• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Estante da Tata: Dirk Gently's Holistic Detective Agency: 1ª Temporada (Crítica)



    Quem acompanha o blog sabe que eu tenho um negócio serio com Douglas Adams. Ele foi O Cara e sua morte precoce deixou uma multidão de leitores desamparados (incluindo eu).

    Quando eu comecei a ler o primeiro livro do detetive Dirk Gentley eu lembro de pensar que só a mente loucamente brilhante de Douglas Adams seria capaz de criar um personagem tão original, estranho e engraçado.

    Então, quando eu vi que a Netflix estava adaptando os livros do detetive holístico para uma serie eu fiquei extremamente feliz e preocupada. 

    Dirk Gentley é um detetive diferente de tudo que você conhece. Ele não acredita em pistas e evidencias, mas sim na interconexão das coisas. Dirk acredita que todas as ações estão ligadas e que, uma vez que ele seja contratado para investigar um caso, tudo o que ele precisa fazer é sair por aí sem destino ou objetivo e o universo ira prover com as respostas.

    Quando você vai lendo o livro, várias situações, aparentemente aleatórias, são apresentadas. Você conhece vários personagens desconexos e passa metade do livro sem entender NADA para, então, ver tudo se unir perfeitamente de uma forma impossível.
    Você não escuta qualquer coisa que você diz? A coisa toda era óbvia! - Ele exclamou, batendo na mesa. - Tão óbvio que a única coisa que me impediu de ver a solução foi o fato, insignificante, que era completamente impossível. Sherlock Holmes observou que uma vez que você tenha eliminado o impossível, então o que resta, ainda que improvável, deve ser a resposta. Eu, no entanto, não gosto de eliminar o impossível.

    A série da Netflix não adapta nenhum dos livros publicados mas usa da concepção do detetive para criar novos casos. Alguns diálogos dos personagens são frases famosas dos livros e existem momentos em que o Dirk faz menção aos seus antigos casos. Fora isso, a série é um conteúdo completamente novo que se passa anos depois do final do terceiro e último livro.

    Eu gostei da série, mas não amei. Achei o caso investigado a cara do tipo de caso que Douglas Adams escreveria. Um caso tão doido e sem sentido e ao mesmo tempo original e engraçado.

    Reparem, Dirk é contratado por um homem muito rico para investigar o seu próprio assassinato, assassinato este que vai acontecer dentro de uma semana. Quando o homem de fato morre, dentro de uma suíte de hotel e a causa da morte é declarada como ataque de um tubarão martelo (faz sentido depois), Dirk entra em ação e começa a investigar o caso.

    No primeiro episódio você já se pergunta:
    1. Como o cara sabia que ia ser assassinado, em que lugar e em que dia especificadamente, uma semana antes disso acontecer?
    2. Como o cara pode ter sido assassinado por um tubarão martelo dentro de uma suíte de hotel?
    3. Quem são todas essas pessoas estranhas que aparecem em cenas aleatórias e que não explicam nada?

    A primeira temporada tem exatamente 8 episódios que eu maratonei em um dia só. Quando você começa a ver essa loucura toda você não consegue parar até ter todas as respostas.

    Eu não gostei da mudança de personalidade do Dirk (apesar dela ter se encaixado muito bem na narrativa), eu não gostei que eles tenham mandado ele para o Estados Unidos e que fizeram toda uma história de origem militar para ele. Também não gostei deles darem a ele um assistente.

    Mas eu adorei a criação da assassina holística que acredita que o universo move ela de forma que ela possa matar as pessoas que ‘’precisam ser mortas’’.

    Eu também adorei os homens da van e a pegada punk louco anarquista deles. Gostei bastante do soldado burro e das relações entre os caras da CIA, FBI e a polícia.

    No final o saldo foi positivo e eu definitivamente vou assistir a segunda temporada que, graças a deus, já foi confirmada.


    Ps: A serie possui um tom de ficção cientifica e os casos do Dirk sempre envolvem soluções impossíveis (é a melhor parte na minha opinião).

    Ps: No primeiro livro Dirk investiga um caso de assassinato que envolve um sofá preso em um corredor e como isso tem relação com um gato perdido e a possível aniquilação da raça humana. No segundo livro Dirk investiga um assassinato movido a contrato que envolve uma águia gigante e Thor (sim, o deus nórdico). Você pode ver as minhas resenhas dos livros da série Dirk Gentley aqui, aqui e aqui.


    15 comentários :

    1. Então ainda não li nenhum livro de Douglas Adams, mas já li boas resenhas de seus livros e até tenho um pouquinho de curiosidade pra ler suas histórias e pelo que li da critica da série e apesar dela ter várias modificações em relação ao livro, acho que posso não só gostar de assistir, como pode ser o gancho que faltava pra me animar de vez a ler os livros rsrs. Gostei do post e achei o trailer louco o suficiente pra série ser legal haha... Ótima dica, vou tentar assistir logo logo :)

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Se você for ler Douglas Adams (o que eu definitivamente recomendo que você faça hahaha) eu começaria pelo livro ''O Guia do Mochileiro das Galaxias''!! É um dos melhores livros dele! Eu fiz uma resenha aqui no blog sobre ele se você se interessar =)

        http://www.minhavelhaestante.com.br/2016/07/estante-da-tata-o-guia-definitivo-do.html

        Fico feliz que gostou do post e que esta pensando em ver a serie! Mas te aviso logo, o Trailer da serie é louco, mas a serie é mais ainda hahah

        Excluir
    2. Olá!
      Nunca li Douglas Adams só li algumas resenhas, eu tenho mta vontade de conhecer a escrita dle, pelo q acompanho, parece bom o enredo, espero um dia conseguir ler...Bjs

      ResponderExcluir
    3. Tata!
      Adoro os livros do Douglas Adams e sempre o achei genial, apesar de um tantinho maluco.
      Pelo visto a série é rica em nos fazer rir, além de ter ficção e mistério a serem resolvido, deve ser boa.
      Não tenho Netflix, o que é uma pena.
      Desejo um mês repleto de realizações e uma semana de luz e paz!
      “ Eu creio que um dos princípios essenciais da sabedoria é o de se abster das ameaças verbais ou insultos.” (Maquiavel)
      cheirinhos
      Rudy
      http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
      TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Genialidade e loucura andam juntas muitas vezes hahaha ;)

        Excluir
    4. Nunca li os livros mas morro de vontade de ler, já li algumas resenhas das obras e fiquei apaixonada sem duvida, sobre a série tenho que ver isso mais afundo e conhecer esse detetive tão destemido.
      Até mais!!!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Se tiver a chance, dê uma oportunidade porque eles realmente valem a pena!

        Excluir
    5. Nunca li nenhum livros dele mas depois de ter lido essa resenha sobre essa serie me deixou curiosa, ainda mas me lembrou meio que a serie Sherlock Holmes, achei super interessante essa serie, tentarei assistir ou ler alguns livros dele!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Dirk Gentley é um Sherlock completamente avessas e é tão engraçado que faz qualquer historia ser genial!

        Excluir
    6. Oi!
      Já tinha visto falar dos livros do Douglas Adams e sobre os livros do Dirk, mas nunca tinha imaginado que os casos do autor eram tão doidos, realmente achei muito diferente esse detetive e agora estou bem curiosa para poder ler e assistir, adorei esse desconexões que no final se tornam uma perfeita conexão e com certeza irei ler e assistir !!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Loucura é a palavra chave para os livros do Douglas Adams e é também a razão pela qual amo suas historias!! haha

        Excluir
    7. Infelizmente ainda não li nada do autor. Mas lembro de ler um comentário sobre suas histórias bem parecida com a sua.
      São tramas confusas,mas que fazem todo o sentido depois.

      Bem,eu adoraria assistir a série. Mas por enquanto não sou assinante da Netflix.

      Mas sua dica está anotada! ;)

      ResponderExcluir
    8. Ainda não os livro do Douglas Adams mas tenho eles, só falta mesmo tempo. Não sabia da serie mas vou agora mesmo dar um conferida e já vou coloca ele na minha lista de series para assistir.

      ResponderExcluir
    9. Olá.
      Ainda não li nenhum livro do autor, mas sei que é uma leitura que vale a pena. Quanto ao seriado, fiquei interessada, vou tentar assistir.
      Ótimas dicas.
      Beijos.

      ResponderExcluir
    10. Li um livro do autor e confesso que não gostei achei confuso e bem louco, algumas coisas ficou sem sentido pra mim rs. Mas fiquei curiosa com a série quem sabe me agrada, ja que tenho Netflix não custa tentar, pois tem assassinato e mistério(adoro) envolvido e quem sabe consigo compreender e entender os fatos rs.

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!