Entre Mundos, Rodrigo de Oliveira e Pedro Ivo


E se você pudesse falar com os mortos? Juntando peças de diversos equipamentos, Rubens, um engenheiro eletrônico bastante criativo, criou um protótipo de smartphone. Ao ligar, ele capta vozes estranhas como se fossem ondas de rádio, até notar algumas falas bastante perturbadoras... É quando percebe que seu invento ultrapassou as fronteiras entre vivos e mortos. O aparelho faz uma ponte com o além. Rubens então reúne amigos e decide explorar o invento – afinal, quem não gostaria de contatar com algum ente querido que se foi? Se aperfeiçoado, o aparelho pode torná-los milionários. Mas quem disse que o controle das comunicações estaria nas mãos dos vivos? O grupo se vê encurralado quando as mensagens agradáveis dão lugar a um contato agressivo, perigoso, vindo de seres inconcebíveis para a mente humana. Como se tivesse aberto uma espécie de portal, aquele que seria a invenção do século começa a promover um caos nas vidas do grupo, sinalizando o seu poder destruidor.
Entre Mundos
# 1
Rodrigo de Oliveira e Pedro Ivo
Ano: 2021 
Páginas: 288
Idioma: português
Editora: Faro Editorial

O que você faria se conseguisse falar com os mortos depois de um experimento feito por acidente? O jovem Rubens, craque em resolver problemas técnicos de aparelhos telefônicos, decide criar um protótipo de um smartphone com peças de outros telefones, uma pequena diversão. O que ele não esperava, era que o protótipo acabou captando sinal de um mundo que muitos evitam, o mundo da morte.

Agora, Rubens e seus amigos se juntam para decidir o que fazer com essa invenção, que pode trazer muitos benefícios, como solucionar casos de assassinato sem resposta, trazer conforto para as famílias que sofrem com o luto... Mas, esse protótipo nas mãos erradas pode ser uma arma cruel.

O que promete ser uma revolução tecnológica vai trazer o inferno para a vida de Rubens e seus amigos, questionando os mesmos se é necessário levar esse projeto adiante.

Uma premissa bem envolvente, sangrenta e tenebrosa, Entre Mundos apresenta uma história que questiona as nossas crenças, ações e pensamentos. É difícil imaginar o que poderíamos fazer com algo tão incrível nas mãos, mas também não é difícil imaginar os perigos que isso pode trazer.

Eu gostei de ter feito essa leitura, que é bastante fluida, então não se assuste com o tamanho do livro, só com a história mesmo, que possui cenas bem brutais.

Minha única ressalva é que a história poderia trazer um tom mais intenso, visto que falar sobre a Morte e suas consequências é sempre carregado de drama e mistério. Achei que várias cenas poderiam ser mais dramáticas ou descritivas, mas nada que atrapalhe a experiência da leitura.

Nenhum comentário

O seu comentário alegra o nosso dia!!!