• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Estante da Tata: American Gods - 1ª Temporada até agora (Crítica)


    Este é considerado o melhor e mais ambicioso romance de Neil Gaiman. É uma viagem assustadora, estranha e alucinógena que envolve um profundo exame do espírito americano. Gaiman ataca desde a violenta investida da era da informação até o significado da morte, mantendo seu estilo picante de enredo e a narrativa perspicaz adotados desde Sandman. Neil Gaiman oferece uma perspectiva de fora para dentro – e, ao mesmo tempo, de dentro para fora – da alma e espiritualidade dos Estados Unidos e do povo americano: suas obsessões por dinheiro e poder, a miscigenada herança religiosa e suas consequências sociais, e as decisões milenares que eles enfrentam sobre o que é real e o que não é.

    Se você acompanha as resenhas aqui do blog, você sabe que eu sou fã louca, alucinada do Neil Gaiman. Vamos só dizer que ele está no meu top 5 de melhores autores da vida (na minha singela opinião).

    E ai que alguns meses atrás começou a circular a notícia que um dos livros mais aclamados do Neil Gaiman iria virar serie.

    Eu fiquei muito preocupada e feliz ao mesmo tempo.

    Por um lado, Deuses Americanos é um livro bastante complexo, com cenas polêmicas e repleto de um humor e sensibilidade únicos, que são extremamente difíceis de adaptar para o cinema/TV, o que, obviamente, levou minhas expectativas lá pra baixo. Por outro lado, eu sabia que a propaganda da série faria com que muitas pessoas começassem a pesquisar sobre o autor e, quem sabe, até mesmo ler os seus livros.

    Até o ano passado, vários livros de Neil Gaiman, incluindo Deuses Americanos, estavam com suas tiragens esgotadas a anos! Com o anúncio da série, as editoras entraram em uma corrida para republicar os livros antigos em edições novas com capas mais modernas.

    O que eu quero dizer com tudo isso é que, independente da série ser boa ou ruim, ela desencadeou uma série de eventos pelos quais eu estou realmente grata (Tem ANOS que eu tento comprar um exemplar de Belas Maldições e só agora eu consegui!).

     Mas aí veio a surpresa. A série de Deuses Americanos não é boa, ela é MARAVILHOSA.


    Adaptações literárias são sempre complicadas, mas Deuses Americanos mostra que, com cuidado e, principalmente, com respeito a obra original, coisas incríveis podem acontecer.

    Deuses Americanos conta a história de Shadow Moon, um condenado que acabou de sair da prisão só para descobrir que sua esposa morreu um dia antes. A caminho do funeral de sua esposa, Shadow conhece um homem misterioso chamado Quarta-Feira e desse homem ele recebe uma proposta de trabalho.


    Rodando os Estados Unidos com o Quarta-Feira (Wednesday), Shadow começa a perceber que o mundo não é tão simples como ele achava e que ele, na verdade, está no meio de uma guerra entre os deuses antigos (Odin, Anubis, Anansi...) e os deuses novos (o dinheiro, a mídia, a tecnologia...).


    Para os deuses, o que lhes dá poder, o que lhes mantem ‘’vivos’’ é a adoração, a lembrança dos seus fiéis. Os deuses antigos estão perdendo suas forças, vivendo de forma medíocre e perdendo os seus lugares para os deuses novos.

    O tempo passa e as crenças mudam, as pessoas mudam e aquilo que elas reverenciam também e com isso novos deuses surgem. O problema é que certos deuses antigos não querem ser esquecidos, não querem morrer e, por conta disso, iniciam uma guerra que vai mudar tudo.



    Eu gostaria de poder explicar mais sobre a história mas eu não posso fazer isso sem entregar muito mais. Mas eu gostaria de dizer que Deuses Americanos é um livro excepcional e se tornou uma série de tv maravilhosa.

    Neil Gaiman criou um mundo onde os deuses de todas as mitologias coexistem de forma que te leva a crer que a crença em sua existência é que os torna reais. Nenhuma religião está correta, mas sim, todas. O que você acredita, aquilo no que você tem fé, é o que é real para você.

    Assim como vários livros de Neil Gaiman, Deuses Americanos retrata o mundo como ele é e faz isso de forma crítica e interessante. Seus personagens têm diferentes origens, diferentes crenças e vários tipos de sexualidade. Todos os personagens são complexos e bem escritos e diversidade é a palavra-chave aqui.

    Neil Gaiman nunca teve medo de escrever as coisas como elas são, com diversidade, e sempre foi criticado por isso. Lá em 1991, uma das suas histórias mais premiadas, foi alvo de gigante boicote no Estados Unidos porque por que continha personagens gays, lésbicas, bissexuais e trans.

    É indiscutível como Neil Gaiman trata a evolução da humanidade, começando pelos deuses mais antigos que eram venerados pelas dadivas que eles proporcionavam (colheitas, fertilidade, chuva) e como hoje, ainda que indiretamente, é o poder, o dinheiro, a mídia, a tecnologia que recebem essa “admiração”.

    Deuses Americanos é de longe a melhor série que estreou esse ano e, mesmo após somente 3 episódios, já foi renovada para uma segunda temporada.



    PS: Deuses Americanos é um ótimo livro, mas o meu favorito do Neil Gaiman é Belas Maldições (uma história cômica sobre o apocalipse que envolve um anjo que não quer voltar para o céu porque lá é muito chato e um demônio que não quer voltar para o inferno porque lá faz muito calor e os gritos dão dor de cabeça nele) e Lugar Nenhum (um homem descobre que existe uma Londres inteira embaixo da Londres comum, mas que uma pessoa não pode habitar entre os dois mundos. Ao viver em uma Londres, você se torna invisível na outra).

    Aviso: Deuses Americanos possui várias cenas explicitas, nudez e violência. Não é recomendável para menores de 16 anos.



    4 comentários :

    1. Oi Tata, fico feliz pelo fato da série ser maravilhosa e como ainda não li nenhum livro desse autor mas percebo o quanto ele é elogiado tô pensando em começar a conhecer suas ideias através da adaptação. A ideia de Deuses Americanos é bem diferente do que tô acostumada a ler, mas um diferente legal rsrs e assim espero curtir muito a série também e já ficar curiosa pra conhecer suas outras obras. ;) Curti a critica :)

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Neil Gaiman é tão maravilhoso! Eu realmente recomendo os livros dele!! Se tiver a oportunidade não deixe passar!!

        Excluir
    2. Estou evitando procurar mais informações por essa série, pq ainda não li o livro, e sabe aquela pessoa que está se remoendo por dentro? kkkkk bem isso

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. A serie é bem fiel ao livro sabe, mas eu realmente recomendo a leitura primeiro haha

        Excluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!