• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Lendo com a Dani: A Irmã da Tempestade, Lucinda Riley - As Sete Irmãs #2

    Em "A irmã da tempestade", segundo volume da série As Sete Irmãs, as vidas de duas grandes mulheres separadas por gerações se entrelaçam numa história sobre amor, ambição, família, perda e o incrível poder de se reinventar quando o destino destrói todas as suas certezas. 

    Ally D’Aplièse é uma grande velejadora e está se preparando para uma importante regata, mas a notícia da morte do pai faz com que ela abandone seus planos e volte para casa, para se reunir com as cinco irmãs. Lá, elas descobrem que Pa Salt – como era carinhosamente chamado pelas filhas adotivas – deixou, para cada uma delas, uma pista sobre suas verdadeiras origens. 
    Apesar do choque, Ally encontra apoio em um grande amor. Porém mais uma vez seu mundo vira de cabeça para baixo, então ela decide seguir as pistas deixadas por Pa Salt e ir em busca do próprio passado. 
    Nessa jornada, ela chega à Noruega, onde descobre que sua história está ligada à da jovem cantora Anna Landvik, que viveu há mais de cem anos e participou da estreia de uma das obras mais famosas do grande compositor Edvard Grieg. E, à medida que mergulha na vida de Anna, Ally começa a se perguntar quem realmente era seu pai adotivo.

    A irmã da tempestade (The Storm Sister)
    Lucinda Riley
    As Sete Irmãs - Livro 02
    Editora Novo Conceito (2015)
    528 páginas 



    Segundo livro, uma segunda irmã retratada.

    Lucinda conta sobre Ally ao descobrir que seu pai adotivo faleceu, aborda seus sentimentos sobre a notícia e tudo o que muda ou vai mudar após.

    Ally é uma velejadora profissional. E na regata atual conhece um rapaz muito gentil e inteligente que ama velejar tanto quanto ela.

    Theo é um personagem carismático que vai mexer bastante com o coração sempre prático de Ally, e com ajuda dele ela vai seguir em frente sem Pa Salt.

    Na esfera armilar a pista leva Ally à Noruega para descobrir quem foi Jens Harvosen e qual sua possível ligação sobre sua origem.

    Conhecemos então Anna Landvik uma camponesa com voz de anjo e talento para ser uma estrela musical.

    Anna está sendo cortejada, mas almeja conhecer o verdadeiro amor e antes disso sair de sua pequena cidade e ter destaque.

    Quando a chance aparece ela agarra a oportunidade e sua história começa.

    Lucinda Riley balanceia narrativas de Ally em Junho e Agosto de 2007 e de Anna em 1875.

    A história de ambas é um misto de alegrias e tristezas, conquistas e perdas, vitórias e decepções. 

    Porém os momentos dramáticos são justificados e sem exageros tornando a narrativa verossímil.

    Com detalhes fantásticos dos cenários que cercam as duas protagonistas e uma narrativa que me envolveu do começo ao fim, A irmã da tempestade veio para marcar a memória com boas lembranças que perduraram após o término da leitura.

    A irmã da tempestade vai enternecer você, puxar seu tapete quando imaginar que está tudo às mil maravilhas, lhe deixar furiosa com a autora,sem que diminua a vontade de concluir a leitura com uma louca esperança para que haja uma mudança na história de ambas.

    Um bônus para quem lê são as citações à artistas da música como Edvard Grieg a ponto de aguçar a curiosidade para saber se ele realmente existiu e conhecer algo de sua autoria.



    Leia o livro e se apaixone, deixe-se levar pela música e pela esperança que só o amor pode alimentar. 

    Além de ter um vislumbre de quem será a próxima irmã a brilhar. =)


    As Sete Irmãs

    2. A irmã da tempestade


    23 comentários :

    1. Oi Dani, desde o lançamento desse livro que eu estou doida para poder le-lo, ele parece ser incrível bjs.

      ResponderExcluir
    2. Dani, eu ainda não li nenhum livro da Lucinda Riley e confesso que ainda não encontrei um que me chamasse realmente a atenção. Gostei muito do enredo de Irmã da tempestade, mas ainda não estou convencida quanto a leitura, mas quem sabe futuramente eu venha a dar uma chance aos livros dela, já que é impossível não se apaixonar por sua escrita, não é mesmo?
      Bjs!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Alessandra, ela é ótima com romance/drama, narra muito bem e as descrições são perfeitas. Além de viajar aprendemos um pouco também.
        Espero que dê uma chance.

        Excluir
    3. Oi Dani!
      Não li nada da Lucinda Riley, mas conheço os livros, nunca li resenhas sobre eles, mas tbm eles nunca me chamaram atenção, apesar da sua qualificação positiva ainda não senti vontade de ler :/
      Bjs

      ResponderExcluir
    4. A sinopse não dá a dimensão do que é a história, o cuidado que a autora teve com os detalhes. O livro é maravilhoso, lindo e sensível. Parabéns pela resenha linda!

      ResponderExcluir
    5. A premissa me interessou bastante, e sua resenha me deixou ainda mais curioso. Adoro histórias que envolvem passado e futuro, música, personagens carismáticos e uma boa narrativa. A resenha está ótima =)
      Abraços

      ResponderExcluir
    6. Oi Dani!
      Tenho uma enorme curiosidade com essa série. Já li A casa das Orquídeas dessa autora e amei demais. É um livro que sempre indico. É impressionante como a Lucinda Riley consegue passar uma sensibilidade muito grande em seus livros. A leitura é sempre emocionante e nos prende de tal forma, que mesmo quando a leitura acaba, a história não sai da cabeça. Certamente lerei esse livro.
      Abraços!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Ah,A casa das Orquídeas foi meu primeiro contato com ela...e depois disso não consegui me desligar cada lançamento eu quero e acrescento na coleção. E realmente as sensações são quase palpáveis e impossíveis de esquecer ao fechar o livro.

        Excluir
    7. Não li o primeiro livro, nem esse. Gosto de livros com citações, esse parece ser um livro bom. Achei legal isso da autora escrever sobre duas vidas diferentes em um só livro, fiquei com vontade de saber o que acontece com a Anna.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. As duas histórias são bem envolventes. Espero que leia.

        Excluir
    8. Eu tenho muita curiosidade em ler esta série.
      Saber sobre essas 7 irmãs, adotadas e que ao perderem o pai vão atrás do passado...
      Confesso que não li ainda porque são muitos livros e só quando todos forem lançados talvez eu pegue tudo pra ler.
      Adorei o romance...
      pensei em titanic, mas sem tragédia, por favor!!! hahaha
      Beijos

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Edna, entendo sua reserva, mas não consegui resistir. Ela escreve bem demais para ter tanta paciência.

        Excluir
    9. Lucinda será minha próxima leitura! Vou me agarrar nessa série e (até que enfim, aleluia) conhecer a Lucinda melhor. Pq, né. Muita gente ama e eu quero saber mais desse amor. shauhsauhsuahs
      Adorei a resenha, xará!
      Beijão
      Danni
      Garotas e Livros

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Xará,você está dando bobeira mulher. Lucinda merece cada elogio que recebe,ela é tal qual a Kristin Hannah, meu único porém é ter de aguardar ela escrever,mais um século para publicar, aiii meu coração.

        Excluir
    10. Nunca li nenhum livro da autora ainda, mas gostei de saber que sua escrita é bem diferenciada, acho tão bom quando o autor do livro consegue passar para nós, leitores, as emoções que os personagens transmitem, e compreendemos um pouco como cada personagem se sente. Eu gostei da resenha e não resta dúvidas de que lerei esse livro, mas antes tenho que ler o primeiro livro dessa serie.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Emanoelle, eu já li mais de 3 e acabei apaixonada pela maneira da Lucinda narrar as tramas,ela sempre usa uma trama no passado e uma no presente, fica meio que dois livros num só.
        E cada sentimento que ela retrata nós podemos imaginar muito bem.
        Espero que leia.

        Excluir
    11. Gostei muito do livro, e fui às lágrimas em determinado momento da trama, que lógico nao falarei aqui, mas que tenho certeza você sabe
      Bjs, Rose.

      ResponderExcluir
    12. Gente, que coincidência ler essa resenha. Ganhei o livro As Sete Irmãs em um sorteio, porém ainda não o li, mas já gostei da história do segundo volume da série que pretendo começar a ler esse ano :)

      ResponderExcluir
    13. Oi!
      Vi essa serie recentemente e fiquei muito curiosa, gostei bastante da historia de Ally e fiquei curiosa para saber o que ira acontecer, mas antes de ler esse livro quero ler o primeiro que ainda não li !!

      ResponderExcluir
    14. Não gostei do livro, a resenha não conseguiu chamar minha atenção msm dizendo que o livro é bom não sei, acho que pelo fato de trazer o drama de duas épocas diferentes, realmente não sei, mas não me encantei pelo livro!

      ResponderExcluir
    15. O primeiro livro me chamou mais a atenção. Esse, nem tanto.... Mas se eu ler o primeiro, com certeza vou querer ler o segundo, porque sou dessas, kkkkkkkkkkk
      Ótima resenha!

      =)

      Suelen Mattos
      ______________
      ROMANTIC GIRL

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!