• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • À convite - Priscila Gonçalves: Uma mulher livre, Danielle Steel - @Record

    Uma Mulher Livre
    Danielle Steel
    Ano: 2016
    Páginas: 294
    Editora: Record

    Sinopse:
    Dos deslumbrantes salões de baile de Manhattan para os horrores da Primeira Guerra Mundial, Danielle Steel nos leva para um mundo fascinante de uma jovem de espírito indomável. Nascida numa vida de luxo e glamour, Annabelle Worthington carrega o sobrenome, e a nobreza, de uma das famílias mais influentes de Nova York. Até que, num dia cinzento de abril, o Titanic afunda, levando junto o seu mundo. Seus pais e seu irmão mais velho estavam na viagem inaugural do majestoso navio, e apenas sua mãe sobreviveu. Para tentar confortar seu coração, Annabelle se voluntaria para trabalhar em um hospital, ajudando a cuidar dos enfermos, onde descobre sua verdadeira vocação. E, quando um homem nobre a pede em casamento, ela acredita que, enfim, voltará a ter dias felizes. Porém, novamente, o destino lhe prega uma peça, colocando-a no centro de um escândalo. Para fugir da tristeza que sua vida se tornou, ela vai para a Europa trabalhar no front da Primeira Guerra Mundial, ajudando a salvar os feridos. Na França, no auge do conflito, Annabelle consegue realizar um grande sonho: estudar medicina.
    O problema é que, mais uma vez, sua fé é colocada à prova, e ela precisará tentar retirar forças de uma grande tragédia se quiser renascer para uma nova vida. Com uma narrativa de tirar o fôlego e repleta de detalhes históricos, Danielle Steel nos apresenta uma de suas personagens mais fascinantes e singulares, e sua história inspiradora de dignidade, coragem e amor pela vida.



    Na orelha traseira do livro, há uma breve descrição sobre a Danielle Steel e o que chamou a minha atenção, fora o trecho que a denominava como a "rainha do drama". E foi exatamente o que encontrei neste livro, um belo drama, lindamente bem escrito. Confesso que fiquei surpresa com a quantidade de livros que a Steel tem publicados no Brasil, não conhecia nem dez porcento deles. E fiquei ainda mais feliz por começar com este livro.

    Annabelle, uma jovem de 19 anos que tinha uma vida normal e vivia em um lar cheio de amor e compreensão. A normalidade de sua vida termina quando ela adoece e não consegue embarcar em uma viagem de navio, que iria do Reino Unido aos EUA, passando por outros países da Europa. Somente seu pai, mãe e irmão embarcam. E este navio era o Titanic. Sua mãe volta para casa viva e a salvo. Mas não acontece o mesmo com seu pai e irmão. Infelizmente, eles não sobrevivem ao naufrágio e nem seus corpos são encontrados. Como era começo de temporada, ela precisaria cumprir o ano de luto. Sua mãe tinha medo dela não conseguir se casar por isto.

    Como ela precisa viver o luto, ela passa a maior parte do tempo em casa, com a mãe. Apenas recebendo visitas dos amigos próximos. Sua melhor amiga, Hortie, e Josiah, funcionário do banco da família, e amigo do seu pai, eram os únicos que frequentavam sua casa. Inclusive, sua amiga iria se casar nos próximos meses e ela seria a madrinha. Porém, como não seria adequado participar de eventos na sociedade, infelizmente ela não pôde. Com os dias, ela se aproxima muito do Josiah e o enxerga como seu irmão. Com ele ela tinha alguém para conversar e desabafar. Além dele ser o único que entendesse e apoiasse seu sonho de ser médica. Josiah tem o dobro da sua idade, e ainda assim acredita que ela seria uma boa esposa, e a pede em casamento quando o período do luto termina. Eles vivem juntos durante dois anos, e um pouco depois da sua mãe falecer, vítima de uma grave pneumonia, seu casamento com Josiah chega ao fim.

    Ela se vê sozinha, sem ninguém para lhe apoiar. Até sua melhor amiga lhe virar as costas por algo que ela não fez. Ela decide assim, ir embora do país e auxiliar em locais que precisavam dela. Por ter trabalhado como voluntária em hospitais e ter aprendido muita coisa com isso, ela cruza o oceano e vai para a Europa. Lá ela consegue viver muita coisa legal, se sente útil e aprende muita coisa diante dos horrores da Primeira Guerra Mundial. Um dos sonhos dela era dissecar um cadáver, e ela pôde fazer isso. E inclusive uma oportunidade sem igual lhe é dada, e ela não poderia deixar escapar. Mas, Annabelle vive muitas coisas ruins, e isso me fez ver o quão forte ela era.

    Por vezes as lágrimas ensaiavam rolar pelo meu rosto. Mas a ansiedade para saber o que iria acontecer com ela era tanta, que elas não desceram. Conheci a escrita da Danniele Steel com um livro digno de louvor. Por se passar um pouco antes, durante e após a Primeira Guerra, é um livro de época. Um livro que ensina muito sobre este período. Mesmo amando os livros de época, não sou uma grande fã de história, e são essas oportunidades que me permitem conhecer um pouco mais sobre as coisas que ocorreram no passado. Para escrever este livro, além do dom maravilhoso que a autora possui, é necessário muita dedicação e estudo. Pois quando é um fato que realmente ocorreu e marcou como muitos dos que aconteceram nesta época, é vital que tudo esteja escrito da forma que realmente aconteceu. 

    Confesso que depois deste livro marcante, lerei muito mais livros escritos pela autora. Me apaixonei pela sua escrita e pela forma como ela escreve um drama que não nos dá raiva da autora. Eu só queria ler mais e saber qual seria o desfecho, se finalmente ela viveria a vida que merecia. Outro destaque é a bela capa deste livro. Ficaria olhando ele por horas de tão lindo. Recomendo este livro a todos, inclusive aqueles que nunca leram nada da autora. É uma bela maneira de começar. E não esqueçam dos lenços.



    7 comentários :

    1. Olá!
      Conheço muito pouco dos livros da autora, mas sei que tem muitas obras e muito bem conceituadas, para os fãs do gênero. Sinceramente a premissa desse livro não me chama a atenção, mas quem sabe venha a dar uma chance a essa leitura. Ótima resenha, muito bem elaborada e motivadora. Beijos.

      ResponderExcluir
    2. Nunca li nada da Danielle Steel e também fiquei surpresa ao fazer uma pesquisa e ver o tanto de livros que ela publicou! Gosto de um bom drama, percebo que nesse livro a autora também trata de perdas dos membros familiares, que é um tema bem pesado mas que é real, e a autora parece ter tocado e emocionado o leitor, amei o enredo e quero ler

      ResponderExcluir
    3. Olha essa fama de rainha do drama ainda não tive a chance de comprovar, mas essa mulher tem é livro escrito. Conheço mais os livros de banca dela, mas hoje em dia é acho o termo até fora de uso já que alguns vem sendo lançado como de livraria.
      Sobre esse livro: Eu tenho vontade de ler, mas já estou esperando muitas lágrima. rsrsrs O enredo é bem interessante e a ambientação me agrada muito.

      Bjs

      ResponderExcluir
    4. Oi!
      Li um livro da Danielle Steel que gostei muito da historia mas nunca mais peguei algo da autora para ler e lendo a resenha desse livro fiquei bem interessada nessa historia, parece ser mesmo uma historia com uma grande carga emocional e que faz o leitor torce para a personagens do começo ao fim, achei bem interessante temos a Primeira Guerra como plano de fundo e se tiver oportunidade quero ler esse livro!!

      ResponderExcluir
    5. eu já tinha ouvido falar da autora, mas alguém que é conhecida como "rainha do drama" não é para mim...
      não ando com ânimo para esse tipo de história, mesmo tendo ficado curiosa para conhecer a história da annabelle
      talvez qd eu tiver um pouco melhor comigo mesmo, eu dê uma chance

      ResponderExcluir
    6. Muita gente mesmo fala bem da Steel, inclusive muito já ouvi falar desse livro em especial e apesar de eu apreciar dramas, não consigo desenvolver a leitura de nenhum dos livros dela. ..Ainda mais esse que é "sobre" o titanic. Nunca dormi tão bem durante um filme quanto esse

      ResponderExcluir
    7. Uau Amei! A estória parece ser interessantíssima e cheia de lições. Ainda mais pela época em que se passa. Mulher lutadora ADORO haha Já quero, amiga! Sua resenha ficou fantástica!
      Beijos,

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!