Despedida, Bruno Drummond


Um romance em cartum ou uma comédia romântica em quadrinhos?
Silvia está se despedindo da vida de solteira. Ela vai se casar. Edgar está se despedindo da vida. Ele quer se matar. O encontro dos dois pode mudar isso. Ou não.

Bruno Drummond se inspira no popular gênero de cinema para contar uma história recheada de personagens indecentes e diálogos indigestos. O autor da coluna Gente Fina, publicada por 15 anos no jornal O Globo, imprime um ritmo de cartum – desenhos de humor de três ou quatro cenas – numa narrativa gráfica original.

Despedida
Uma comédia romântica em quadrinhos
Bruno Drummond
Ano: 2020 
Páginas: 168
Idioma: português
Editora: Bloco Narrativo


Despedida é uma das gratas surpresas que o Skoob me trouxe. Uma HQ nacional, divertida e com um enredo bastante incomum. 

Praticamente toda em preto e branco e com desenhos de altíssima qualidade, Despedida traz o encontro inusitado entre Edgar e Silvia numa noite em que ambos estão se despedindo de alguma coisa. Enquanto ela está aproveitando a noite da sua despedida de solteira, Edgar se despede da vida, apesar de estar tendo dificuldade para puxar o gatilho e por fim ao seu dilema. 


O encontro desses dois vai trazer muitas reflexões a ambos e ao leitor também. Com um humor ácido, Bruno Drummond usa os personagens para analisar o cotidiano da vida adulta e fazer críticas ao mundo da alta sociedade de maneira hilária.

Uma leitura rápida, deliciosa e cheia de diversão.



Nenhum comentário

O seu comentário alegra o nosso dia!!!