• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Lendo com a Dani: A Rainha das Trevas, As Joias Negras #3, Anne Bishop

    Incapazes de atingir Jaenelle, a jovem Rainha, os membros corruptos dos Sangue fazem um jogo perverso de diplomacia e mentira, procurando destruir aqueles que sempre deram tudo por ela. E revertem as culpas para o seu tutor, Saetan, que passa a ser visto como a maior das ameaças ao poder instituído. Com Jaenelle como Rainha, a chacina do povo e a profanação das terras irá terminar. Porém, onde se fechou uma porta poderá abrir-se uma janela E mesmo que Jaenelle possa contar com os seus aliados, talvez não seja suficiente: só um terrível sacrifício poderá salvar o coração de Kaeleer
    A Rainha das Trevas 
    Queen Of The Darkness)Trilogia As Joias Negras - Livro 3
    Autora: Anne Bishop
    Editora Arqueiro (2017)
    512 páginas



    A Rainha das Trevas, volume três, da trilogia As Joias Negras vem para acalmar os corações ansiosos e fecha com chave de ouro.

    Após dois anos e meio de espera, ansiedade, nervosismo... e muita esperança. A Arqueiro lançou o terceiro volume. Yuhuuu!


    Treze anos após os eventos do livro anterior (A Herdeira das Sombras), temos uma grata surpresa de reencontrar Daemon Sadi, o Sádico, numa feira de escravos.

    Bem como seu irmão Lucivar Yaslana,ou Bastardo, o guerreiro eyireno, que está em busca do irmão.

    Munido de esperança Lucivar busca por ele, que não faz ideia de que muito do que acredita ser verdade, não passou de intriga.

    Anne Bishop criou uma trama com conteúdo forte, com a sociedade matriarcal adepta a escravos sexuais nas cortes, com castigos inclementes e atitudes repugnantes.

    Saetan Daemon SaDiablo, o senhor supremo do inferno, embora tenha este título e poderes que lhe cabem bem, é um personagem incrível de acompanhar. Carinhoso, paternal, ama os filhos e os amigos deles. Com uma lealdade e um amor especial pela filha de seu sangue, a temida feiticeira de Ebon Askavi.

    Jaenelle cresceu, tem agora vinte e cinco anos, mas ainda assim é chamada de criança-feiticeira, por seu pai adotivo (Saetan). Ainda excêntrica, dona de poderes inomináveis, ela pode destruir toda a cidade, mas tem um coração justo e mesmo contra quem merece ela acaba sendo benevolente.

    O reencontro dos personagens é emocionante e ao mesmo tempo frustrante. Jaenelle com sua introspecção e Daemon com seu julgamento errado acabam complicando o relacionamento, tratando-se com cuidado, tal qual se estivessem num campo minado.

    O terceiro volume continua repleto de intrigas, e não foca apenas em Jaenelle.

    Surreal reaparece e terá um bom destaque, inclusive será de grande importância durante a trama. 

    Neste livro teremos ainda mais raiva de Dorothea e Hekatah, torceremos para que Jaenelle deixe ser tão cuidadosa e lhes dê o final merecido.

    Em meio a uma disputa de poder nossos personagens crescerão, sentimentos florescerão e algumas perdas serão necessárias.

    Anne Bishop nos enreda num conto tão criativo, num cenário repleto de magia, com personagens diversos e de diversas espécies, que acabamos por nos apegar.

    Um destaque especial para Ladvarian, o parente dos Sangue, que eu gostaria muito de conhecer.

    O final do livro fecha as pontas que estavam soltas, nos leva às lágrimas, nos deixa na torcida, com a respiração suspensa.



    A Rainha das Trevas vai brincar com seus nervos, num momento serão flores, no outro lágrimas. Um espiral de emoções numa torcida para que o bem vença o mal nesta trilogia tão intensa.

    O livro é dividido em duas partes e vocês precisam conferir esta leitura se adoram um bom livro de fantasia.

    Venham se apaixonar, descobrir alguns segredos, desvendar uns mistérios, formar alguns casais, torcer por eles, segurar o fôlego em momentos cruciais!




    0 comentários :

    Postar um comentário

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!