• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Leitura da Drica: Dez formas de fazer um coração se derreter, Sarah MacLean - @Arqueiro

    Isabel Townsend não é exatamente o que se espera da filha de um conde. Apesar de ter a pele delicada e de saber se portar como uma dama quando necessário, a jovem também monta a cavalo, conserta telhados, administra a propriedade e cria o irmão caçula desde que a mãe faleceu – tudo isso sem despertar a menor suspeita de que não há um homem sequer para cuidar de sua família.Para o pai dela, que só queria se divertir e gastar dinheiro em jogatinas, pouco importava o que ela fizesse. Porém, quando ele morre, Isabel se vê sem recursos e precisa defender os direitos do irmão, ameaçados pela chegada iminente de um tutor. Assim, não lhe resta saída senão vender sua coleção de estátuas de mármore, o único bem que herdou.Para sorte sua, um especialista em antiguidades acaba de chegar ao condado. Inteligente e sensual, lorde Nicholas St. John é um solteiro convicto que deixou Londres para se livrar das jovens que passaram a persegui-lo desde que foi eleito um dos melhores partidos da cidade.Em poucos dias, fica claro para Nick que Isabel é a mulher mais obstinada e misteriosa – além da mais interessante – que já cruzou seu caminho. Ao mesmo tempo, ao conhecê-lo melhor, a independente Isabel percebe que há homens em que vale a pena confiar. Enquanto eles põem de lado suas antigas convicções, seus corações se abrem para dar uma chance ao amor.

    Dez Formas De Fazer Um Coração Se Derreter
    Ten Ways to Be Adored When Landing a Lord
    Os Números Do Amor # 2
    Sarah MacLean
    Ano: 2016
    Páginas: 352
    Editora: Arqueiro

    Drica resenhando romance histórico??? Pois é, olha o que a curiosidade não faz com a gente! E posso dizer que valeu a pena sair da minha zona de conforto de leituras.

    Segundo livro da série Os Números do Amor, e sequência do livro Nove regras a ignorar antes de se apaixonar (que já foi resenhado aqui), Dez formas de fazer um coração se derreter conta a história do irmão gêmeo de Gabriel ST. John, o Marquês de Ralston, Nick St. John, que por ter sido destaque em uma revista feminina em uma lista de solteiros prováveis bons partidos, se vê como alvo da cobiça das moças casadoiras. Como se não bastasse o rapaz ser lindo e educado.


    Para salvá-lo dessa enrascada, cai como uma luva o pedido de um grande amigo para localizar a irmã adolescente que fugiu de casa.

    Vivendo uma realidade totalmente diferente, vamos encontrar Lady Isabel Townsend. Jovem órfã de mãe, filha do Conde Perdulário que logo ela descobre também ter morrido, mas não antes de perdê-la várias vezes na mesa de jogo para algum adversário mais sortudo que ele. Cuida sozinha do seu irmão James, 10 anos e agora duque de Reddich. Na verdade, não totalmente sozinha.
    “Um conde morte.Um menino herdeiro.
    Uma propriedade caindo aos pedaços.Duas dúzias de bocas para alimentar, e todas precisavam ficar bem escondidas.
    Ela nunca sentira tanto pânico.”
    Isabel criou a Casa de Minerva, local onde moças que foram oprimidas e maltratadas buscam refúgio para viver sem o jugo de um irmão ou pai dominador ou de um marido cruel. Por contrariar inúmeras leis, as mulheres se passam por homens, já que tiveram que aprender todos os afazeres dos trabalhadores de uma fazenda, e se mantem isoladas da cidade o máximo possível.

    Isabel precisa encontrar um antiquário para avaliar suas esculturas para uma venda posterior. Nick precisa encontrar a irmã do amigo. Com objetivos diferentes, seus caminhos vão se cruzar.

    O primeiro encontro dessas criaturas já é interessantíssimo! Nick salva Isabel de cavalos desgovernados que estão vindo em sua direção. Ao tentá-la tirar do caminho dos animais, ele cai por cima dela no meio da praça. Imagine o choque! E o escândalo para a sociedade da época!

    Apesar do medo de que o segredo de Townsend Park seja descoberto, Isabel abre as portas para Nick e Roque, seu melhor amigo e companheiro. As situações inusitadas não param por aí, Nick encontra Isabel consertando o telhado ao ir visitá-la. Ao mesmo tempo assustado com o comportamento nada convencional de Isabel e atraído por ele, Nick vai se aproximando cada vez mais dessa mulher que ele considera um mistério.
    “- Você está atraída por mim?Ele nunca vira uma dama admitir tal coisa. Havia algo avassalador na honestidade de sua confissão.”
    Por outro lado, Isabel vai baixando a guarda e, com a insistência das outras moradoras da casa, dá uma chance a se mesma de ver Nick com outros olhos e acreditar que ele poderia ser diferente dos homens que iam ao encontro do prêmio de uma mesa de jogo.
    "Eu nunca quis te magoar, Isabel. Seu eu soubesse que eu iria encontrar você quando eu vim para o norte, eu nunca teria aceitado o pedido do Leighton...Isso é uma mentira. Se eu soubesse que eu iria encontrar você quando vim para o norte, eu teria vindo anos atrás."
    Mas estamos falando de romance, não é? E é claro que nada será assim tão fácil!

    Adorei a ideia do livro! Adorei essa coisa da mocinha forte, implacável, batalhadora, mas feminina. E ainda ter uma protagonista que é quase uma heroína enfrentando toda uma sociedade para proteger mulheres indefesas de um sistema opressor, como não amar???

    Isabel é fantástica, ela tem medo de encontrar o amor. Afinal, o que ela conheceu do amor nunca fez muito bem às mulheres. Mas deseja ser feliz e quer acreditar que alguém será capaz disso.
    “E o tempo todo ela sabia que não havia sentido em sonhar com isso, porque heróis não existiam e a ideia de que o amor completava as mulheres não era verdadeira. Sem dúvida, em sua experiência, o amor apenas diminuía as mulheres, deixando-as tristes, desoladas e fracas.”
    Nick também é um fofo! Conhecido por não resistir a uma mulher em apuros, quem não quer um homem assim? E por isso já meteu em grandes problemas. Se vê atraído pela autenticidade de Isabel. Lindo, rico, educado e sensível. As cenas hots (sim, temos cenas beeeeeeeeem hots) protagonizadas pelos dois são dignas de fazê-lo um dos nobres mais desejados do mundo literário.  
    “Deu um longo passo para trás, desejando não ter chegado nem perto daquela mulher, que parecia ter um efeito inexplicável sobre o seu bom senso.”
    Devo confessar que lá pelo meio do livro me aborreci com o excesso de insegurança e teimosia de Isabel que quase a igualou às mocinhas mimadas da época. Graças à boa escrita da Sarah, ela se redimiu e deu um final bombástico a história.

    Agora danou-se! Apaixonei! Dona Arqueiro e Dona Sarah, vocês são as culpadas por eu ter amado um romance de época! 

    21 comentários :

    1. Driiii, tão feliz que você deu o braço a torcer e que gostou do livro, estou maluca para ler essa série, a Sarah tem uma narrativa muito envolvente e empolgante, e adorei o sobrenome do mocinho que lembrou de Moonlight!
      E essa Isabel.. nossa que exemplo de mocinha, adoro quando elas não se deixam curvar pela sociedade e suas regras. Lembrei da Lydia de O último dos canalhas, você iria gostar muito dela. =)

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Quem diria, né? Dei o braço a torcer, não me apaixonei completamente mas tb não me arrependi pq Isabel faz valer à pena!!! ela é um escândalo, para todas as épocas!

        Excluir
    2. Drica, eu amei a série, achei a melhor da Sarah até então, e em relação a este livro, eu amei demais. Principalmente a determinação da Isabel, e o seu instinto de proteção. Mas acima de tudo, amei o Nicholas. Consegui gostar ainda mais dele, do que do irmão, no livro anterior. Ainda assim o primeiro é o meu favorito. Não vejo a hora de ler o terceiro e último livro. Tenho certeza que a irmã deles vai colocar as duas mocinhas anteriores no bolso.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Nunca tinha lido nada da Sarah, Pri, mas amei!!! Nick é realmente um grande partido. vou ler o primeiro para poder comparar.

        Excluir
    3. Doida pra ler a série...Tenho o livro mas ainda não consegui ler...
      Espero conseguir o qto antes!
      Bjs!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Li siim...Tenho o vol 1 ainda não consegui ler...estou atrasada com minhas leituras...

        Excluir
    4. Estou LOUCO pelo terceiro livro,a escrita dessa autora é tão boa que só consigo parar de ler depois de finalizar o livro. Beijos.

      ResponderExcluir
    5. Adri!
      A série está dando o que falar e quero demais poder ler.
      Gostei da Casa de Minerva e de tudo que a protagonista faz para acolher e proteger as mulheres que chegam por lá.
      “É melhor saber coisas inúteis do que não saber nada.” (Sêneca)
      cheirinhos
      Rudy
      http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
      TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

      ResponderExcluir
    6. Oi!
      Eu tenho o primeiro livro, mas ainda não li. Espero fazer em breve. E depois, pretendo continuar com a série. Que bom que você gostou! Já fiquei mais animada e motivada. Gosto de romances de época, mas não tenho costume de ler muitos. Mas ano que vem pretendo ler vários! Ano que vem, porque esse ano minha lista já está completa.
      Resenha perfeita, como sempre. Beijos.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Esse foi o meu primeiro de época, Márcia, e gostei muito, viu?

        Excluir
    7. Acredita que essa é a quarta resenha que leio desse livro só hoje? Tem dado o que falar, viu! Parece ser um livro bem diferente, com uma personagem forte (embora seja insegura como vocÊ mencionou). A ideia do livro é muito boa mesmo e eu tenho tido muita vontade de lê-lo.
      Um abraço!

      https://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    8. Adoro um romance de época, ainda não li o primeiro livro dessa série, Nove regras a ignorar antes de se apaixonar, mas os dois já estão na lista de leitura, cada resenha que leio dos livros me deixa ainda mais ansiosa em começa logo a ler essa nova série da Sarah MacLean, amei a sua outra série, O Clube dos Canalhas.

      ResponderExcluir
    9. A historia parece arrancar várias risadas do leitor, gostei da Isabel por ser uma mulher forte e boa em querer ajudar outras, numa época em que as mulheres eram tipo um bibelô. Ainda não li nenhum livro da autora, embora sejam bem elogiados, mas vou querer ler em breve.

      ResponderExcluir
    10. Oi.
      Eu amei o primeiro livro, e estou muito animada para o segundo, nosso mocinho vai deixar a mocinha muito brava quando ela descobre hem kkkk.
      Gosto bastante quando os autores trabalho todo o relacionamento dos personagens fora do romance dando destaque a outros personagens e tudo mais, isso me cativa de uma maneira muito positiva, estou muito ansiosa para ler. Uma pena que excesso de falta de insegurança da mocinha te chateou, isso acontece muito comigo, mas infelizmente faz parte, enfim não vejo a hora de desfrutar dessa leitura.
      Boa Tarde.

      ResponderExcluir
    11. Excesso de insegurança e teimosia tira qualquer um do sério, né? Mas quero muito ler esse livro porque os romances de época são os meus favoritos! E quero conhecer a Casa da Minerva também. Sem contar que a capa está linda de doer, né? Com certeza foi para a minha listinha!
      Beijos.

      ResponderExcluir
    12. Oi!
      Li o primeiro livro dessa serie que gostei muito e lendo a resenha tenho que ler esse livro, o Nicholas em todo primeiro livro parece ser um personagem bem misteriosa e estava bem curiosa para ler sua historia, mas a Isabel logo me conquistou, achei bem interessante essa ideia de uma casa para ajudar as mulheres e fiquei curiosa sobre esse casal, com certeza irei ler !!

      ResponderExcluir
    13. Hahaha, que bom que você amou o livro, estou louca para ler, li alguns romances de época e amei, estou vendo vários elogios sobre esses dois livros lançados da série, e espero ter a oportunidade de ler em breve.
      Beijos *-*

      ResponderExcluir
    14. Adoro esse gênero de história e sempre vejo muita coisa boa dessa autora, mas ainda não li nada dela. O livro parece estar muito bom. Tem uma personagem forte e que não aceita as chatices daquele tempo, os hábitos arcaicos da sociedade e se impõe. Além de ter um personagem que parece ser apaixonante também. Acho que o casal está muito bom e rendeu uma bela história ^^

      ResponderExcluir
    15. Adoro romances de época!! E esse livro já me conquistou pela capa e também pela premissa dele!! Também quero ler o primeiro livro dessa trilogia dos Os Números Do Amor!! Espero que o terceiro volume seja lançado em breve.
      Beijoss

      ResponderExcluir
    16. A coisa que mais chamou minha atenção nesse livro, além da capa ser linda e de ser dessa autora que eu simplesmente sou apaixonada, foram as características dos protagonistas. Os dois são uns fofos, mesmo a Isabel tendo balançado um pouco na sua concepção no meio do livro. Fiquei mais que curiosa para saber mais sobre esse final.... ai Deus, como gostaria de ler esse livro. Eu sei que em 2017 ela não me escapa. :)

      Beijos

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!