• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Leitura da Drica: A Escolhida, Lois Lowry - Arqueiro

    Título: A Escolhida

    Autor: Lois Lowry

    Editora: Arqueiro

    Número de Páginas:  192

    Ano de Publicação: 2014




    Sinopse:

    Kira, uma órfã de perna torta, vive em um mundo onde os fracos são deixados de lado. A partir do momento da morte de sua mãe, ela teme por seu futuro até que é perdoada pelo Conselho de Guardiões. A razão é que Kira tem um dom: seus dedos possuem a habilidade de bordar de forma extraordinária.

    Ela supera a habilidade de sua mãe, e lhe cabe a tarefa que nenhum outro membro da comunidade pode fazer. Enquanto seu talento a mantêm viva e traz certos privilégios, ela percebe que está rodeada de mistérios e segredos, mas ninguém deve saber sua intenção de descobrir a verdade sobre o mundo.

    “Tremeu levemente de medo. O temor sempre fizera parte da vida das pessoas. Por causa do medo, elas construíam abrigos, buscavam comida e plantavam hortas. Pelo mesmo motivo, armazenavam armas, precavidas. Havia o medo do frio, da doença, da fome, das feras.

    E foi o medo que a impulsionou naquele momento, apoiada em seu cajado. Ela lançou um último olhar para o corpo sem vida que um dia abrigara sua mãe e perguntou-se aonde poderia ir.”

    Como simplesmente adorei O Doador, não podia esperar para ler A Escolhida, anunciado como a sua continuação, e saber o que aconteceu com o meu personagem preferido.

    Mas, lamentavelmente, A Escolhida não é uma continuação de O Doador, e sim uma nova história que em momento algum faz alusão a primeira, com personagens diferentes, ambientado em um local diferente. E ainda deixou a desejar.

    A Escolhida é Kira, menina que nasceu com um defeito na perna que a faz mancar, e no seu mundo estaria destinada ao Campo de Partida, local onde as pessoas são deixadas para morrer, por causa da sua deficiência, pois ela seria um peso para a sua família e comunidade. Mas sua mãe Katrina não permite e a cria sozinha, pois o seu pai foi devorado pelas feras.

    Mas ela vê o seu destino mudar com a morte repentina da mãe. Sozinha e indesejada pelos vizinhos que saqueiam a sua casa, Kira não tem muitas esperanças para o futuro.

    Logo Kira vê o seu destino mudar ao ser convidada para restaurar a túnica centenária do Cantor, túnica que, através de delicados bordados conta a história da comunidade e será usada no dia da Congregação, o evento mais importante do vilarejo, quando o cantor canta a história do seu povo. Antes restaurada por sua mãe, o Conselho descobre que Kira é ainda mais habilidosa e lhe dá um trabalho e um local para morar com regalias que ela jamais imaginaria.

    Kira vai morar no prédio do Conselho e lá conhece Thomas, um jovem talentoso entalhador encarregado de restaurar o cajado que o Cantor usa.

    Por um curto tempo, Kira, Thomas e Matt, seu único amigo dá época em que morava no vilarejo, eles são felizes, até que Kira começa a perceber que há muito mais por trás dessa suposta bondade do Conselho. Segredos começarão a ser revelados e Kira terá que tomar decisões importantes que podem mexaer com toda a comunidade.

    Uma narração lenta, sem grandes emoções e descobertas, onde tudo fica nas entrelinhas e cabe À imaginação do leitor ir traçando o que virá a seguir. A Escolhida é um dos poucos livros distópicos sem grandes acontecimentos e tragédias, surge como uma pequena amostra do que se passa em uma determinada comunidade que criou suas próprias regras de convivência.

    Kira não é uma personagem cativante como Jonas, apesar de ser uma garota forte e corajosa. Acho que Matt rouba a cena várias vezes e ele sim, é um fofo.

    Achei muito interessante como são dados os nomes aos habitantes desse mundo: ao nascer, o nome das crianças tem apenas uma sílaba e, a passagem pelas fases de adulto e idoso são marcadas pelo acréscimo de novas sílabas. Não sabemos como o mundo de Kira se tornou o que é, nem o porquê dessa pseudo seleção natural, onde só os fortes devem sobreviver. Aos poucos, alguns detalhes sobre o ambiente são revelados pela própria descoberta dos personagens que vão desvendado os mistérios para o leitor.

    A autora está de parabéns por ter criado mais um mundo distópico com semelhanças com o nosso: busca desenfreada pelo poder, utilização das pessoas como objetos, desprezo pelos mais fracos, manipulação. Vamos aguardar pelo terceiro na esperança de saber o que aconteceu com Jonas.







    11 comentários :

    1. Iiih Adriana, fiquei sabendo que só la pro quarto vai ter uma ligação entre as histórias, que no terceiro é outra pessoa ainda . Não sei se é isso mesmo, mas li em algum lugar. Adorei o primeiro livro e depois daquele final eu esperava uma continuação com o Jonas mesmo, uma pena não ser, mas mesmo assim quero ler A Escolhida e conhecer esse outro lugar que a autora criou.

      ResponderExcluir
    2. Diferente isso..a continuação não ser a continuação.. mas provavelmente as coisas vão se encaixar nos próximos livros..

      ResponderExcluir
    3. Se dizem que O Doador de Memórias é um livro fantástico, provavelmente, A Escolhida também deve ser. Acho que a autora deixou a desejar por fazer uma história separada da outra, mas espero que tudo se encaixe nos próximos livros. Gostei da personalidade da Kira, porque por mais que ela perca sua mãe, ela cria coragem para enfrentar o mundo e dá a volta por cima!

      ResponderExcluir
    4. Adriana!
      Geralmente os livros de distopia tem muita haver com nossa realidade, onde um governo obscuro quer tomar conta de tudo e de todos.
      Nossa! Achei que era uma continuação de Doador, tem o lado bom e o lado ruim, né? Bom é que nada tem haver com o anterior e assim podemos ler de forma independente.
      cheirinhos
      Rudy

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Dá p ler de forma independente sim, mas acho q as duas histórias vão se cruzar em algum ponto.

        Excluir
    5. Oláaa!
      Ahh, fiquei um pouco triste de não ter o Jonas :(
      mas de qualquer modo, estava curiosa pra saber o que aconteceu com aquele lugar.
      Beijos ;*

      ResponderExcluir
    6. Esse livro tem uma lição de vida mtoo lindaaa :) parece ser daqueles envolventes que nos arrancam lagrimas.. estou ansiosa pra lê-lo..
      amei a resenha só me deixou mais curiosa rsrsrs..
      bjoos

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!