• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Estante da Tata: Corte de Espinhos e Rosas, Sarah J. Maas - @Galera




    Título: Corte de Espinhos e Rosas

    Livro 1

    Autora: Sarah J. Maas

    Ano: 2015

    Páginas: 434

    Editora: Galera Record







    Antes de tudo eu preciso dizer que vou pedir que você não ceda à tentação e ignore a sinopse oficial dada ao livro pela editora porque ela simplesmente entrega de mão beijada diversas partes importantes da história. 

    Esclarecido isto vamos a resenha.

    Corte de Espinhos e Rosas se passa em um mundo que uma vez foi governado inteiramente pelo povo feérico. Após a revolta humana, motivada pela escravidão, foi estabelecido um tratado de paz entre os povos no qual, entre outras coisas, os humanos receberiam um território para viver e governar onde nenhum feérico teria permissão de entrar e nenhum humano de sair.

    Em uma cruel sociedade pós-guerra, vive Feyre, uma menina humana extremamente pobre que, em função de sua família exploradora, se transforma em uma caçadora.

    No meio de um inverno cruel e motivada pela fome extrema, Feyre mata, perto da fronteira feérica, um gigantesco lobo e vende sua pele no mercado da cidade. O que Feyre não sabia era que o lobo na verdade era um feérico zoomórfico.

    Em função da vida que ela tirou, uma besta feérica atravessa a muralha e exige a ela o pagamento devido estabelecido pelo tratado de paz: uma vida por uma vida. A criatura então dá a Feyre uma escolha, morrer pelo seu ato ou viver eternamente na terra feérica.

    O problema nisso tudo é que por séculos a raça humana vem contando e disseminando diversas histórias sobre o povo feérico. Nem todas as histórias são iguais, nem todas as lendas são contadas da mesma forma, mas uma coisa todas elas têm em comum: os feéricos são os monstros que dão uma razão ao medo. 

    Fica claro, durante a leitura que o livro sofre uma imensa influência de diversas lendas da mitologia celta (se apropriando inclusive de nomes famosos) e, até, de contos de fadas.

    Sabe o que é engraçado? Apesar da sinopse oficial entregar em que famoso conto este primeiro livro se baseia, foi apenas após a “grande revelação’’ que eu somei dois mais dois e encontrei o quatro. Fui feita de idiota que nem a mocinha do livro e achei o máximo isso haha

    Quanto ao mundo feérico, achei muito interessante a forma como a autora dividiu esse reino em sete cortes, cada uma representando as estações do ano (corte primaveril, corte estival, corte outonal e corte invernal) e as ondulações de um dia (corte noturna, corte diurna e corte crepuscular), de forma que implicasse a influência dessas cortes nos eventos que lhes dão nome. Assim, a corte primaveril é responsável, a título de exemplo, pela forma que a primavera se apresentará naquele mundo em cada ano. 

    O livro tem um ritmo inicialmente bem legal, evoluindo aos poucos no decorrer da história, no entanto, do meio para o final o ritmo frenético assume e a coisa fica feia para 90% dos personagens desse livro. Quando eu digo que a coisa fica feia, ela realmente fica feia na pegada Jogos Vorazes se encontrando com Guerra dos Tronos.

    Gente, aquela cena do labirinto foi incrível! Saraj J Maas realmente sabe escrever cenas de ação.

    Falar dos personagens desse livro é uma tarefa um pouco complicada por conta da quantidade de personagens interessantes.

    Eu gostei bastante da Feyre como personagem principal, mas eu gostei mais da pessoa que ela se tornou do meio para o final do livro sabe. No início ela tinha aquele tom perdido, um tom de cachorrinho na chuva sabe? Mas no decorrer do livro ela amadureceu e evoluiu e mostrou a mulher poderosa e badass que ela tinha por dentro. 

    “Eu preferiria não usar aquele vestido.
    - E porque não? – Perguntou Lucien.
    Foi Tamlin quem respondeu por mim. – Porque nos matar é mais fácil de calça.” (pag.67)

    Temos também Tamlin, com sua pode de nobre e bom e extremamente grosseiro e esquentado. Achei realmente engraçado as tentativas iniciais de diálogo entre ele e a Feyre. 

    - Você parece... melhor que antes.
    Era um elogio? Eu poderia jurar que Lucien deu a Tamlin um acesso de cabeça encorajador.
    - E seu cabelo está... limpo. (p.68)

    A coisa com Tamlin foi que eu fiquei muito curiosa em descobrir o motivo por trás de suas atitudes insistentes iniciais, porque eu sabia que tinha que ter um motivo, mas quando finalmente descobri me senti um pouco triste. 

    Não me entenda mal, a razão é válida, mas ao mesmo tempo que ela é compreensível, ela destrói um pouco do encanto do personagem para mim. Mas o que realmente, realmente, me decepcionou em relação a ele foi a forma com a qual ele lidou com todas as situações do livro, principalmente as coisas na metade final do livro, fazendo um grande e espetacular nada! 

    A sorte dele é que personagem X (não mencionarei nomes) existe e é incrível e resolve tudo, porque se fossemos esperar pelo Tamlin, íamos esperar para sempre. Fica aqui um recado para Tamlin: Serio Tamlin? Serio de verdade?

    Então temos Lucien, de longe um dos meus personagens favoritos desse livro. Ele tem tudo que eu adoro em um personagem. Ele tem o sarcasmo ferino, a habilidade de falar a verdade na cara das pessoas, a falta de paciência com o bla bla bla alheio e é o detentor dos diálogos mais rápidos do livro. Mais do que isso, Lucien é um personagem realmente interessante devido as suas atitudes no decorrer da história e do seu passado conturbado e triste. Fora que ele é ruivo e só isso dá para ele muitos pontos haha
           

    “- Se eu oferecer a você a lua em um barbante, vai me dar um beijo também?
    - Não seja um babaca – Disse Tamlin para  ele, com um grunhido baixo, mas Lucien continuou rindo, e ainda ria quando saiu da sala.” (pag. 225)

    Por fim temos Rhysand, o mais complicado e, de certa forma, o mais complexo/interessante personagem do livro. O problema com esse personagem é que eu não sei eu amo ou não ele e eu realmente detesto esse sentimento de dúvida. 

    O negócio com Rhys é que ele faz tanta coisa ruim e ao mesmo tempo, de alguma forma, ele tem alguns tons de branco que aparecem em certos diálogos e em pequenas ações dele que te fazem questionar o seu julgamento, te fazem questionar o motivo real da ações dele (aquelas que você achou que era ruim). Ele aparece como aquele garoto mau que você sabe que é errado, mas que sabe ser errado da forma certa as vezes. O garoto mau com coração. 

    Minha unica duvida sobre o Rhys é que para ele os fins justificam os meios, mas até que ponto podemos concordar com isso? 

    “ - Você nunca me disse que amava as asas, ou voar. – (...)
    Rhys deu de ombros.
    - Tudo o que eu amo sempre teve a tendência de ser tomado de mim. Falo para poucos a respeito das asas. Ou de voar.” (pag. 425)

    A coisa é que Rhys é também o personagem mais misterioso do livro porque nada sobre o seu passado ou sobre suas ações é explicado e eu sei, no fundo do meu coração, que nada que Rhys faz é sem sentido ou sem um objetivo. Para mim, Rhys é o maior ator do livro, ele se passa de vilão mas na verdade é o herói da historia. O que nos deixa com um grande mistério a ser resolvido para o próximo livro no qual, eu aposto e espero, ele terá um papel realmente importante.

    Corte de Espinhos de Rosas possui uma leitura fácil, gostosa e viciante (fui dormir cinco horas da manhã lendo!) que te deixa com gostinho de quero mais. 

    O que, por sinal, me levou loucamente a vários fóruns de discussão e a fazer um monte de investigação nas redes sociais da autora para ver se ela tinha dado alguma pista sobre a série. Isso se chama abstinência literária minha gente e só vai ser curada quando eu tiver o segundo livro dessa serie em minhas mãos em maio desse ano. 

    Ps: Eu não recomendo esse livro para menores de 16 anos em função de algumas cenas de teor sexual semi-explícitas (eu não vi isso chegando!) e de violência (ossos saindo de braços, cenas de tortura, morte e afins).

    Ps: A revisão da tradução desse livro parece não ter sido feita com a devida atenção. Encontrei alguns erros de conexão de frases, ausência de sinalização de final/começo de diálogos e, o que eu acho mais grave, erros de continuidade. Em determinado momento, certa personagem tem cabelos ruivos e uma página depois ela tem cabelos pretos (?). 

    Ps: A série será composta por três livros, cada um influenciado por uma história ou lenda famosa (minha aposta para o segundo livro é a história de Hades e Perséfone e acho que se você leu o livro vai entender o porque). 

    Ps do Ps: O que foi aquela penúltima cena do livro minha gente? Tenho tantas teorias!!!


    32 comentários :

    1. Oi Tata, desde que anunciaram o lançamento desse livro ele já está na minha lista de leitura é o tipo de livro que eu gosto muito de ler e sua resenha está maravilhosa bjs.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Fernanda, esse livro vale muito a pena!! Leia, vc vai amar!! Fico mt feliz q vc tenha gostado da resenha =)

        Beijos

        Excluir
    2. Tata, desde que vi esse livro, desejei lê-lo antes mesmo de saber sua história por trás dessa capa maravilhosa. E agora que pude ler uma resenha, estou mais encantada e empolgada para começar a leitura, apesar deste diversos ponto que não te agradou. Neste livro, Sarah parece conseguir nos envolver em uma trama muito boa, mostrando seu lado positivo e original.
      Corte de Espinhos e Rosas irá para minha lista de desejados com prioridade!
      PS: Não sabia que a história possuía cenas de tanta violência.
      Bjs!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Alessandra, eu fui surpreendida pelo livro!! Realmente amei ele (apesar de de uns probleminhas técnicos que dá para ignorar haha) tanto que fiquei doida para por as mãos na outra serie dessa autora..

        Leia, serio, ponha como prioridade, acho que vc vai adorar!!

        Ahh, as cenas de violência são na pegada das cenas de violência de Jogos Vorazes. Assim, eu pessoalmente não achei tãooo violento, mas senti que tinha que deixar um aviso sobre o tema só por precaução..

        Beijoos

        Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      ResponderExcluir
    4. Da Sarah J. Maas só li O trono de Vidro e fiquei encantada pela personagem, uma assassina. Esse não é o plot que predomina a literatura hj em dia, pelo contrário, as mocinhas são sonsas e se graça, por isso esse livro me chamou tanto a atenção. Quero poder dar continuidade a série muito em breve. E, Graças ao seu aviso, to aqui firme e forte sem ler a sinopse fornecida pela editora hahahahaha

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Eu estou doida pra ler trono de vidro desde que acabei esse livro.. Estou tentando comprar mas as livrarias não estão colaborando com a minha pessoa ahahah Enfim, concordo com vc, em um mar de livros onde a mocinha espera para ser salva, uma mocinha com atitude e sem medo de lutar chama a atenção.. E sinceramente? é um dos motivos pelos quais eu amei esse livro!!

        Aguente firme sem ler!! hauhau A sinopse não só fala em que conto de fadas o livro se baseia (o que já da a ideia de como ele vai acabar) como tb entrega certas informações sobre certos personagens que o livro só diz la para a pagina 200.. Eu realmente gostaria de ter uma conversa com a pessoa que escreveu essa sinopse hauhaua

        Excluir
    5. Oi Tata, tudo bem?
      Sua resenha está destruidora... no bom sentido, claro. Você conseguiu despertar meu interesse como nenhuma outra resenha conseguiu. Sério. Esta é a terceira ou quarta resenha que leio sobre ele, e nenhuma delas me fez desejar ler o livro... até agora.
      Já na lista de próximas leituras.
      Beijokas.
      Lia Christo
      www.docesletras.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Lia, tudo otimo!! E vc?? haha

        Obrigada pelo destruidora, amei de verdade =))) É mt bom ouvir que gostaram do que escrevemos e principalmente que por causa dela querem ler o livro!!

        Depois que vc tiver lido venha contar o que achou!! E suas teorias, preciso de pessoas com quem conversar sobre esse livro hauhaua

        Beijos

        Excluir
    6. Nossa amei a sua resenha, e que capa linda é essa *-*.
      Esse livro com certeza vai pra minha lista.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Obrigada Amanda xD

        Eu tb achei a capa maravilhosa mas tenho que dizer, a capa americana (original) ainda ganha dela.. To louca pra ver o que vão fazer com a capa do segundo livro..

        Excluir
    7. Tata!
      Gostei muito da sua análise porque até agora só tinha lido resenhas superficiais sobre o livro.
      Dito isso, fiquei muito interessada na leitura, porque gosto de fantasias distópicas e aqui, mesmo com a protagonista no início não ser lá essas coisas, gostaria de acompanhar toda trama entre humanos e feéricos.
      “O segredo da criatividade é saber como esconder as fontes.” (Albert Einstein)
      cheirinhos
      Rudy
      http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
      Participe do TOP COMENTARISTA de Janeiro, são 4 livros e 3 ganhadores!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Ru, nossa, obrigada mesmo!! Como eu disse em um outro comentário, é mt bom ouvir isso, principalmente quando a pessoa se interessa pelo livro.. Bons livros tem que ser compartilhados e lidos xD

        O mundo feérico desse livro foi pra mim a melhor parte (junto com dois personagens, lucien e Rhys).. Adorei a mitologia que a Sarah criou para esse universo..

        E não se preocupe com a protagonista, mesmo que vc acabe não simpatizando como ela, vc vai amar os outros personagens, tenho certeza!! Lucien é mt amorzinho na vida e Rhys é um caso a parte de bad boy haha

        Excluir
    8. To muito curiosa para ler esse livr, adoro fantasia e essa mistura de vários livros em um só me deixou interessada, adorei a tua resenha só consegui me deixar com um gostinho de quero muito mais!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Que bom que vc gostou xD

        Eu tava de olho nesse livro desde o ano passado quando soube que ele ia misturar varias historias famosas.. Eu tenho tantas teorias sobre os próximos livros huaha Leia e venha conversar cmg sobre eles!!

        Beijos

        Excluir
    9. Amei a capa desse livro e ultimamente tenho lido muitas resenhas sobre ela. Todos que leram, gostaram. Tô louca pra ler também, sério mesmo, estou muito curiosa pra ler esse livro. Amo esses livros que nos deixam intrigados para sabermos a continuação, ficamos imaginando o destino dos personagens, isso é muito bom. O fato de a autora não deixar brecha na história só fez ganhar um ponto positivo a mais. Definitivamente esse é um livro que está na minha meta de leitura!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Amanda, tb vi que a maioria das pessoas tem gostado bastante desse livro!! Não é pra menos né, ele é realmente mt legal.

        Intrigada é pouco viu? to matando e morrendo por essa continuação haha Literalmente contando os dias!!

        Excluir
    10. A capa é uma das mais bonitas que já vi, isso já me atraiu muito. A sinopse foi o segundo passo, e a sua resenha agora está sendo o terceiro passo para que eu comece a ler imediatamente! Esse clima de fantasia com romance voraz me prende muito. Adorei a resenha.
      Abraços
      bookdan.blogspot.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Dan Igor, muito obrigada!! xD Leia mesmo, vale mt a pena esse livro!!

        Excluir
    11. Acho essa capa linda demais e sempre tive vontade de ler esse livro. Gosto muito desse tipo de livro, mas não é uma das minhas prioridades no momento. Algo sempre me prende quando vou compra-lo e acabo comprando outro. Gostei muito dos dois ultimos quotes.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Amanda, achei a capa muito bonita tb, mas a original, americana, é ainda melhor!! Fiquei triste com a mudança de capas =/

        Na próxima vez, compre ele, serio, é mt legal!!

        Excluir
    12. Oi!
      Desde que li O Trono de Vidro da Sarah J. Maas me propus a ler qualquer coisa que ela lançar e gostei muito da historia desse livro e do mundo que ela criou também gostei dos personagens e não sabia que seria uma trilogia esse livro já está na minha lista de leitura !

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Enquanto espero a continuação desse livro eu preciso ler Trono de Livro!! Precisoooo!! Mas não to encontrando para comprar =/

        Excluir
    13. Uau. Apenas Uau. SARAH J fez isso de novo! Uma mistura fascinante de elementos de contos de fadas em um mundo original... Esse livro tem tudo que amo nesse tipo de livro, romance, perigo, criaturas místicas do país das fadas e uma heroína que mostra um acordo significativo de coragem por toda parte. Simplesmente maravilhoso.
      Adoro esses personagens fortes que a autora cria.
      Ótima resenha!
      Abraços!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Vania, o mundo que ela criou para esse livro é fantástico. No primeiro livro ele não é tão explorado mas acho q no segundo ele vai ser (PRECISO DO SEGUNDO LIVRO)!!

        To doida pra ler Trono de Vidro mas não consigo achar para comprar pq depois de ler esse livro eu preciso de todos os livros da Sarah..

        Que bom que gostou da resenha!!

        Beijos

        Excluir
    14. Ainda bem que não li a sinopse do livro... valeu a dica.
      Eu quero muito ler este livro, adorei a premissa do povo féerico e da brutalidade da trama.
      Me incomodei muito com a questão da revisão.
      Acho que algo deveria ser feita a respeito... entrar em contato com a editora e tals. E por isso ainda não comprei esse livro.
      Espero uma nova edição.
      Mas quero muito ler e espero que a tiragem se esgote logo, hahahaha.
      Achei a trama bem complexa e adorei a relação com mitologia e contos de fadas.
      A autora fez a lição de casa *-*

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Edna, me incomodou tb a questão da revisão, mas não atrapalhou a leitura graças a deus.. Vou mandar um email para a editora!!

        Agora, esse livro vale muito a pena, de verdade, to doida para por minhas mãos na continuação!!

        Excluir
    15. Quando comecei a ler a resenha achei que vc tinha odiado o livro! Bom eu adoro livros baseados em lendas pq adoro lendas, achei esse bem interessante fiquei bem curiosa para saber como são os feéricos, acho que vou esperar a continuação lançar para ler!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Ola Samantha!! Quando eu escrevi essa resenha eu estava em uma relação de amor e ódio pelo livro e acho q isso refletiu mt nela.. haha O ódio por causa de algumas atitudes de certos personagens (não vou citar nomes haha)e por ter que esperar loucamente o lançamento do segundo livro (estou contando os dias).. Quanto a parte do amor do amor e ódio, bem, só te digo que a ultima cena do livro me cativou e me deixou doida pela continuação como poucos livros me deixaram nos últimos tempos (só perde para os livros da serie garotos corvos, livro que por sinal eu resenhei aqui no blog, olha la)..

        Excluir
    16. Oi Tata!
      O que dizer desse livro? Ou melhor dessa autora? Amo a Sarah acho que ela cria personagens e mundo com uma mastria que fico boba! Amei amei amei o livro, tbm não esperava o teor meio sexual, mais amei o livro e estou doida pela continuação pelo menos só vou ter que esperar mais dois livros, não é igual a trono de vidro que vai me deixar morrendo aqui para saber o final até provavelmente o ano que vem.
      Bjs

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Ai meu deus, finalmente alguém que leu o livro e entende pelo que estou passando hauhauah vamos criar um grupo de apoio!!

        Nossa, nem me diga, dou graças a deus por ser uma trilogia.. Ate hoje não comecei trono de vidro pq estou esperando a Sarah terminar a serie.. Não quero essa sofrência na minha vida mais não.. hahaha

        Excluir
    17. Sabe uma autora que nem li e já estou fã? É essa Sara. rsrsrs Quando esse livro saiu fiquei muito animada, pois peguei aquele spoiler do conto de fadas e é o que eu mais amo e ainda Game Of Throns, uma mistura no minimo curiosa. Mas mal me lembro dela então não voltarei a ler ate ter lido o livro.
      Adore a sua resenha e me surpreendeu pos destacou pontos muito além do que eu esperava para esse livro. Achava que ia ser algo mais no estilo conto de fadas do que todo esse enredo ai. Agora ele está mais do que desejado.

      Bjs

      PS. Recentemente saiu que a série agora terá oito livro. OITO MEU DEUS, quem precisa economiza mesmo?

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!