A dama mais apaixonada

Entre no mundo cintilante do período da Regência e prepare-se para ter seus corações aquecidos por Julia Quinn, Eloisa James e Connie Brockway... Durante sua peregrinação anual de Natal à Escócia, para visitar seu tio idoso em seu decrépito castelo, o Conde de Rocheforte e seu primo, Conde de Oakley, recebem presentes únicos: seu tio invadiu a festa de Natal de um lorde inglês - Lorde Bretton - e sequestrou quatro adoráveis mulheres para seus herdeiros escolherem... O castelo fica isolado devido à nevasca e as horas se tornam dias, as intenções mais honrosas revelam tentações tão surpreendentes quanto irresistíveis.
A Dama Mais Apaixonada
Três autoras, uma história
A Dama Mais... # 2
Ano: 2019 
Páginas: 288
Idioma: português
Editora: Arqueiro

“ A Escócia é para os escoceses.”

É sob esta premissa que Taran, um castelão escocês, decidiu invadir um baile de um conde inglês em suas terras na Escócia para raptar jovens damas para seus dois sobrinhos pois precisava de sucessores escoceses...


A Dama Mais Apaixonada une novamente três escritoras talentosas para criar um romance de época ao melhor estilo das festas de fim de ano. Eloísa James, Júlia Quinn e Connie Brockway criaram uma doce história inspirada num musical clássico dos anos 50: “Sete Noivas para Sete Irmãos”, que tive o prazer de ver algumas vezes nas noites de sábado no antigo Supercine e confesso que foi saber desta inspiração que me deixou ansiosa para ler o livro. Amo demais este filme e toda sua narrativa além das músicas e dos irmãos atrapalhados, caipiras e brucutus que alegram a história.

Agora temos quatro mulheres sequestradas por um grupo de homens liderados por Taran que ficam presas num castelo decrépito e congelante juntos com os sobrinhos dele e um duque durante uma tempestade de neve nas montanhas. 


 Como num conto de fadas repleto de magia, o amor penetra junto com o frio as paredes destruídas do castelo e as flechas do cupido atravessam corações rapidamente aquecendo os atingidos por suas flechadas certeiras.

“ Aqueles que acreditam em conto de fadas e coisas assim – e, como os escoceses não são tolos, sabem muito bem que a magia existe, - bem, esses mais tarde diriam que uma estranha lua brilhou sobre o castelo Finovair naquele mês de dezembro, uma lua dos amantes, uma lua azul, uma lua de mel.”

Assim como a antologia "A Dama Mais Desejada", “A Dama Mais Apaixonada” é dividida em três partes, além de um prólogo e um epílogo, e conta de forma bem humorada e com diálogos afiados como um grupo de cavalheiros foi conquistado por um grupo de damas audaciosas ou será que foi o contrário???  Não importa. O que importa é que o amor está no ar.

O livro é super rápido de ler e, como no anterior, as autoras se movem pelos três principais romances de forma leve criando um ótimo 'cura ressaca'. Quem está acostumado com a escrita de cada uma delas certamente notará os diferentes estilos e perceberá quando a história vira, mas tudo isso acontece com linearidade sem que percam o fio da meada.

Julia Quinn conta a história de amor do duque de Bretton que, fez uma breve aparição no livro anterior, conquista sua cara metade aqui. Gostei muito dessa história. O duque é muito fofo e sua aparição no meio dessa confusão foi ótima. Ele é do tipo sem segredos ou problemas sombrios. Seu par romântico é a filha de um proprietário de terras sem títulos, Catriona, que foi sequestrada por engano e é a garota mais espirituosa e esperta da turma.


Eloisa James cria a história de um dos sobrinhos, o sisudo conde francês Byron que acabou de ser traído às vésperas de casar. Ele foi criado de forma rígida por seu pai e sempre fora um rapaz solitário. Byron acaba se encantando justamente pela dama mais complicada, Fiona, a filha mais velha de um homem que ama mais a filha caçula, Marilla, que se mostra como a mais ousada e desejosa de casar. 

Connie Brockway traz a história do "amor à primeira vista" entre o sobrinho libertino Robin e a herdeira rica e muito virgem Cecily. Ela sempre quis se casar por amor e se apaixona pelo sorridente Robin que muda ao perceber que também ama a garota que acredita ser proibida para ele.

Gostei de como as escritoras conduziram os romances só me irritei um pouco com Robin que travou muito a história dele. Gostei demais do epílogo e de como aconteceu o desfecho da trama.


Um comentário

  1. Este segundo livro da saga das autoras lindas está dando o que falar com certeza!
    Morro de vontade ler desde o primeiro, mas ainda não tive oportunidade. Unir três autoras de peso, com essas três histórias reunidas num só enredo é uma coisa fascinante e como amo o gênero, quero demais conferir!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir

O seu comentário alegra o nosso dia!!!