• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Lendo com a Dani: Na neve com um herói, Rebecca Winters

    O melhor presente de Natal!

    Já faltava pouco para o Natal e Crystal, uma mãe solteira, sabia que teria de gozar aquelas férias nos cumes nevados dos Alpes com o filho. Mas isso não seria fácil, pois teria de ver diariamente o homem que exercia um efeito devastador sobre ela: Raoul Broussard.

    Sempre tinha havido uma atração forte entre eles, mas era irmão do seu falecido marido e, por isso, Crystal estava decidida a manter as distâncias. Contudo, os passeios de trenó e o tempo que passava sentada em frente ao fogo crepitante da lareira com Raoul estavam a aproximá-la dele, e sabia que, mais cedo ou mais tarde, teria de enfrentar os seus sentimentos por aquele homem que se dava tão bem com o seu filho.
    Na neve com um herói (Snowbound with Her Hero)
    Autora: Rebecca Winters
    Idioma: Português de Portugal
    Harlequin Ibérica (2014)
    108 páginas

    Nota: livro não publicado no Brasil.


    Eita que falta me fazia ler romance de banca. E fiz uma ótima escolha para matar a saudade!

    Não é romance mulherzinha, para os preconceituosos, este é um romance bem dosado, sem excesso de açúcar, com cenas em família... 

    Ah, só lendo para você entender bem o que digo!

    Apenas 108 páginas de muita fofura! Li em menos de duas horas!

    Crystal é uma jovem viúva, mãe de um garotinho de seis anos, que perdeu o marido num acidente de esqui. Esporte do qual também era competidora, até que engravidou.

    Phillipe é um jovem garotinho que é muito apegado ao tio, afinal, mesmo quando vivo, seu pai Eric, mal lhe dava atenção.

    Um ano e dois meses afastado de sua terra natal, Chamonix - França, Phillipe fica extasiado quando seu tio Raoul aparece em Breckenridge, EUA.

    Crystal fica perturbada ao simples som da voz do cunhado, e um tanto alarmada, pois para deixar Chamonix, algo deveria estar acontecendo.

    Raoul é amoroso, extremamente gentil com Phillipe, não é de admirar o amor que o garoto tem pelo tio, embora ele tenha mudado um pouco ao perder sua esposa e ficado um tanto retraído.

    Mas eventos passados fizeram com que Raoul e Crystal tivessem um forte laço, que ela luta para ignorar, mesmo estando viúva.

    Para êxtase do menino, eles partem para Chamonix e a simples convivência com a família paterna opera mudanças em Phillipe, que vivia retraído e não se enturmava nos Estados Unidos.

    Raoul faz o que pode para estar perto dos dois e saber se Crystal sente o mesmo por ele. Num plano bolado por seu amigo Desi, ele terá sua prova.

    "- Que sentimento de culpa? Nenhum dos dois fez nada de que deva envergonhar-se. As pessoas não escolhem por quem se apaixonam, simplesmente, acontece."

    Mas será que Crystal conseguirá deixar de lado esse sentimento de culpa? O que seus sogros pensarão a respeito disso?

    O que todos sabem com toda a certeza é que, para Phillipe, nada sairia melhor do que sua mãe casar com o tio adorado.

    A autora descreve tão bem Chamonix (imagem abaixo) que precisei conferir com a ajuda do Google, e penso que se eu fosse adepta de esqui, iria para lá com toda certeza.


    Eu adorei a família Broussard, com exceção do falecido Eric. Arlette é uma mulher de presença, querida, uma ótima sogra. Jules é um senhor que está lutando contra o luto por um filho e a infelicidade de outro, e vai mostrar que o que realmente importa é o amor.

    Os primos de Phillipe são crianças adoráveis. E as tradições de Natal da família são muito lindas de acompanhar.

    Rebecca Winters nos leva por passeios nos Alpes, nos faz imaginar o Mont Blanc e imaginar a sensação do vento em nossos rostos numa descida de esqui; e de quebra nos deixa na torcida por este casal que claramente se ama, mas que precisa ultrapassar algumas barreiras.

    O final foi maravilhoso. Não deixou nada a desejar, foi bem completinho, com momentos de risos e suspiros.

    Desafio você a não se apaixonar por Raoul Broussard e torcer para que ele consiga conquistar o amor da sua vida.



    16 comentários :

    1. Awn, um romance de banca ❤ Que amor! !
      Gosto muito desse tipo de livros porque eles sempre são rápidos, tranquilos e amorzinho 💕

      Essa história parece ser bem fofa!


      Bjo

      ResponderExcluir
    2. Oi Dani, eu amo romances de banca <3 tento estar sempre intercalando alguns entre minhas leituras e curti esse. Inicialmente eu achei estranho o irmãos gostar da viúva do irmão morto, mas se Eric é o único da família que você não gostou já vi que ele não era coisa boa kkk e assim quero sim ler essa história que promete ser fofa. Amei a resenha *__*

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Sim, é estranho, mas possível. Raoul é super!
        Obrigada por comentar.

        Excluir
    3. Dani!
      Amo romances de banca e todo mês leio apenas um.
      Gostei de ver que esse é ambientado nos Alpes e que a autora consegue nos transportar para esse cenário maravilhoso.
      Já anotei aqui para ir em busca pelos sebos da vida.
      Desejo uma semana de muita luz e paz!
      “Para cultivar a sabedoria, é preciso força interior. Sem crescimento interno, é difícil conquistar a autoconfiança e a coragem necessárias. Sem elas, nossa vida se complica. O impossível torna-se possível com a força de vontade.” (Dalai Lama)
      Cheirinhos
      Rudy
      TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Rudy, não imagino que vá encontrar no sebo, sorry.

        Excluir
    4. Pela quantidades de páginas posso esperar um romance leve, de arrancar suspiros, outro ponto que me chamou a atenção, foi que me pareceu ter uma trama muito bem desenvolvida, que nos cativa ainda mais. Vejo que a descrição da cidade e lindíssimas, também fiquei morrendo de vontade de conhecer. Espero que este casal tenha um final feliz.

      Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
      http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    5. Olhando a imagem parece ser um lugar calmo e tranquilo é encantador. Parece ser uma historia muito gostosa de ler é de deixar o leitor torcendo e muito pelo casal e também suspirando rs. Romances de bancas são muito fofos, faz tempo que não leio um que bateu até uma saudade rs.

      ResponderExcluir
    6. Olá!
      Adorei a resenha, parece um romance bem leve e bem fofo!
      Vou anotar a dica para ler depois de algumas leituras pesadas.
      Beijos

      ResponderExcluir
    7. Não sou acostumada de ler romance de banca, acho que na verdade eu só uns dois ou três livros desse gênero, mas parece ser uma historia cheio de romances e cheio de aventura. E é um livro pequeno, de leitura rápida e gostosa de ser ler, o que foi que me chamou atenção.
      Vou anotar a dica e ler em dia qualquer desses.
      Beijos.

      ResponderExcluir
    8. Amo esses romances de banca. Tenho quase todos no notebook. Amei esse livrinho, a història é bem legal, no estilo de todas as publicações Bianca, Julia, Sabrina, etc. Com certeza vou procurar para ler. Valeu por me relembrar as maravilhas desses livros.

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!