cabeças que ele cria, se tiver oportunidade quero ler !!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Suzana!! Douglas Adams é muito amor na vida!! Os livros dele te fazem rir e pensar.. Recomendo muito a leitura!!

        Excluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!