• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Leitura da Drica: Origem

    De onde viemos? Para onde vamos?
    Robert Langdon, o famoso professor de Simbologia de Harvard, chega ao ultramoderno Museu Guggenheim de Bilbao para assistir a uma apresentação sobre uma grande descoberta que promete "mudar para sempre o papel da ciência".
    O anfitrião da noite é o futurólogo bilionário Edmond Kirsch, de 40 anos, que se tornou conhecido mundialmente por suas previsões audaciosas e invenções de alta tecnologia. Um dos primeiros alunos de Langdon em Harvard, há 20 anos, agora ele está prestes a revelar uma incrível revolução no conhecimento... algo que vai responder a duas perguntas fundamentais da existência humana.
    Os convidados ficam hipnotizados pela apresentação, mas Langdon logo percebe que ela será muito mais controversa do que poderia imaginar. De repente, a noite meticulosamente orquestrada se transforma em um caos, e a preciosa descoberta de Kirsch corre o risco de ser perdida para sempre.
    Diante de uma ameaça iminente, Langdon tenta uma fuga desesperada de Bilbao ao lado de Ambra Vidal, a elegante diretora do museu que trabalhou na montagem do evento. Juntos seguem para Barcelona à procura de uma senha que ajudará a desvendar o segredo de Edmond Kirsch.
    Em meio a fatos históricos ocultos e extremismo religioso, Robert e Ambra precisam escapar de um inimigo atormentado cujo poder de saber tudo parece emanar do Palácio Real da Espanha. Alguém que não hesitará diante de nada para silenciar o futurólogo.
    Numa jornada marcada por obras de arte moderna e símbolos enigmáticos, os dois encontram pistas que vão deixá-los cara a cara com a chocante revelação de Kirsch... e com a verdade espantosa que ignoramos durante tanto tempo.
    Origem
    Robert Langdon #5
    Ano: 2017 
    Páginas: 432
    Idioma: português 
    Editora: Arqueiro
    "Nada é inventado, já que está escrito primeiro na natureza.
    A originalidade consiste em voltar à origem. Gaudi"

    Nunca foi tão difícil resenhar um livro como Origem. Mas, calma!!! Isso não é uma coisa ruim!!! Na verdade, é uma coisa maravilhosa!!! Pra mim, é difícil falar de alguma coisa que amo muito sem passar hooooras divagando a respeito. Esse sim é o caso de Origem!!!

    Robert Langdon é, talvez, o meu personagem preferido de obras de ficção, acho ele perfeito, fantástico e não perdoo a escolha do Tom Hanks para interpretá-lo no cinema, falei!

    Se você já leu algum dos livros do Dan Brown (leia a resenha de Inferno aqui), já tem uma ideia de como a história flui: tudo parece certo até que um grande mistério surge e tem que ser desvendado em um curto espaço de tempo, dessa descoberta depende a vida do Langdon e de alguma mocinha superinteligente que ele vai conhecer, tudo isso envolto em ambiente permeado de muita ciência, arte e religião (o Vaticano deve adorar Dan Brown...). 

    Mas, você poderia pensar: “Se já sabemos o que vai acontecer, por que ler? ” E eu te digo, caro leitor: porque, na verdade, você nunca sabe o que vai acontecer quando o Langdon está envolvido!!!

    Museus Guggenheim, Berlim
    "Esses dois mistérios estão no âmago da experiência humana. De onde viemos? Para onde vamos? Criação humana e destino humano. Esses são os enigmas universais."
    Dessa vez, Langdon vai encontrar um querido ex-aluno e amigo em uma noite de comemoração no Museu Guggenheim, em Berlim, para saber sobre uma grande descoberta. Edmond Kirsch, cientista de computadores, futurólogo, especialista em inteligência artificial, empreendedor bilionário e colecionador de obras de arte, promete empregar a verdade da ciência para erradicar o mito da religião respondendo às perguntas ‘de onde viemos?’ e ‘para onde vamos?’.

    Head On, ou Batende de Frente, instalação de Cai Guo-Kiang, 99 lobos correndo às cegas para uma parede, simbolizando a mentalidade de rebanho, a falta de coragem para se desviar da norma.
    Enquanto aguarda a apresentação, Langdon e os demais convidados, são guiados pelo museu com a ajuda de Winston, grande obra de inteligência artificial de Edmond. Se você acha que o J.A.R.V.I.S., do Tony Stark, é o que existe de mais avançado na área de IA, se prepare! Winston deixa ele anos luz pra trás!!! Conhecedor da alma humana como ninguém, além de saber sobre tudo que existe na web, ainda é capaz de fazer conjecturas impensáveis ao cérebro humano!

    Apesar de receoso, devido às ameaças que vem recebendo do clero, Kirsch, com a ajuda de Ambra Vidal, curadora do museu e noiva do príncipe consorte da Espanha, decide continuar com os seus planos. A apresentação começa e logo é interrompida por uma bala que atinge a cabeça de Edmond, de maneira fatal. 
    "Historicamente, os homens mais perigosos da Terra eram homens de Deus... em especial quando seus deuses eram ameaçados. E eu vou arremessar uma lança em chamas contra um ninho de vespas."               
    Com a morte de Kirsch, Langdon se sente na obrigação de honrar a memória do amigo e fazer a sua revelação ao mundo. Contando com a ajuda de Winston e de Ambra, eles vão viajar através de monumentos históricos e ícones da ciência para nos tirar da zona de conforto com uma revelação, no mínimo, inquietante.

    As críticas às religiões, de um modo geral, desde as manifestações mais rudimentares na antiguidade, são fortes, mas sempre baseadas na ciência e sem nenhum fanatismo. Tentando mostrar, através de fatos e dados, o quanto fomos enganados e queríamos nos enganas, ao longo da história.
    "Bom, ciência e religião não competem, são duas linguagens diferentes tentando contar a mesma história. Neste mundo há espaço para as duas. "
    Indo das pinturas rupestres nas cavernas até as fantásticas obras de Gaudí, como a casa Milà, Barcelona e suas capelas, como a Sagrada Família, são o principal pano de fundo para essa nova aventura do linguista mais sexy da literatura. 

    Casa Milà, Catalunha, obra de Gaudí
    Parabéns ao Dan Brown pela junção do que há de mais novo na área da ciência com política, religiões do mundo e história. Te garanto, vai ser uma leitura lenta, mas só porque você vai querer desfrutar de tudo o que é citado no livro, e não se incomode se surgir aquela vontade avassaladora de ir pesquisar no Google. 

    "Nada é inventado, já que está escrito primeiro na natureza.
    A originalidade consiste em voltar à origem. Gaudi"
    "O sucesso é a capacidade de ir de um fracasso ao outro sem perder o entusiasmo." Winston Churchill

    2 comentários :

    1. Já li uns dois ou três livros do Dan e já foi muito suficiente para admirar o autor muito! Não sei se Langdon é meu personagem favorito em enredos assim, mas se não for, está bem próximo(ah e adorei Hanks interpretando.rs)
      Ainda não tive a oportunidade de conferir este novo livro,mas já estou providenciando isso!
      beijo

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Menina...

        curto esse tal de Hanks como Langdon, não, mas... rsrsrs

        Tenho certeza q vai gostar desse também!!!

        Seja bem-vinda!!

        Excluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!