Livros da Gata: Great Expectations, Charles Dickens

As Grandes Expectativas de Charles Dickens conta a história de Pip, um órfão inglês que enriquece, abondona seus verdadeiros amigos e se humilha com sua própria arrogância. Introduz também um personagens mais pitorescos da literatura: Senhorita Havisham.
Dickens estabeleceu grandes expectativas durante o tempo em que a Inglaterra estava se tornando uma potência mundial rica. As máquinas tornavam as fábricas mais produtivas, mas as pessoas viviam em condições terríveis. Ingênuo Pip, assutadora Srta Haversham, a lindamente fria Estella , o terrível Abel Magwitch e um elenco fantástico Dicken são perfeitamente retratados na nova adaptação de Crystal Chan, com obras de arte do artista Nokman Poon.
Great Expectations
Manga classics
Charles Dickens
350 páginas
Idioma: Inglês



Nessa intrigante história sobre as muitas facetas da crueldade humana, conheci Pip, garoto bom que foi criado por uma irmã malvada e pelo cunhado bondoso. Pip não entende porque seu cunhado, mesmo sendo novo e podendo mudar de vida, preferiu viver sem ambições e se entregar ao trabalho a que foi treinado a fazer. Cercado por pessoas interesseiras, ele percebe a nobreza da alma do cunhado e tem muito carinho por ele.


Porém, num dado momento, é levado para a casa da Srta. Havisham a pedido dela, e é ai que começa sua odisseia. Ele fica fascinado pela filha adotiva da mulher, Estella, e tenta de todas as formas ser um cavalheiro para chamar a atenção da garota que sempre que pode é fria e má com ele.


Graças a um benfeitor desconhecido, ele conquista tudo que sonhou e muda de vida, fugindo da pobreza e dor de seu passado e abandonando todos que gostavam dele.

O jovem cavalheiro Phillip é bem diferente do garoto ingênuo Pip e, aos poucos, ele mesmo vai percebendo e tendo que enfrentar as consequências de suas escolhas.

O livro de Charles Dickens é um dos grandes clássicos de todos os tempos que, tanto o escritor que adaptou a obra para o mangá quanto o desenhista conseguiram retratar muito bem. Consegui viver todas as emoções que brotavam dos gráficos e perceber as características marcantes de cada personagem.

Uma pena para mim o roteirista ter escolhido o primeiro final escrito por Charles Dickens, pois o livro que tenho optou por este mesmo encerramento e eu queria conhecer o final alternativo que ele escreveu para agradar ao público.

A capa está fantástica, rica em elementos e simbolismos que atraem para a leitura.

Beijos, Myl.


8 comentários

  1. Oi My, conheço superficialmente a história de Grandes Esperanças, mas sei que é um clássico e como tal tem muitos fãs e várias adaptações. Achei a ideia da criação do mangá muito interessante e os desenhos estão bem bonitos. Gostei da resenha, fiquei curiosa sobre a diferença entre o primeiro final e o alternativo, mas acho que também iria preferir o alternativo, que foi criado pra agradar o público :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou um pessoa visual , então ter em formato mangá me ajudou a perceber melhor a mensagem.

      Excluir
  2. Mylena!
    Ler Dickens já é difícil e ainda em quadrinhos, achei bem sui generis.
    Pelo jeito foi uma boa leitura, mas confesso que prefiro ler as obras originais do autor e não como essa, adaptada.
    Bom domingo!
    “Conhecer os outros é sabedoria. Conhecer-se a si próprio é sabedoria superior.” (Lao-Tsé)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. Oi Mylena, saudades!!!
    Adoro histórias em quadrinhos, e essa adaptação para os quadrinhos ficou bem legal.
    Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  4. Não li nenhum livro do autor e nem conhecia o mangá, parece ser legal, nos passa uma grande lição sobre a humildade o personagem ficou tão arrogante depois que ficou bem de vida e sobre nossas escolhas e as consequências que elas geram, pois acaba afetando muitas outras pessoas além de nós.

    ResponderExcluir

O seu comentário alegra o nosso dia!!!