Duna, Frank Hebert



Em 1965, um livro revolucionaria por completo a ficção científica e se tornaria um marco da literatura e da cultura pop. Com sua narrativa inovadora, unindo aventura, fantasia, religião, política, tecnologia e ecologia, Duna é uma das sagas mais bem-sucedidas da história e inspirou outros clássicos, como Star Wars, Blade Runner e Alien. Agora, essa obra-prima ganha uma versão em graphic novel fiel à exuberância e à complexidade do universo criado por Frank Herbert.
Num futuro distante, a casa Atreides, liderada pelo duque Leto, se prepara para uma jornada até o planeta desértico de Arrakis. Também conhecido como “Duna”, esse lugar cercado de mistérios e perigos é a única fonte da substância mais valiosa do cosmos. O duque precisará se aliar aos nativos, os fremen, se quiser impedir que a casa Harkonnen assuma o controle do planeta. E é lá que seu filho, Paul, conhecerá seu destino. O jovem pode ser a chave de um plano traçado há séculos e uma peça importante no jogo de poderes do império.

Adaptado com maestria por Brian Herbert, filho do autor, e por Kevin J. Anderson, este primeiro volume da série de graphic novels conta com as cores vibrantes das artes de Raúl Allén e Patricia Martín. Em 2021, a aguardada adaptação dirigida por Denis Villeneuve chega aos cinemas, com Timothée Chalamet e Zendaya no elenco.

Duna
Graphic Nobel # 1
Frank Herbert
Ano: 2021 
Páginas: 176
Idioma: português
Editora: Intrínseca


Arrakis, um planeta desértico onde para todos os cantos que se olha, só encontra areia, e onde a água é extremamente valiosa e protegida fortemente.

A casa Atreides, lideradas pelo Duque Leto deixa o seu antigo lar para se estabelecer em Arrakis com o propósito de controlar a extração da Melange, uma especiaria que permite a viagem intergalatica, que só se encontra em Duna, ou Arrakis.

É em Duna que Paul, filho da Bene Gesserit, Lady Jessica, vai descobrir o seu propósito. Como um mundo hostil e que guarda segredos pode se revelar num propósito muito grande, e perigoso.

Eu sempre tive vontade conhecer o universo de Duna, e com esse primeiro contato, não imaginava que fosse uma história com grandes conflitos políticos. É uma obra onde a tensão está sempre alta, e que os personagens fazem questão de esconder, mas somente nós sabemos o que se passa em suas cabeças. 

Foi muito legal conhecer essa história por meio da HQ, pois ela me apresentou gráficos e imagens que eu dificilmente iria criar na minha imaginação, só tendo a narrativa como fonte, e foi algo que gostei bastante.

É uma ficção científica que cumpre bem suas características, com uma realidade única, além da divisão hierárquica, que é cheia de conceitos e filosofias próprias. 

Eu esqueci de tirar foto da edição por dentro, mas já garanto que os detalhes gráficos são muito intensos e que correspondem bem ao que está sendo narrado, e a paleta de cores ajuda bem a fazer com que a gente se sinta no clima da história.

Agora é esperar os próximos volumes, que vou ficar bem ansioso aguardando!

Um comentário

  1. Eu raramente leio graphic novels, mas sou tão curiosa por essa história que talvez abra uma excessão.


    Visite Minha Fuga da Realidade

    ResponderExcluir

O seu comentário alegra o nosso dia!!!