A Paciente Silenciosa, Alex Michaelides

Um assassinato, uma verdade oculta. As raízes do silêncio são muito mais profundas do que se pode imaginar.
Alicia Berenson escreve um diário para colocar suas ideias em ordem. Ele é tanto uma válvula de escape quanto uma forma de provar ao seu adorado marido que está bem. Ela não consegue suportar conviver com a ideia de que está deixando Gabriel preocupado, de que está lhe causando algum mal.
Alicia Berenson tinha 33 anos quando matou seu marido com cinco tiros. E nunca mais disse uma palavra. O psicoterapeuta forense Theo Faber está convencido de que é capaz de tratar Alicia, depois de tantos outros falharem. E, se ela falar, ele será capaz de ouvir a verdade?
A Paciente Silenciosa
Ano: 2019 
Páginas: 350
Idioma: português

Nossa misteriosa paciente silenciosa é Alicia Berenson, uma pintora talentosa e bem-sucedida, casada com Gabriel. Tudo parecia bem entre eles até o dia em que Alicia supostamente dispara 5 tiros e o mata. E, a partir daí, não fala mais nada, nem mesmo para se defender ou assumir a autoria do crime. Será que Alicia é realmente a assassina de Gabriel? Que motivos ela teria para cometer o crime? Mantida em uma clínica psiquiátrica já a algum tempo, ela ainda se recusa a falar com qualquer pessoa.

Quem narra a história de Alicia é Theo Faber, um psicoterapeuta que se dedica à missão de fazê-la voltar a falar para saber a verdade em relação ao assassinato, além de pintar e voltar a levar uma vida comum. Enquanto isso, o ponto de vista de Alicia chega até o leitor através de trechos do seu diário, extremamente revelador.

“Para encarar a verdade. Às vezes é preciso coragem, você sabe, e muito tempo, para ser honesto.”

Escrita alternando fatos do passado e do presente, temos um thriller psicológico super ágil favorecido com pelos capítulos curtíssimos que vão deixando pistas num ritmo tão alucinante que o leitor desatento poderá nem perceber. Gradativamente vamos reconstruindo o que aconteceu no dia do crime que levou ao assassinato de Gabriel.

“Lembre-se: um amor que não inclui a honestidade não merece ser chamado de amor.”

Um dos pontos fortes da história é a fundamentação da mesma nas teorias da Psicanálise, respaldada por citações de especialistas da área. Sem falar da dose de realidade acrescentada por conta da abordagem médica. Tudo isso perfeitamente unido pela escrita detalhista de Alex Michaelides que faz, por veze, o leitor se sentir dentro das paredes brancas e frias de uma clínica psiquiátrica com todos os sons estranhos que o nosso medo pode nos fazer ouvir.

Li A paciente silenciosa sem tomar conhecimento da sinopse, o que foi uma grata surpresa. Se prepare para um thriller de tirar o fôlego!




Um comentário

O seu comentário alegra o nosso dia!!!