O menino na ponte, M. R. Carey



"Em O menino na ponte, M.R. Carey retoma o fascinante universo de A menina que tinha dons para investigar o desespero humano à beira de um mundo devastado. Aos 15 anos, Stephen Greaves é um gênio científico precoce, cujo trabalho pode dar à humanidade sua melhor arma contra uma praga devastadora que assola o mundo. Ele e a epidemiologista Samrina Khan são dois dos dez tripulantes do Rosalind Franklin, um laboratório blindado sobre rodas liderado por um comandante prepotente e autoritário, que cruza uma terra devastada em busca da cura para esse vírus que alterou para sempre a vida como conhecemos. A viagem é longa, e a restrição do espaço físico para toda a tripulação faz com que a tensão do confinamento seja também uma ameaça considerável. O veículo torna-se um caldeirão de diferentes agendas, crenças e visões de mundo prestes a explodir. Em meio a esse ambiente hostil, Stephen tem em Samrina uma figura maternal que o protege dos demais cientistas, que o tratam com cautela, desprezo ou verdadeiro ódio. Mas o menino não se importa com confrontos físicos, mentiras e incertezas; encara todos os seus desafios com interesse, astúcia e muita habilidade. Todos carregam aspirações e sonhos, mas sabem que, se tudo der errado, sua perda poderá ser suportada. Eles sabem muito bem que são dispensáveis. Estranho, surpreendente e assustador, O menino na ponte é uma história emocionante e poderosa que fará você questionar o que significa ser humano em um mundo onde a esperança pode ser o maior dos desafios. M.R. CAREY, sob o nome de Mike Carey, escreve para a Marvel e a DC, incluindo uma elogiada passagem pelos X-Men e a série Lúcifer, baseada no universo de Sandman. Seus trabalhos autorais aparecem com regularidade na lista de ficção gráfica do The New York Times."
O menino na ponte
Nem toda ponte deve ser atravessada
Ano: 2020 
Páginas: 384
Idioma: português
Editora: Fábrica231

O mundo já não é mais o mesmo. Depois que a contaminação do Cordyceps atacou a maioria da população mundial, os sobreviventes se veem num mundo que está à beira do fim, e viver se tornou o maior desafio existente.

Um grupo de cientistas sobreviventes está a bordo de um caminhão tanque blindado fazendo pesquisas tentando buscar a cura do vírus. E é dentro do Rosalind Franklin que algo inesperado acontece, o nascimento de Stephen Greaves.

Agora, Stephen é um menino de 15 anos muito inteligente, um prodígio, se pode assim dizer. Ele sabe que é uma peça fundamental na busca da cura, junto com os outros tripulantes do Rosalind Franklin, e que a sua sobrevivência é de extrema importância. Um passo em falso, e tudo já era.

Durante as viagens, Stephen é alvo de desconfianças, pois alguns tripulantes não confiam na sua capacidade, e a companhia da epidemiologista Samrina é o que fortalece os seus laços enquanto estão todos juntos.

Ler esse livro em período de pandemia acabou sendo um desafio, pois é impossível nossa imaginação não visualizar essa realidade que acaba espantando a gente. Embora nossa situação esteja muito melhor que a que encontramos na história, uma doença nova é sempre um alerta.

Existe um livro que se passa no mesmo universo da história, A menina que tinha dons, mas infelizmente eu ainda não fiz a leitura. Fui sem expectativas, e confesso que demorei mais do que eu imaginava, pois a leitura é muito densa e não considero fluida.s capítulos são longos e retratam a realidade dos tripulantes em suas viagens, além das intrigas com Stephen, que sustentam boa parte da história.

Eu queria ter gostado mais, pois é uma história com um enredo bem interessante, mas que acabei me arrastando para finalizar. Ainda pretendo ler o outro livro para ver se minhas opiniões sobre o universo da história possam ser mais positivas.

                                                 

Um comentário

  1. Pensei a mesma coisa que você, o mundo é tão incerto e ler esse livro nessa época acaba nos levando para um lado comparativo com a situação atual que estamos vivendo. Amei essa dica e quero ler muito em breve.
    Beijos.



    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir

O seu comentário alegra o nosso dia!!!