Siga em Frente, Austin Kleon



A vida criativa não é uma jornada linear em direção a uma linha de chegada, ela é como um loop – portanto, encontre uma rotina diária, já que hoje é o único dia que importa. Desconecte-se do mundo para conectar-se a si mesmo – e às vezes você só precisa mudar para o modo avião para que isso aconteça. SIGA EM FRENTE celebra as atividades ao ar livre e incentiva pequenas escapadas, nem que seja apenas para um passeio curto (como o diretor Ingmar Bergman disse à filha: “Os demônios odeiam ar fresco”). Preste atenção e, principalmente, preste atenção no que você presta atenção. Preocupe-se menos em terminar as coisas e preocupe-se mais com o valor do que você está fazendo. Foque menos em deixar sua marca nas coisas, trabalhe mais para deixar as coisas melhores do que estavam quando você as encontrou.
SIGA EM FRENTE traz princípios éticos, atemporais e práticos para aqueles que tentam manter uma vida produtiva e significativa.

Siga em Frente
# 3
Ano: 2020 
Páginas: 224
Idioma: português
Editora: Rocco


A vida é um fluxo de pensamentos constantes que na maioria das vezes se forma em nó e dificulta para nós seguir em frente, o fluxo criativo é interrompido e o cansaço da lugar ao tédio, nos impedindo diariamente de seguir. Você já parou e pensou sobre a possibilidade de mudar a sua rotina? Parar de insistir em algo que não tem dado resultado e apenas seguir em frente para novas histórias? Já pensou que talvez aquele seu projeto esteja estagnado justamente por seu fluxo criativo ter cansado? 

São perguntas que precisam de respostas e nada melhor do que um livro para isso, “Siga em frente” vai tratar sobre ir adiante e descansar seu fluxo criativo para que você tenha uma mente descansada e possa voltar a sua rotina de trabalho criativa, seja ela dentro da arte ou fora dela. 

“Tudo melhorou quando aceitei que talvez nunca ficasse mais fácil. O mundo é uma loucura. Trabalho criativo é difícil. A vida é curta, a arte é longa.”

Austin Kleon criou uma lista de dez passos divididos em capítulos que apresenta uma forma clara, divertida e direta de como desacelerar e fazer a sua própria rotina, sem medo, apenas tomando cuidado para que o fluxo de ideias não se perca no caminho com uma rotina de procrastinação sem futuro. 

A criatividade precisa ser trabalhada de forma leve e o autor ensina em seu livro a como fazer isso, como dar voz a criatividade parando de tentar imitar os outros e criando o seu próprio ritmo de projeto e trabalho. 

“Dizer ‘não’ para o mundo pode ser muito difícil, mas às vezes é a única forma de dizer ‘sim’ para a arte e a sanidade.”

Por aqui temos duas leitoras que se encantaram e aprenderam muito com a escrita do autor, essa que vos escreve e a dona desse ramo literário chamado Minha Velha Estante, o que prova o quanto somos gêmeas, agora ficaremos desejosas por ler mais obras do autor, mas e você... já leu algo dele? Conta aqui que a gente quer saber, se ainda não leu, corre ler. 

Volto em breve com mais leituras e mais novidades, beijinhos e até mais!


Um comentário

O seu comentário alegra o nosso dia!!!